Deir Zor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wiki letter w.svg
Por favor melhore este artigo ou secção, expandindo-o. Mais informação pode ser encontrada nos artigos correspondentes noutras línguas e também na página de discussão. (agosto de 2015)
Deir Zor

دير الزور‎ܙܥܘܪܬܐՏէր Զօր, Դեր ԶորDayr al-Zawr • Der Ezzor • Zor

—  cidade  —
De cima para baixo e da esquerda para a direita: 1) ponte pênsil de Deir Zor; 2) Memorial do genocídio arménio; 3) rio Eufrates; 4) praça 8 de março; 5) canal de irrigação; 6) ; 7) ponte pênsil à noite; 8) centro da cidade
De cima para baixo e da esquerda para a direita: 1) ponte pênsil de Deir Zor; 2) Memorial do genocídio arménio; 3) rio Eufrates; 4) praça 8 de março; 5) canal de irrigação; 6) ; 7) ponte pênsil à noite; 8) centro da cidade
Deir Zor está localizado em: Síria
Deir Zor
Localização de Deir Zor na Síria
Coordenadas 35° 20' N 40° 9' E
País  Síria
Província Deir Zor
Altitude 210 m
População (2004)
 - Total 211 857

Deir Zor[1] Deir ez-Zor, Deir Ezzor, Deir al-Zor, Dayr al-Zawr, Dayr az-Zawr, Der Ezzor ou simplesmente Zor (em árabe: دير الزور‎; em siríaco: ܙܥܘܪܬܐ; em arménio: Տէր Զօր, Դեր Զոր; transl.: Der Zor) é a maior cidade da parte oriental da Síria e a sétima maior daquele país. Situada 450 km a nordeste da capital Damasco, nas margens do rio Eufrates, Deir Zor é a capital da província de homónima.[2][3] Segundo o censo oficial de 2004, a cidade tinha 211 857 habitantes.[carece de fontes?]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Na Síria e nas regiões vizinhas é comum usar a abreviatura Ad-Deir para designar Deir Zor.[carece de fontes?] O nome atual, que se aplica também à região em volta, tem origem no facto da área ter sido um local onde houve mosteiros cristãos isolados e dispersos.[4] Deir, o termo árabe para mosteiro, foi usado durante a Idade Média e Idade Moderna, enquanto que Zor, nome de um arbusto que cresce nas margens do rio, só surgiu em alguns registos otomanos tardios.[5]

História[editar | editar código-fonte]

A cidade moderna foi ampliada pelos otomanos em 1867 em volta da cidade já existente. Em 1915, Zor tornou-se um dos principais destinos dos arménios sujeitos às "marchas da morte" durante o genocídio arménio.[6] Em 1991 foi erigido na cidade um memorial assinalando esses eventos.[7] A França ocupou Deir Zor em 1921, onde instalou uma grande guarnição militar. A região era então governada por Haj-Fadel Abboud, membro de uma família da aristocracia local. Em 1941, tropas comandadas por britânicos derrotaram as forças francesas leais a Vichy durante a campanha da Síria e Líbano, que incluiu uma batalha pelo controlo de Deir; a administração da cidade passou então para o governo da França Livre. Em 1946 tornou-se parte da Síria independente.[carece de fontes?]

Deir Zor situa-se 85 km a noroeste do sítio arqueológico de Dura Europo e 120 km a noroeste da antiga cidade de Mari. Durante o período romano Deir Zor foi um entreposto importante na rota comercial entre o Roma e a Índia. Conquistada pela imperatriz Zenóbia (r. 267–274), fez parte do efémero Império de Palmira. Depois de sucessivas vagas de invasões, acabou por ser destruída pelos mongóis.[carece de fontes?]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. Sancha, Natalia (2015). «A vida dos sírios entre o Estado Islâmico e as bombas da guerra civil». El País 
  2. «المدينة والتاريخ» (em árabe). www.syriatourism.org. Consultado em 14 de agosto de 2015 
  3. «Deir al-Zor» (em inglês). www.syriatourism.org. Consultado em 14 de agosto de 2015 
  4. Moffett, Samuel H. (1992), A History of Christianity in Asia: Beginnings to 1500, ISBN 9780060657796 (em inglês), Harper SanFrancisco, consultado em 14 de agosto de 2015 
  5. Shaw, S. J. (1978), «Ottoman Census System and Population, 1831–1914», International Journal of Middle East Studies (em inglês) (9): 325–338 
  6. Dundar, Fuat (2011), «Pouring a People into the Desert: The 'Definitive Solution' of the Unionists to the Armenian Question», in: Suny, Ronald Grigor; Gocek, Fatma Muge; Naimark, Norman M., A Question of Genocide (em inglês), Oxford University Press, pp. 280–281 
  7. «Monument and Memorial Complex at Der Zor, Syria» (em inglês). Armenian National Institute. www.armenian-genocide.org. Consultado em 14 de agosto de 2015 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Deir Zor