Denis Villeneuve

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Denis Villeneuve
Denis Villeneuve
Villeneuve no Festival de Cannes em 2018.
Nome completo Denis Villeneuve
Nascimento 3 de outubro de 1967 (56 anos)
Trois-Rivières, Quebec
Nacionalidade francês
canadense
Cônjuge Tanya Lapointe
Ocupação
  • Cineasta
Período de atividade 1994–presente
Principais trabalhos

OC CQ Denis Villeneuve (French: [dəni vilnœv]; nascido em 3 de Outubro de 1967) é um cineasta franco-canadense. Ele recebeu quatro vezes o Canadian Screen Award (anteriormente Genie Award) de Melhor Direção, vencendo por Maelström em 2001, Polytechnique em 2009, Incendies em 2010 e Enemy em 2013.[1] Os três primeiros desses filmes também ganharam o Canadian Screen Award de Melhor Filme, enquanto o último recebeu o prêmio de melhor filme canadense do ano pela Toronto Film Critics Association.

Internacionalmente, ele é conhecido por dirigir vários filmes aclamados pela crítica, incluindo os thrillers Prisoners (2013) e Sicario (2015), bem como os filmes de ficção científica Arrival (2016) e Blade Runner 2049 (2017). Por seu trabalho em A Chegada, ele recebeu uma indicação ao Oscar de Melhor Diretor. Ele recebeu o prêmio de Diretor da Década pela Hollywood Critics Association em dezembro de 2019.

Seu último filme, Duna (2021), baseado no romance de mesmo nome de Frank Herbert, estreou no 78º Festival Internacional de Cinema de Veneza; o filme foi aclamado pela crítica, foi um sucesso comercial nas bilheterias internacionais, é atualmente seu filme de maior bilheteria até o momento, e lhe rendeu indicações ao Oscar de Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Filme, com o próprio filme vencendo seis principais. Oscar na 94ª edição do Oscar.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Villeneuve nasceu em 3 de outubro de 1967 em Trois-Rivières, cidade localizada na Província de Quebec, no Canadá. Ele é o filho mais velho de Nicole Demers e Jean Villeneuve, e irmão do também cineasta Martin Villeneuve.[2][3] Denis estudou na Universidade do Quebec em Montreal. Ele é casado com a repórter cultural Tanya Lapointe e tem três filhos de um relacionamento anterior.[4]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Considera-se que a carreira de Villeneuve começou em 2001 com Maelström, exibido em festivais em todo o mundo. Por ele, Villeneuve venceu oito Jutra Awards e Melhor Filme Canadense do Festival Internacional de Cinema de Toronto. Ele continuou a chamar atenção com o controverso, mas aclamado pela crítica, Polytechnique (2009), sobre o Massacre da Escola Politécnica de Montreal.

Seu próximo filme, Incendies, recebeu aclamação da crítica após sua estreia nos Festivais Internacionais de Cinema de Veneza e Toronto em 2010. Incendies foi posteriormente escolhido para representar o Canadá na 83ª edição do Óscar na categoria de Melhor Filme Estrangeiro[5] e foi eventualmente indicado ao prêmio.[6]

O filme venceu oito prêmios na 31ª edição do Genie Awards, incluindo Melhor Filme, Melhor Direção, Melhor Atriz (Lubna Azabal), Melhor Roteiro Adaptado, Cinematografia, Edição, Som Geral, e Edição de Som.[7] Incendies foi nomeado pelo New York Times como um dos 10 Melhores Filmes de 2011.[8]

Em janeiro de 2011, Villeneuve foi selecionado pela Variety como um dos dez melhores cineastas para observar.[9] Também em 2011, o trabalho de Villeneuve foi reconhecido no Governor General's Performing Arts Awards, a maior honra do Canadá nas artes cênicas, com a concessão do National Arts Centre Award.[10]

Villeneuve no Festival de Cinema de Toronto 2015

Seu próximo filme foi Prisoners (2013), estrelado por Hugh Jackman e Jake Gyllenhaal. Exibido em festivais em todo o mundo, o filme venceu vários prêmios e foi indicado ao Óscar de Melhor Cinematografia em 2014.[11] Na lista dos 250 Melhores Filmes do IMDb, Prisoners atualmente ocupa a 221ª posição.[12]

Seguindo o sucesso de Incendies e Prisoners, Villeneuve venceu Melhor Diretor por Enemy (2013) no 2º Canadian Screen Awards. O filme também ganhou o prêmio de US$ 100,000 da Associação de Críticos de Cinema de Toronto por Melhor Filme Canadense do Ano em 2015.[13]

Villeneuve dirigiu Sicario (2015), escrito por Taylor Sheridan,[14] e estrelado por Emily Blunt, Benicio del Toro, e Josh Brolin.[15] O filme competiu pelo Palma de Ouro no Festival de Cinema de Cannes 2015. Ele recebeu críticas positivas após sua exibição no Festival Internacional de Cinema de Toronto 2015 e passou a se tornar um sucesso comercial, arrecadando quase US$ 80 milhões em todo o mundo.[16]

Villeneuve, em seguida, dirigiu o filme Arrival, baseado no conto Story of Your Life do autor Ted Chiang, de um roteiro adaptado de Eric Heisserer,[17] com Amy Adams e Jeremy Renner nos papéis principais.[18] O filme foi exibido no Festival de Cinema de Veneza em 2016, recebendo aclamação da crítica e teve oito indicações para a 89ª edição do Óscar, incluindo Melhor Diretor para Villeneuve.[19]

O filme mais recente de Villeneuve foi Blade Runner 2049, uma sequência do clássico Blade Runner (1982), estrelado por Ryan Gosling e Harrison Ford, além de contar com Ridley Scott na produção executiva. O longa foi lançado nos Estados Unidos em 6 de outubro de 2017. Aclamado pela crítica especializada, Blade Runner 2049 recebeu cinco indicações ao Oscar, das quais venceu duas (Melhor Fotografia e Melhores Efeitos Visuais), sendo também eleito pela revista Empire como o segundo melhor filme de 2017.[20][21]

Projetos futuros[editar | editar código-fonte]

Villeneuve irá dirigir uma adaptação do romance The Son, de Jo Nesbø. Jake Gyllenhaal também está envolvido, o que faz de The Son a terceira colaboração de Villeneuve e Gyllenhaal, após Prisoners (2013) e Enemy (2013).[22] Ele também irá dirigir uma nova adaptação cinematográfica de Duna para a Legendary Pictures.[23]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

Data Filme Diretor Roteirista Produtor
1998 August 32nd on Earth Sim Sim Não
2000 Maelström Sim Sim Não
2009 Polytechnique Sim Sim Não
2010 Incendies Sim Sim Não
2013 Prisoners Sim Não Não
Enemy Sim Não Não
2015 Sicario Sim Não Não
2016 Arrival Sim Não Não
2017 Blade Runner 2049 Sim Não Não
2021 Dune Sim Sim Sim
2023 Dune: Part Two Sim Sim Sim

Curtas[editar | editar código-fonte]

Data Filme Diretor Roteirista
1990 La Course Destination Monde Sim Não
1994 REW FFWD[24] Sim Sim
1996 Cosmos ("Le Technétium" segment)[25] Sim Sim
2006 120 Seconds to Get Elected Sim Sim
2008 Next Floor Sim Não
2011 Rated R for Nudity Sim Sim
Étude empirique sur l'influence du son sur la persistance rétinienne Sim Sim

Televisão[editar | editar código-fonte]

Data Série Diretor Produtor Executivo Notas
TBA Dune: The Sisterhood Não Sim [26]
TBA The Son Sim Sim Minissérie[27]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Filme Rotten Tomatoes[28] Metacritic[29] BFCA[30] CinemaScore[31] Orçamento[32] Bilheteria[33]
Maelström 81% 66 71/100 $3.4 Milhões $0.3 Milhões
Polytechnique 87% 63 $6 Milhões $1.6 Milhões
Incendies 92% 80 87/100 $6.8 Milhões $16.1 Milhões
Prisoners 81% 70 85/100 B+ $46 Milhões $122.2 Milhões
Enemy 71% 61 74/100 $4.6 Milhões
Sicario 92% 82 89/100 A− $30 Milhões $84.9 Milhões
Arrival 94% 81 88/100 B $47 Milhões $203.4 Milhões
Blade Runner 2049 88% 81 87/100 A− $185 Milhões $259.2 Milhões
Dune 83% 74 86/100 A− $165 Milhões $400.1 Milhões

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho indicado Resultado
2011 Academy Awards Melhor Filme Estrangeiro Incendies Indicado
Atlantic Film Festival Melhor Filme Canadense Venceu
Genie Awards Melhor Direção Venceu
Melhor Roteiro Adaptado Venceu
Jutra Awards Melhor Direção Venceu
Melhor Roteiro Venceu
Toronto International Film Festival Melhor Filme Canadense Venceu
Vancouver Film Critics Circle Melhor Diretor de Filme Canadense Venceu
Vancouver International Film Festival Melhor Filme Canadense Venceu
2012 British Academy Film Awards Melhor Filme em Língua Não Inglesa Indicado
2013 National Board of Review 10 Melhores Filmes Prisoners Venceu
Toronto International Film Festival Prêmio de Escolha Popular 3º Lugar
2014 People's Choice Awards Filme Dramático Favorito Indicado
Empire Awards Melhor Suspense Indicado
Abu Dhabi Film Festival Melhor Narrativa em Filme Enemy Indicado
Canadian Screen Awards Melhor Diretor Venceu
Directors Guild of Canada Melhor Filme Venceu
2015 Jutra Awards Melhor Diretor Indicado
Vancouver Film Critics Circle Melhor Diretor de Filme Canadense Venceu
National Board of Review 10 Melhores Filmes Sicario Venceu
Cannes Film Festival Palma de Ouro Indicado
Dallas–Fort Worth Film Critics Association Melhor Diretor 5º Lugar
Online Film Critics Society Melhor Diretor Indicado
2016 Satellite Awards Melhor Filme Indicado
Alliance of Women Film Journalists Melhor Diretor Arrival Indicado
Austin Film Critics Association Melhor Diretor Indicado
Critics' Choice Awards Melhor Diretor Indicado
Dallas–Fort Worth Film Critics Association Melhor Diretor 5º Lugar
IndieWire Critics Poll Melhor Diretor 7º Lugar
San Francisco Film Critics Circle Melhor Diretor Indicado
St. Louis Gateway Film Critics Association Melhor Diretor Vice-campeão[a]
Vancouver Film Critics Circle Melhor Diretor Indicado
Venice Film Festival Future Film Festival Digital Award Venceu
Golden Lion Indicado
Washington D.C. Area Film Critics Association Melhor Diretor Indicado
2017 AACTA International Awards Melhor Direção Indicado
Academy Awards Melhor Diretor Indicado
British Academy Film Awards Melhor Direção Indicado
Denver Film Critics Society Melhor Diretor Indicado
Directors Guild of America Awards Direção Excepcional – Filme Indicado
Houston Film Critics Society Melhor Diretor Indicado
Online Film Critics Society Melhor Diretor Indicado

Notas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Polytechnique sweeps Genie Awards». thestar.com (em inglês). 12 de abril de 2010. Consultado em 25 de julho de 2022 
  2. «Les parents de Denis Villeneuve débordent de fierté» (em francês). ici.radio-canada.ca. Consultado em 11 de junho de 2017 
  3. «Martin Villeneuve: The Dreammaker» (em inglês). the cozy sweater café. Consultado em 11 de junho de 2017 
  4. Buckley, Cara. «Denis Villeneuve of 'Arrival' Leans In to Strong Heroines». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 11 de junho de 2017 
  5. Vlessing, Etan. «Canada picks 'Incendies' to vie for Oscar». Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 11 de junho de 2017 
  6. «Nominees for the 83rd Academy Awards». Oscars.org (em inglês). Consultado em 11 de junho de 2017 
  7. «Genie Awards: It's "Incendies" and the Red Carpet». thefilmexperience.net (em inglês). Consultado em 11 de junho de 2017 
  8. Holden, Stephen. «2011 Films: 'Melancholia,' 'Tree of Life,' 'Moneyball'». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 11 de junho de 2017 
  9. «Variety taps Canadians among directors to watch». CBC News (em inglês). Consultado em 11 de junho de 2017 
  10. «Denis Villeneuve, 2011 National Arts Centre Award». Governor General's Performing Arts Awards (em inglês). Consultado em 11 de junho de 2017 
  11. «11-time Oscar nominee Roger Deakins talks 'Prisoners' and the upcoming 'Unbroken'». HitFlix (em inglês). Consultado em 11 de junho de 2017 
  12. «Prisoners». IMDb (em inglês). Consultado em 11 de junho de 2017 
  13. Lacey, Liam. «Villeneuve's Enemy wins $100,000 Toronto critics' prize for best Canadian film of 2014». The Globe and Mail (em inglês). Consultado em 11 de junho de 2017 
  14. «Denis Villeneuve in Talks To Direct Mexican Crime Drama Sicario for Black Flag». Deadline (em inglês). Consultado em 11 de junho de 2017 
  15. «Josh Brolin to Star Opposite Emily Blunt in Denis Villeneuve's 'Sicario'». Variety (em inglês). Consultado em 11 de junho de 2017 
  16. «Sicario (2015)». Box Office Mojo (em inglês). Consultado em 11 de junho de 2017 
  17. «Cannes: Paramount Confirms 'Story Of Your Life' Acquisition; $20 Million Is Fest Record Deal». Deadline (em inglês). Consultado em 11 de junho de 2017 
  18. «Jeremy Renner Joins Amy Adams in Sci-Fi 'Story of Your Life'». Hollwood Reporter (em inglês). Consultado em 11 de junho de 2017 
  19. «Amy Adams, Jennifer Garner spotted in Montreal as Hollywood filming heats up». Montreal Gazette (em inglês). Consultado em 11 de junho de 2017 
  20. «'Blade Runner' Sequel Has Found Its Director!». Bloody Disgusting (em inglês). Consultado em 11 de junho de 2017 
  21. «Denis Villeneuve in Talks to Direct 'Blade Runner' Sequel». Variety (em inglês). Consultado em 11 de junho de 2017 
  22. McNary, Dave. «Jake Gyllenhaal, Denis Villeneuve to Reunite for Crime Drama 'The Son'». Variety (em inglês). Consultado em 11 de junho de 2017 
  23. Kroll, Justin. «Blade Runner 2049 Helmer Denis Villeneuve Eyed to Direct Dune Reboot». Variety (em inglês). Consultado em 11 de junho de 2017 
  24. Canada, National Film Board of, REW-FFWD (em inglês), consultado em 24 de julho de 2022 
  25. «Cosmos – Film collectif». Films du Québec (em francês). Consultado em 25 de julho de 2022 
  26. Goldberg, Lesley; Goldberg, Lesley (10 de junho de 2019). «'Dune: The Sisterhood' TV Series a Go at WarnerMedia». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 25 de julho de 2022 
  27. Kroll, Justin; Kroll, Justin (20 de outubro de 2020). «Jake Gyllenhaal, Denis Villeneuve And Lisa Joy And Jonathan Nolan Team On HBO Limited Series 'The Son'». Deadline (em inglês). Consultado em 25 de julho de 2022 
  28. «Denis Villeneuve - Rotten Tomatoes». www.rottentomatoes.com (em inglês). Consultado em 25 de julho de 2022 
  29. «Denis Villeneuve». Metacritic (em inglês). Consultado em 25 de julho de 2022 
  30. «Critics Choice Awards» (em inglês). Consultado em 25 de julho de 2022 
  31. «Home». Cinemascore (em inglês). Consultado em 25 de julho de 2022 
  32. «Denis Villeneuve - Box Office». The Numbers. Consultado em 25 de julho de 2022 
  33. «Denis Villeneuve». Box Office Mojo. Consultado em 25 de julho de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]