Diocese de Viseu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Diocese de Viseu
Diœcesis Visensis
Interior da Sé de Viseu
Localização
País Portugal
Arquidiocese Metropolitana Arquidiocese de Braga
Estatísticas
População 268 189 (91,9% católicos)
Área 3 400 km²
Informação
Denominação Católica Romana
Rito Romano:
Criação da Diocese 572 documento mais antigo conhecido
Catedral Sé de Viseu
Padroeiro(a) São Teotónio
Governo da Diocese
Bispo D. Ilídio Pinto Leandro
Jurisdição Diocese
Página Oficial www.diocesedeviseu.pt/
dados em catholic-hierarchy.org

A Diocese de Viseu é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica em Portugal.

Lista de bispos de Viseu:

  1. Remissol (572-585)
  2. Sunila (585-589)
  3. Gundemaro (610)
  4. Lauso (633)
  5. António (I) (636)
  6. Firmo, Farno ou Fárnio (638, 646)
  7. Vadila (653, 656; vaga entre 665 e 680)
  8. Reparato (681, 683)
  9. Viliefonso, Vilcifonso (688)
  10. Teofredo ou Teodofredo (693)

Restauração da Diocese

  1. Teodomiro (876?-905)
  2. Gundemiro (905)
  3. Anserico ou Sabarico (922)
  4. Salomão (928, 931)
  5. Dulcídio (937, 943, 951)
  6. Hermenegildo (961, 968)
  7. Iquiliano (974, 981; vaga entre c. 990 e 1020)
  8. Gomes (1020-1050) (exilado em Oviedo)
  9. Sisnando (?-1064) (exilado em Oviedo)
  10. Maurício (1102)

Restauração da Diocese

  1. D. Odório (1147-1165/1166†)
  2. D. Gonçalo (1165-1169)
  3. D. Godinho Soares (1171-1176)
  4. D. João Peres (1179-1192†)
  5. D. Nicolau (1192-1213†)
  6. D. Fernando Raimundes (1213-1214†)
  7. D. Bartolomeu (1214-1222†)
  8. D. Gil (1223-1247/1248)
  9. D. Pedro Gonçalves (1249-1253†)
  10. D. Mateus Martins (1254-1268; transferido para a diocese de Coimbra, vagando a de Viseu; regressa a esta entre 1279-1287†)
  11. D. Egas Viegas (1288-1313†)
  12. D. Martinho Peres (1313-1322†)
  13. D. Gonçalo (1323-1329†)
  14. D. Miguel Vivas (1329-1333†)
  15. D. João Homem I (1333-1349†)
  16. D. João Martins (1349-1365†)
  17. D. Gonçalo Gonçalves de Figueiredo (1365-1373†)
  18. D. João Eanes (1373-1383)
  19. D. Pedro Lourenço do Amaral (1383-1384/1385)
  20. D. João Peres II (1385-1391†?)
  21. D. João Homem II (1391/1392-1425†)
  22. D. Garcia de Meneses (1426-1429†)
  23. D. Luís Gonçalves do Amaral (1430-1439), feito pseudo-cardeal pelo Antipapa Félix V
  24. D. Luís Coutinho (1439-1444), depois bispo de Coimbra e arcebispo de Lisboa
  25. D. João Vicente (1444-1463†)
  26. D. João Gomes de Abreu (1462/1463-1482†)
  27. D. Fernão Gonçalves de Miranda (1482-1505†)
  28. D. Diogo Ortiz de Vilhegas (1505-1519)
  29. Cardeal Infante D. Afonso de Portugal (1519-1523), antes bispo da Guarda e depois bispo de Évora e arcebispo de Lisboa, em acumulação
  30. D. Frei João de Chaves (1524-1525)
  31. Cardeal D. Miguel (II) da Silva (1526-1547)
  32. Cardeal Alexandre Farnésio (1547-1552), comendatário da diocese
  33. D. Gonçalo Pinheiro (1553-1567)
  34. D. Jorge de Ataíde (1568-1578)
  35. D. Miguel de Castro (1579-1586), depois arcebispo de Lisboa e Vice-rei de Portugal durante os Filipes
  36. D. Nuno de Noronha (1586-1594), também bispo da Guarda
  37. D. Frei António de Sousa, O.P. (1594-1597)
  38. D. João de Bragança (1599-1609)
  39. D. João Manuel (1610-1625)
  40. D. Frei João de Portugal (1626)O.P.(1626-1629)
  41. D. Frei Bernardino de Sena, O.F.M. (1630-1633)
  42. D. Miguel de Castro (1633-1634) (nunca tomou posse)
  43. D. Dinis de Melo e Castro (1636-1639)
  44. D. Manuel de Saldanha (1669-1671)
  45. D. João de Mello (1673-1684)
  46. D. Richard Russell (1685-1693)
  47. D. Jerónimo Soares (1694-1720)
  48. D. Frei António de Guadalupe, O.F.M. (1740), eleito
  49. D. Júlio Francisco de Oliveira C.O.(1740-1765)
  50. D. Frei José do Menino Jesus, O.C.D. (1783-1791)
  51. D. Francisco Monteiro Pereira de Azevedo (1792-1819)
  52. D. Francisco Alexandre Lobo (1819-1844) (ministro de D. Miguel, foi perseguido pelos liberais após a sua vitória em 1834 e fugiu para França; o novo governo recusou-se a reconhecer o vigário por ele nomeado, embora tenha permanecido titular da diocese)
  53. Manuel Pires de Azevedo Loureiro (1827-1835), por ausência do governador e vigário capitular, sede vacante, administrador apostólico
  54. D. José Joaquim de Azevedo e Moura (1845-1856)
  55. D. José Manuel de Lemos (1856-1858), também bispo de Coimbra
  56. D. José Xavier de Cerveira e Sousa (1859-1862), resignou ao cargo
  57. D. António Alves Martins, O.F.M. (1862-1882)
  58. D. José Dias Correia de Carvalho (1883-1911)
  59. D. António Alves Ferreira dos Santos (1911-1927)
  60. D. José da Cruz Moreira Pinto (1928-1964)
  61. D. José Pedro da Silva (1965-1988)
  62. D. António Ramos Monteiro, O.F.M. (1988-2004)
  63. D. António Augusto dos Santos Marto (2004-2006)
  64. D. Ilídio Pinto Leandro (2006 - presente)

Escutismo[editar | editar código-fonte]

  1. Escutismo nesta diocese: Região de Viseu

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Bandeira do Vaticano Circunscrições eclesiásticas da Igreja Católica em Portugal Bandeira de Portugal
Conferência Episcopal Portuguesa
Metrópoles Eclesiásticas
Patriarcado de Lisboa | Arquidiocese de Braga | Arquidiocese de Évora
Dioceses
Algarve | Angra | Aveiro | Beja | Bragança-Miranda | Coimbra | Funchal
Guarda | Lamego | Leiria-Fátima | Portalegre-Castelo Branco | Porto
Santarém | Setúbal | Viana do Castelo | Vila Real | Viseu
Ordinariato Castrense
Dioceses históricas entretanto extintas
Aquæ Flaviæ (Chaves) | Betecas (Boticas) | Caliábria | Castelo Branco
Dume | Elvas | Magneto (Meinedo) | Miranda | Penafiel | Pinhel | Salácia
Administração Apostólica de Valença | Isento de Tomar | Isento de Santa Cruz
Ícone de esboço Este artigo sobre Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.