Domingos Rodrigues da Fonseca Leme

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Domingos Rodrigues da Fonseca Leme
Nascimento 1650
Santana de Parnaíba
Morte 1738 (88 anos)
Santana de Parnaíba
Cidadania Brasil
Ocupação sertanista

Domingos Rodrigues da Fonseca Leme (1650 - Santana de Parnaíba, 1738) foi um sertanista, sargento-mor de ordenanças paulista.[1][2][3]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de João Rodrigues da Fonseca e de Antônia Pinheiro Raposo Tavares, era casado com Isabel Bueno de Morais, filha de Francisco Correia de Lemos.[2][3]

Esteve no interior de Minas Gerais com seu cunhado Garcia Rodrigues Pais, por cerca de quatro anos, à procura de Sabarábuçu. Com seu irmão, Sebastião da Pinheiro da Fonseca Raposo, por volta de 1700, descobriu dois córregos auríferos na região do Rio das Velhas denominada por Congonhas do Campo.[1]< Entre 1698 e 1701, em sua busca de ouro e pedras preciosas, chegou a Nova Lima sendo considerado o fundador da cidade.[4]

Referências

  1. a b André João Antonil. Cultura e opulência do Brasil por suas drogas e minas. [S.l.: s.n.] 22 páginas 
  2. a b Roberto Petroucic. «Coronel Domingos Rodrigues Da Fonseca (Domingos Rodrigues da Fonseca) Leme» (em ndebele do norte). Coret Genealogie. Consultado em 16 de julho de 2019 
  3. a b Valdenei Correa Silveira. «Domingos Rodrigues Da Fonseca Leme». Geneanet. Consultado em 16 de julho de 2019 
  4. «Nova Lima» (PDF). IBGE. Consultado em 16 de julho de 2019 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • SAVASSI, Altair José. Barbacena 200 anos (v. I). Belo Horizonte: Editora Lemi S.A., 1991.
  • VASCONCELOS, Diogo de. História antiga das Minas Gerais. Belo Horizonte: Editora Itatiaia, 1999.