Douglas Sirk

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde janeiro de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Douglas Sirk
Nome completo Hans Detlef Sierck
Nascimento 26 de Abril de 1897
Hamburgo,  Alemanha
Nacionalidade  Alemanha
Morte 14 de janeiro de 1987 (89 anos)
Ocupação Realizador
IMDb: (inglês)

Douglas Sirk (nascido Hans Detlef Sierck, Hamburgo, 26 de abril de 1897Lugano, 14 de janeiro de 1987) foi um cineasta alemão mais conhecido por seu trabalho em melodramas de Hollywood na década de 1950.[1]

Vida e obra[editar | editar código-fonte]

Sirk nasceu Hans Detlef Sierck, em Hamburgo, Alemanha. Ele iniciou sua carreira em 1922 no teatro da República de Weimar, incluindo a direção de uma produção antecipada de A Ópera no valor de três moedas. Alistou-se na UFA (Universum Film AG), em 1934, mas deixou Alemanha em 1937 por causa de sua orientação política e sua mulher judia.

Ele fez seu nome com uma série de exuberante melodramas, para a Universal Pictures, de 1952 a 1958: Magnificent Obsession, All That Heaven Allows (preservados nos EUA pelo National Film Registry), Written on the Wind, e Imitation of Life. Estava no auge de suas realizações mais bem sucedidas como diretor da Universal quando deixou os Estados Unidos e o cinema.

Ele morreu em Lugano, na Suíça quase trinta anos depois, com apenas um breve retorno ao trabalho de cinegrafista, na Alemanha, na década de 1970.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]