Dragon Quest: Dai no Daibōken

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dragon Quest:
Dai no Daibōken
DRAGON QUEST -ダイの大冒険-
(Doragon Kuesto: Dai no Daibōken)
Mangá
Escrito por Riku Sanjo
Editora(s) Japão Shueisha
Revista(s) Weekly Shōnen Jump
Data de publicação 1989 – 1996
Volumes 37
Anime
Direção Nobutaka Nishizawa
Estúdio Toei Animation
Emissoras de televisão Japão TV Tokyo
Exibição original – 23 de setembro de 1993
Episódios 46
OVA
Direção Nobutaka Nishizawa
Estúdio Toei Animation, Nippon Animation
Número de episódios 3
Duração 35 min.
Wikipe-tan face.svg Portal Animangá

Dragon Quest: Dai no Daiboken (DRAGON QUESTドラゴンクエスト -ダイの大冒険-, Doragon Kuesuto: Dai no Daibōken?, lit. "Dragon Quest: A Grande Aventura de Dai"), conhecido no Brasil como Fly, o Pequeno Guerreiro, é uma série em mangá lançada em 1991 para a Shonen Jump baseado na série de vídeo game Dragon Quest. O mangá mais tarde gerou uma série de anime, a segunda baseada na franquia Dragon Quest depois de DDragon Quest: Legend of the Hero Abel. DDragon Quest Dai no Daiboken é uma das séries de mangá mais vendidas da Weekly Shonen Jump de todos os tempos,[1] com 50 milhões de volumes de tankōbon vendidos.[2] O mangá tem ao todo 37 edições, mas o anime, devido à desentendimentos entre a Enix e a Toei Animation, não passou dos 46 episódios. Foi exibido no Brasil pelo SBT.[3]

Mídia[editar | editar código-fonte]

Mangá[editar | editar código-fonte]

De autoria de Riku Sanjo (história) e Koji Inada (desenhos), o mangá é composto por 350 capítulos, divididos em 37 volumes. Foi publicado pela Shueisha na revista Weekly Shonen Jump entre 1989 e 1996. Posteriormente, o estúdio Toei Animation adaptou o mangá para a televisão em um anime de 46 episódios que não conseguiram contar toda a história e foram transmitidos entre 17 de outubro 1991 à 24 de setembro 1992. Também foram produzidos três OVAs sobre a série.

O protagonista, Dai, foi rebatizado para "Fly" no Ocidente, para evitar confusão entre a palavra inglesa "die" (em que o significado é "morrer").

Os dois primeiros capítulos foram criados como especiais (one-shots). Devido ao sucesso, os criadores fizeram mais 3 capítulos. Graças a sua popularidade, "Fly, o Pequeno Guerreiro" passou a ser uma série contínua, tendo seus capítulos publicados semanalmente na Shonem Jump. A partir do capítulo "O Tutor dos Heróis", se iniciava a saga que se estenderia até o final do mangá.[4]


Anime[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Episódios


Dublagem[editar | editar código-fonte]

Personagem Dublador(a) Brasil
Fly Noeli Santisteban
Pop Flávio Dias
Man Letícia Quinto
Avan Fábio Moura
Leona Alessandra Araújo
Hadler João Paulo / Gilberto Barolli
Blass Mário Vilela
Crocodine Cassius Moreno
Baran Antônio Moreno
Jenki Ronaldo Artinic
Zaboera Fábio Tomazine
Frayzard Eudes Carvalho
Narrador Gilberto Baroli


Filmes[editar | editar código-fonte]

Três filmes teatrais foram produzidos com base na série de TV, todos os quais estrearam no festival de cinema Toei Anime Fair.

No. Título em japonês Título em inglês Data de lançamento
1 Gurēto Adobenchā (グレート アドベンチャー?) Great Adventure 20/07/1991
2 Aban no Shito (アバンの使徒?) "Disciple of Avan 03/07/1992
3 Shinsei Roku Daishōgun (新生6大将軍?) "The Reborn Six Commanders 07/12/1992

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

A série usa duas canções tema, ambAs compostas por Koichi Sugiyama e interpretados por Jirou Dan. "Hurry, Heroes!!" (勇者よ急げ!!, Yūsha yo Isoge!!?) foi usada para o tema de abertura, enquanto "This Road is My Journey" (この道わが旅, Kono Michi Waga Tabi?), que foi o tema de encerrado original do Dragon Quest II, foi usada para o tema de encerramento dos episódios.[5]

Vídeo games[editar | editar código-fonte]

Dai aparece como um personagem jogável no jogo Jump Force, marcando a primeira aparição de um personagem Dragon Quest em um jogo de crossover da revista Weekly Shonen Jump.[6]

Personagens[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Lista de personagens

Técnicas[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Lista de técnicas

Referências

  1. Top Manga Properties in 2008 - Rankings and Circulation Data
  2. 漫画の登場人物の顔の分析
  3. a b «As Aventuras de Fyl no Brasil». Press Talent. Heróis do Futuro (34): 20-21. 1996 
  4. Dragon Quest: Dai no Daibōken, volume 1, capítulo 5
  5. 三条陸; 稲田浩司 (1995). 集英社, ed. Jump Comics Perfect Book 1 The Adventure of Dai (em japonês). Tóquio: 集英社. pp. 100, 108. ISBN 9784088588810.
  6. Sherman, Jennifer (25 de janeiro de 2019). "Dragon Quest Manga's Dai Joins Jump Force Game Lineup". Anime News Network.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre mangá e anime é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.