Estolho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Estolho de morango

Estolho, estolhos, estolhão, estolões ou estolas são caules aéreos,finos,que possuem crescimento horizontal,originando novas plantas. As plantas que produzem estolhos são designadas por estoloníferas.

Até ao desenvolvimento completo da planta-filha ela será alimentada pela planta-mãe. Quando a planta-filha conseguir produzir os seus próprios compostos orgânicos, o estolho seca naturalmente, tornando a planta-filha independente.[1]

Exemplos: morangueiro, hortelã, grama, clorofito.

Relação Genética[editar | editar código-fonte]

É um método de reprodução assexuada, a qual gera cópias genéticamente iguais a planta matriz. E isso, em muitos casos pode ser considerado um problema, pois as chances de eliminar todos os indivíduos da espécie de uma determinada região aumentam, pois se uma planta não for resistente a uma determinada praga logo todas as outras serão. Já em vantagem podemos considerar o fato de ser um forma de propagação mais rápida que a reprodução via sementes, a qual se dá pelos gametas.


Ícone de esboço Este artigo sobre Botânica é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Ferri, Mário Guimarães (1981). Botânica: Morfologia externa das plantas: organografia. [S.l.: s.n.] ISBN 85-213-0044-1