Fermín Bouza-Brey

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde maio de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Fermín Bouza-Brey
Nascimento 1901
Ponteareas, Espanha
Morte 1973 (72 anos)
Santiago de Compostela, Espanha
Nacionalidade Espanha Espanhol
Ocupação Escritor e filólogo

Fermín Bouza-Brey (Ponteareas, 1901Santiago de Compostela, 1973) foi um escritor e filólogo galego.

Foi um dos fundadores do Seminario de Estudos Galegos em 1923. Colaborador em revistas como Cristal, Resol ou Nós. Juiz desde 1929, durante a Guerra Civil foi afastado da carreira por galeguista até que em 1938 foi reabilitado como juiz de Vielha, para passar depois à Estrada.

Ingressou na Real Academia Galega em 1941. Como poeta destaca por ser o iniciador do neotrobadorismo cuja tendência vai ser seguida também por Álvaro Cunqueiro e Xosé María Álvarez Blázquez.

Obra[editar | editar código-fonte]

  • Cabalgadas en Salnés, 1925 (narrativa)
  • Nao senlleira, 1933 (poemario)
  • Seitura, 1955 (poemario)
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.