Ferran Adrià

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde outubro de 2012)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ferran Adrià em seu restaurante

Ferran Adrià Acosta (L'Hospitalet de Llobregat, 14 de maio de 1962) é um cozinheiro espanhol.

É considerado um dos melhores "chefs" do mundo e figura como número 2 no ranking europeu de restaurantes.[carece de fontes?]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Começou a cozinhar em 1980 quando a trabalhar como lavador de pratos no Hotel Playafels em Ibiza. Mais tarde, o "chef" da cozinha do hotel ensinou-lhe a tradicional culinária da Espanha. Adrià tornou-se um expoente da gastronomia molecular (assim como o "chef" britânico Heston Blumenthal), ousando experimentar com novas tecnologias e inesperadas texturas e sabores.

O "El Bulli" tinha 3 estrelas no Guia Michelin e era considerado um dos melhores restaurantes do mundo. Em 2005 ficou em segundo lugar nos "Top 50" da revista "Restaurant", e conseguiu o primeiro lugar em 2006, desbancando o "The Fat Duck" na Inglaterra. O restaurante ficava aberto de abril a setembro, uma vez que Adrià passava os outros seis meses do ano aperfeiçoando receitas no seu laboratório/oficina, "El Taller", em Barcelona.

É famoso pelo seu menu degustação de trinta pratos como uma síntese das artes.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.