Fetichismo de botas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde fevereiro de 2011)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.

O Fetichismo de botas é muito semelhante ao Fetichismo de sapatos. A atração sexual é sempre pelos calçados femininos do mesmo tipo. Na maioria dos casos, o fetiche está relacionado a um material de que é feita a bota. Esse material pode ser couro, borracha ou látex.

Uma mulher usando botas de PVC até a coxa com saltos-altos.

A atração sexual pelas botas femininas de cano longo e salto alto, quando calçadas nas pernas da mulher, pode ser explicada por diversos motivos, dentre os quais destacam-se os mais conhecidos:

  1. as botas, por terem salto alto e cano longo (até antes ou depois do joelho), dão um contorno à silhueta das pernas, criando uma aparência de longas pernas e, assim, se tornando mais sexualmente atraentes;
  2. as botas de cano mais largo "engordam" mais as pernas, criando uma aparência de pernas mais grossas, também sexualmente atraentes;
  3. o salto alto, empurrando o calcanhar do pé para cima, dá um porte físico elevado às pernas e às coxas, deixando, assim, o bumbum mais empinado e mais vistoso;
  4. a imaginação da aparência da "mulher poderosa, imponente e dominadora" dada pela associação da mulher ao brilho do material da bota (no caso das botas de couro ou PVC, em que o brilho resplandece pelo reflexo desses materiais à luz) e também à altura da pessoa aumentada pelo salto da bota, sendo que a sensação de "poder" advém do brilho e a de "imponência" é demonstrada pelo porte físico mais alto e ereto.
Uma garota vestindo um catsuit de látex preto e botas até as coxas de salto-alto

Geralmente, as botas são divididos em três categorias de estruturas primárias - as botas, as botas até a coxa e as cuissardes.

Algumas excitações potenciais vêm das botas. Normalmente o fato de que as botas são em contato com as pernas. Alguns pequenos movimentos das pernas e os abraços também podem estimular a excitação visual. No caso de botas de couro (ou PVC), o couro se reflete na luz e provoca uma excitação sexual mais intensa. O calcanhar da bota também pode excitar o sujeito - o calcanhar o mais comum neste tipo de excitação é o salto-alto. As solas das botas também são atraentes. Para alguns o material e a cor somente causam excitação.

Uma teoria para esse tipo de fetiche - em algumas culturas, uma criança pode experimentar excitação sexual pelos pés de sua mãe. Se este tipo de sexualidade cresce em crianças nesse período, isso pode implicar um estímulo primário para os pés, sapatos e botas.

Fetichismo de bota em látex[editar | editar código-fonte]

Botas de ballet.
Botas femininas fetichistas em PVC com acentuados saltos-altos.

Outro exemplo típico de um fetichismo da bota (o látex) pode ser elevado ou não. Este fetichismo é demonstrado por:

  • Proteção de barro, cimento, água ou neve
  • Um sentimento de proteção total
  • O som das botas saindo e entrando na lama
  • As botas usadas em si mesmo
  • As botas usadas pelos outros

Notas[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]