Fibra de basalto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A fibra de basalto provém do tratamento da rocha basáltica, composta por minerais como plagioclase, piroxina e olivina. Produto derivado do processo de fundição do próprio basalto (ingrediente único utilizado para a produção da fibra), a fibra de basalto é superior a outras fibras existentes relativamente a estabilidade térmica, isolamento do calor e do som, resistência a vibrações, durabilidade e leveza, ou seja, de uma forma sucinta, pode-se afirmar que a fibra de basalto é um tipo de fibra com melhores prestações quanto a propriedades físico-mecânicas.

Utilização[editar | editar código-fonte]

As suas aplicações vão desde material têxtil à prova de fogo (empregue na tecnologia aeroespacial e na indústria automobilística) a material compósito usado para a produção de tripés de todo o tipo, dada a sua elevada resistência e leveza.

Outros factos[editar | editar código-fonte]

A fibra de basalto é substancialmente mais barata em termos de produção que a fibra de carbono o que lhe confere um preço de venda menor que o valor pretendido pela fibra de carbono.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.