Formicofilia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Formiga sobre pele humana.

A formicofilia é uma parafilia muito relacionada com a zoofilia. É a prática de obter prazer sexual com as picadas e o caminhar das formigas. Os que possuem esta condição disfrutam de que as formigas caminhem sobre suas genitálias, e inclusive de que entrem em seus orifícios até alcançar o orgasmo.[1][2][3]

Embora também se utilize para a mesma prática com outros animais pequenos, tais como rãs, caracoles ou moscas, entomofilia (no âmbito da sexualidade humana) é um termo mais correto para denominar a parafilia que inclui obter prazer sexual da interação com esta gama mais ampla de animais.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Ratnin Dewaraja(1987), "Formicophilia, an unusual paraphilia, treated with counseling and behavior therapy" (American journal of psychotherapy vol. 41, no. 4, pp. 593-597)
  2. Dewaraja R.; Money J. ; (1986), "Transcultural sexology: formicophilia, a nawly named paraphilia in a young buddhist male" (Journal of sex and marital therapy vol. 12, no. 2, pp. 139-145)
  3. Dekkers Midas (1994), "Dearest pet (on bestiality)"
Ícone de esboço Este artigo sobre sexo ou sexualidade é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.