Dendrofilia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Dendrofilia consiste em uma parafilia em que há atração sexual por árvores, legumes, frutas, etc.[1] O termo foi cunhado no começo do século 20 em estudos de antropologia,[2] e pode ser entendido como uma forma de estimular a masturbação, nos casos em que se insere legumes ou frutas na vagina ou no ânus.

A utilização de flores para acariciar o próprio corpo ou o do parceiro também pode ser visto, de certo modo, como um comportamento dendrofílico.

Referências

  1. Corsini, Raymond J. (1999). The Dictionary of Psychology. [S.l.]: Psychology Press. p. p. 263. ISBN 1-58391-028-X 
  2. Iwan Bloch, Ernst Vogel (1935). Anthropological and ethnological studies in the strangest sex acts in modes of love of all races illustrated: Oriental, Occidental, savage, civilized. [S.l.]: Falstaff Press 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre sexo ou sexualidade é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.