Francesco Pisani

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Francesco Pisani
Cardeal da Santa Igreja Romana
Deão do Colégio dos Cardeais

Título

Cardeal-bispo de Óstia-Velletri
Ordenação e nomeação
Nomeação episcopal 8 de agosto de 1524
Ordenação episcopal 5 de maio de 1527
por Dom Alessandro Cardeal Farnese
Cardinalato
Criação 1 de julho de 1517
por Papa Leão X
Ordem Cardeal-diácono (1517-1527)
Cardeal-presbítero (1527-1564)
Cardeal-bispo (1555-1570)
Título São Teodoro (1517-1527)
São Marco (1527-1564)
Santa Maria em Portico Octaviae (1528-1555)
Santa Ágata dos Góticos(1528-1555)
Albano (1555-1557)
Frascati (1557-1562)
Porto e Santa Rufina (1562-1564)
Óstia-Velletri (1564-1570)
Brasão
Coat of arms of Mgr François Pisani.svg
Dados pessoais
Nascimento Itália Veneza
1494
Morte Estados Papais Roma
28 de junho de 1570 (76 anos)
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Francesco Pisani (Veneza, 1494 - Roma, 28 de junho de 1570) foi um cardeal italiano, bispo-emérito de Pádua e decano do Colégio dos Cardeais.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Era filho de Alvise Pisani, embaixador de Veneza junto a Santa Sé e Cecilia Giustiniani. Teve uma filha natural, Giulia. Foi protonotário apostólico. Na instância do Doge Leonardo Loredano de Veneza, ele foi promovido ao cardinalato.

Cardinalato[editar | editar código-fonte]

Foi criado cardeal no consistório de 1 de julho de 1517 pelo Papa Leão X, recebendo o barrete cardinalício e o título de Cardeal-diácono de São Teodoro em 22 de outubro de 1518.

Eleito bispo de Pádua em 8 de agosto de 1524, até renunciar ao governo da Sé em favor de Luigi Pisani, quando foi nomeado administrador, em 1555. Foi consagrado em 5 de maio de 1527, em Roma pelo cardeal Alessandro Farnese. Optou pela ordem dos cardeais-padres e o título de S. Marco em 3 de maio de 1527. Permaneceu com o Papa Clemente VII durante o saque de Roma de 1527 pelas tropas imperiais, foi feito refém e mantido por 18 meses na fortaleza de Castelnuovo, Nápoles. Tornou-se administrador da Sé de Treviso em 27 de janeiro de 1528, cargo que ocupou até 20 de fevereiro de 1538.[1] Recebe o título in commendam da diaconia de Santa Maria no Pórtico em 27 de fevereiro de 1528 até 4 de maio de 1541, e desde 28 de fevereiro de 1550 até 29 de maio de 1555. Optou pela diaconia de S. Ágata em Suburra a partir de 24 de maio de 1529, até 9 de janeiro de 1545. Entre 1551 e 1563, atuou como administrador da Sé de Narbona, na França.

Optou pela ordem dos cardeais-bispos com a suburbicária de Albano, com o consentimento do cardeal Robert de Lénoncourt, que, como primoprete tinha o direito de optar em 29 de maio de 1555, retendo in commendam o título de S. Marco até 21 de junho de 1564. Passa para a suburbicária de Frascati em 20 de setembro de 1557. Assume a suburbicária de Porto e Santa Rufina em 18 de maio de 1562, quando é eleito vice-decano do Sacro Colégio dos Cardeais. Passa para a suburbicária de Óstia-Velletri em 12 de maio de 1564, quando torna-se o Decano do Sacro Colégio dos Cardeais.

Conclaves[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. De acordo com Eubel, Hierarchia Catholica Medii et Recentioris Aevi, III, 309; e Zedler, Grosses vollständiges Universal-Lexicon aller Wissenschafften und Künste, XLV, 533.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Frédéric de Saint-Severin
Cardeal
Cardeal-diácono de São Teodoro

15181527
Sucedido por
Niccolò Gaddi
Precedido por
Marco Cornaro
Brasão episcopal
bispo de Pádua

15241555
Sucedido por
Luigi Pisani
Precedido por
Marco Cornaro
Cardeal
Cardeal-padre de S. Marco

15271564
in commendam entre 1555 e 1564
Sucedido por
Luigi Pisani
Precedido por:
Bernardo Dovizi da Bibbiena
Cardeal
Cardeal-padre de Santa Maria em Portico Octaviae

15281541
15501555
in commendam
Seguido por:
Juan Álvarez y Alva de Toledo
Precedido por:
Antoine Sanguin de Meudon
Seguido por:
Girolamo Doria
Precedido por
Pirro Gonzaga
Cardeal
Cardeal-padre de Santa Ágata dos Góticos em Suburra

15291545
Sucedido por
Tiberio Crispo
Precedido por
Juan Álvarez y Alva de Toledo
Cardeal
Cardeal-bispo de Albano

15551557
Sucedido por
Pedro Pacheco de Villena
Precedido por
Juan Álvarez y Alva de Toledo
Cardeal
Cardeal-bispo de Frascati

15571562
Sucedido por
Federico Cesi
Precedido por
Rodolfo Pio
Cardeal
Cardeal-bispo de Porto e Santa Rufina

15621564
Sucedido por
Federico Cesi
Precedido por:
Rodolfo Pio
Brasão arquiepiscopal
Cardeal-bispo de Óstia

Sucedido por:
Giovanni Girolamo Morone
Decano do Colégio dos Cardeais
15641570