Grande Prêmio da Austrália de 2000

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Grande Prêmio da Austrália
de Fórmula 1 de 2000
Albert Lake Park Street Circuit in Melbourne, Australia.svg
Quinto GP da Austrália realizado em Melbourne
Detalhes da corrida
Data 12 de março de 2000
Nome oficial LXV Qantas Australian Grand Prix
Local Circuito de Albert Park, Melbourne, Vitória, Austrália
Total 58 voltas / 307.516 km
Condições do tempo Ensolarado
Pole
Piloto
Finlândia Mika Häkkinen McLaren-Mercedes
Tempo 1:30.556
Volta mais rápida
Piloto
Brasil Rubens Barrichello Ferrari
Tempo 1:31.481 (na volta 41)
Pódio
Primeiro
Alemanha Michael Schumacher Ferrari
Segundo
Brasil Rubens Barrichello Ferrari
Terceiro
Alemanha Ralf Schumacher Williams-BMW

Resultados do Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1 (LXV Qantas Australian Grand Prix) realizado em Melbourne em 12 de março de 2000. Etapa de abertura da temporada, teve como vencedor o alemão Michael Schumacher, que subiu ao pódio junto a Rubens Barrichello numa dobradinha da Ferrari e com Ralf Schumacher em terceiro pela Williams-BMW.[1][2][3][nota 1]

Resumo[editar | editar código-fonte]

  • Primeira temporada de Rubens Barrichello na Ferrari e a primeira volta mais rápida na carreira do piloto brasileiro.
  • Primeira corrida da Jaguar.
  • Três pilotos estrearam na F-1 nesta corrida: Nick Heidfeld (Prost), Jenson Button (Williams) e Gastón Mazzacane (Minardi).
  • Mika Salo terminou em 6º lugar, mas foi desclassificado por irregularidades na asa dianteira de sua Sauber.[4] Ricardo Zonta herdou a posição do piloto finlandês e marcou seu primeiro ponto na categoria.
  • Primeiros pontos da equipe BAR, com Villeneuve em 4º e Zonta em 6º. Além disso, foi a primeira corrida da Honda como fornecedora oficial de motores na F-1, após ter se retirado no final de 1992.

Classificação da prova[editar | editar código-fonte]

Pos Piloto Equipe Voltas Tempo Grid Pontos
1 3 Alemanha Michael Schumacher Ferrari 58 1:34'01"987 3 10
2 4 Brasil Rubens Barrichello Ferrari 58 + 11.415 4 6
3 9 Alemanha Ralf Schumacher Williams-BMW 58 + 20.009 11 4
4 22 Canadá Jacques Villeneuve BAR-Honda 58 + 44.447 8 3
5 11 Itália Giancarlo Fisichella Benetton-Playlife 58 + 45.165 9 2
DSQ 17 Finlândia Mika Salo Sauber-Petronas 58 Desclassificado 10 [4]
6 23 Brasil Ricardo Zonta BAR-Honda 58 + 46.468 16 1
7 12 Áustria Alexander Wurz Benetton-Playlife 58 + 46.915 14
8 20 Espanha Marc Gené Minardi-Fondmetal 57 + 1 volta 18
9 15 Alemanha Nick Heidfeld Prost-Peugeot 56 + 2 voltas 16
Ret 10 Reino Unido Jenson Button Williams-BMW 46 Motor 21
Ret 16 Brasil Pedro Paulo Diniz Sauber-Petronas 41 Transmissão 19
Ret 21 Argentina Gaston Mazzacane Minardi-Fondmetal 40 Câmbio 22
Ret 5 Alemanha Heinz-Harald Frentzen Jordan-Mugen/Honda 39 Pane hidráulica 5
Ret 6 Itália Jarno Trulli Jordan-Mugen/Honda 35 Motor 6
Ret 14 França Jean Alesi Prost-Peugeot 27 Pane hidráulica 17
Ret 1 Finlândia Mika Häkkinen McLaren-Mercedes 18 Motor 1
Ret 19 Países Baixos Jos Verstappen Arrows-Supertec 16 Suspensão 13
Ret 2 Reino Unido David Coulthard McLaren-Mercedes 11 Motor 2
Ret 18 Espanha Pedro de La Rosa Arrows-Supertec 6 Suspensão 12
Ret 7 Reino Unido Eddie Irvine Jaguar-Cosworth 6 Rodou 7
Ret 8 Reino Unido Johnny Herbert Jaguar-Cosworth 1 Embreagem 20
Fonte: [1]

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

  • Nota: Somente as primeiras cinco posições estão listadas.

Notas

  1. Voltas na liderança: Mika Häkkinen 18 voltas (1-18), Michael Schumacher 33 voltas (19-29; 36-44; 46-58), Heinz-Harald Frentzen 6 voltas (30-35), Rubens Barrichello 1 volta (45).

Referências

  1. a b «2000 Australian Grand Prix - race result». Consultado em 3 de agosto de 2019 
  2. Fred Sabino (12 de março de 2019). «Rubens Barrichello e Felipe Massa estrearam na Ferrari, por coincidência, no dia 12 de março». Globo Esporte. Consultado em 8 de agosto de 2019 
  3. SEIXAS, Fábio. Barrichello "frio e calculista" (online). Folha de S.Paulo, São Paulo (SP), 13/03/2000. Esporte, p. 5-6. Página visitada em 3 de agosto de 2019.
  4. a b «Australian GP, 2000 (em inglês) no grandprix.com». Consultado em 5 de agosto de 2019 
Precedido por
Grande Prêmio do Japão de 1999
Campeonato mundial de Fórmula 1 da FIA
Ano de 2000
Sucedido por
Grande Prêmio do Brasil de 2000
Precedido por
Grande Prêmio da Austrália de 1999
Grande Prêmio da Austrália
65ª edição
Sucedido por
Grande Prêmio da Austrália de 2001