Grande Prêmio da Bélgica de 1991

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Grande Prêmio da Bélgica
de Fórmula 1 de 1991
Belgian Grand Prix Spa.png
Grande Prêmio da Bélgica de 1991.
Detalhes da corrida
Data 25 de agosto de 1991
Local Liège - Região da Valônia, Bélgica
Percurso 6,940 km
Total 44 voltas / 305,360 km
Pole
Piloto
Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda
Tempo 1:47.811
Volta mais rápida
Piloto
Brasil Roberto Moreno Benetton-Ford
Tempo 1:55.161 (na volta 40)
Pódio
Primeiro
Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda
Segundo
Áustria Gerhard Berger McLaren-Honda
Terceiro
Brasil Nelson Piquet Benetton-Ford

Resultados do Grande Prêmio da Bélgica realizado em Spa-Francorchamps a 25 de agosto de 1991.

Bertrand Gachot foi condenado a 18 meses de cadeia por atirar por atirar spray de pimenta em um motorista de táxi após um acidente de trânsito em dezembro de 1990. Sem Gachot, a Jordan fecha com Michael Schumacher na prova belga. O jovem alemão de 22 anos participa do Mundial de Marcas, correndo como piloto oficial da Mercedes

Pré-Classificação[editar | editar código-fonte]

Pos No Piloto Chassi/Motor Q1
1 7 Reino Unido Martin Brundle Brabham-Yamaha 1:25.974
2 8 Reino Unido Mark Blundell Brabham-Yamaha 1:56.446
3 14 França Olivier Grouillard Fondmetal-Ford 1:58.447
4 10 Itália Alex Caffi Footwork-Ford 1:59.460
5 9 Itália Michele Alboreto Footwork-Ford 1:59.910
6 17 Itália Gabriele Tarquini AGS-Ford 1:59.972
7 31 Portugal Pedro Chaves Coloni-Ford 2:01.921
8 18 Itália Fabrizio Barbazza AGS-Ford 2:03.766

Treino Classificatório[editar | editar código-fonte]

Pos No Piloto Chassi/Motor Q1 Q2
1 1 Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda 1:49.100 1:47.811
2 27 França Alain Prost Ferrari 1:51.369 1:48.821
3 5 Reino Unido Nigel Mansell Williams-Renault 1:50.666 1:48.828
4 2 Áustria Gerhard Berger McLaren-Honda 1:49.485 12:29.200
5 28 França Jean Alesi Ferrari 1:51.832 1:49.974
6 20 Brasil Nelson Piquet Benetton-Ford 1:53.371 1:50.540
7 32 Alemanha Michael Schumacher Jordan-Ford 1:53.290 1:51.212
8 19 Brasil Roberto Moreno Benetton-Ford 1:53.664 1:51.283
9 23 Itália Pierluigi Martini Minardi-Ferrari 1:53.460 1:51.299
10 4 Itália Stefano Modena Tyrrell-Honda 1:52.899 1:51.307
11 33 Itália Andrea de Cesaris Jordan-Ford 1:54.186 1:51.986
12 16 Itália Ivan Capelli Leyton House-Ilmor 1:53.603 1:52.113
13 8 Reino Unido Mark Blundell Brabham-Yamaha 1:54.814 1:52.377
14 22 Finlândia J.J. Lehto Dallara-Judd 1:54.211 1:52.417
15 15 Brasil Maurício Gugelmin Leyton House-Ilmor 1:56.027 1:52.623
16 7 Reino Unido Martin Brundle Brabham-Yamaha 1:54.921 1:52.626
17 6 Itália Riccardo Patrese1 Williams-Renault 1:52.646
18 25 Bélgica Thierry Boutsen Ligier-Lamborghini 1:54.446 1:52.709
19 24 Itália Gianni Morbidelli Minardi-Ferrari 1:57.232 1:52.896
20 29 França Éric Bernard Lola-Ford 1:55.679 1:53.309
21 12 Reino Unido Johnny Herbert Lotus-Judd 1:55.523 1:53.361
22 3 Japão Satoru Nakajima Tyrrell-Honda 1:55.874 1:53.494
23 14 França Olivier Grouillard Fondmetal-Ford 1:55.945 1:53.628
24 11 Finlândia Mika Häkkinen Lotus-Judd 1:55.483 1:53.799
25 21 Itália Emanuele Pirro Dallara-Judd 1:56.131 1:53.839
26 26 França Érik Comas Ligier-Lamborghini 1:56.218 1:53.847
27 30 Japão Aguri Suzuki Lola-Ford 1:56.594 1:53.869
28 34 Itália Nicola Larini Lambo-Lamborghini 1:56.561 1:54.781
29 10 Itália Alex Caffi Footwork-Ford 1:57.556 1:57.338
30 35 Bélgica Eric van de Poele Lambo-Lamborghini 35:03.624 1:57.746

Classificação da Prova[editar | editar código-fonte]

Pos Piloto Chassi/Motor Voltas Tempo Grid Pts
1 1 Brasil Ayrton Senna McLaren-Honda 44 1:27'17.669 1 10
2 2 Áustria Gerhard Berger McLaren-Honda 44 1.901 4 6
3 20 Brasil Nelson Piquet Benetton-Ford 44 32.176 6 4
4 19 Brasil Roberto Moreno Benetton-Ford 44 37.310 8 3
5 6 Itália Riccardo Patrese Williams-Renault 44 57.187 17 2
6 8 Reino Unido Mark Blundell Brabham-Yamaha 44 1'40.035 13 1
7 12 Reino Unido Johnny Herbert Lotus-Judd 44 1'44.599 21  
8 21 Itália Emanuele Pirro Dallara-Judd 43 + 1 Volta 25  
9 7 Reino Unido Martin Brundle Brabham-Yamaha 43 + 1 Volta 16  
10 14 França Olivier Grouillard Fondmetal-Ford 43 + 1 Volta 23  
11 25 Bélgica Thierry Boutsen Ligier-Lamborghini 43 + 1 Volta 18  
12 23 Itália Pierluigi Martini Minardi-Ferrari 42 Caixa de Câmbio 9  
13 33 Itália Andrea de Cesaris Jordan-Ford 41 Motor 11  
Ret 4 Itália Stefano Modena Tyrrell-Honda 33 Fuga de Óleo 10  
Ret 22 Finlândia J. J. Lehto Dallara-Judd 33 Pressão do Óleo 14  
Ret 28 França Jean Alesi Ferrari 30 Motor 5  
Ret 24 Itália Gianni Morbidelli Minardi-Ferrari 29 Caixa de Câmbio 19  
Ret 11 Finlândia Mika Hakkinen Lotus-Judd 25 Motor 24  
Ret 26 França Erik Comas Ligier-Lamborghini 25 Motor 26  
Ret 5 Reino Unido Nigel Mansell Williams-Renault 22 Elétrico 3  
Ret 29 França Eric Bernard Lola-Ford 21 Caixa Câmbio 20  
Ret 16 Itália Ivan Capelli Leyton House-Ilmor 13 Motor 12  
Ret 3 Japão Satoru Nakajima Tyrrell-Honda 7 Rodada 22  
Ret 27 França Alain Prost Ferrari 2 Combustível 2  
Ret 15 Brasil Mauricio Gugelmin Leyton House-Ilmor 1 Motor 15  
Ret 32 Alemanha Michael Schumacher Jordan-Ford 0 Embreagem 7  
NQ 30 Japão Aguri Suzuki Lola-Ford Não Qualificado
NQ 34 Itália Nicola Larini Lambo-Lamborghini Não Qualificado
NQ 10 Itália Alex Caffi Footwork-Porsche Não Qualificado
NQ 35 Bélgica Eric Van de Poele Lambo-Lamborghini Não Qualificado
NPQ 9 Itália Michele Alboreto Footwork-Ford Não Pré-Qualificado
NPQ 17 Itália Gabriele Tarquini AGS-Ford Não Pré-Qualificado
NPQ 31 Portugal Pedro Chaves Coloni-Ford Não Pré-Qualificado

Notas[editar | editar código-fonte]

Líderes por volta

Ayrton Senna - 1ª a 14ª, 31ª a 44ª; Nigel Mansell - 15ª e 16ª, 18ª a 21ª; Nelson Piquet - 17ª e Jean Alesi - 22ª a 30ª

  • Estreia de Michael Schumacher na prova belga. A participão de Schumacher durou até a subida da curva "Eau Rouge". O piloto alemão abandonou a prova sem completar a volta com problemas na embreagem de seu Jordan número 32.
  • Última corrida de Roberto Moreno na equipe Benetton;
  • Primeiro ponto do motor Yamaha na categoria.

↑1 Patrese marcou 1:48.661 no segundo treino classificatório e deveria largar na 2ª posição, mas na inspeção notou-se que um fio estava rompido. Constatou-se que a marcha à ré não estava funcionando, o que fere o artigo técnico 9.2 do regulamento da entidade. O piloto italiano foi desclassificado e larga na 17ª posição com o tempo do primeiro treino de classificação.[1].

Tabela do Campeonato Após a Prova[editar | editar código-fonte]


Prova Anterior:
Grande Prêmio da Hungria de 1991
Campeonato do Mundo FIA de Fórmula 1
Temporada 1991
Próxima Prova:
Grande Prêmio da Itália de 1991

Prova Anterior:
Grande Prêmio da Bélgica de 1990
Grande Prêmio da Bélgica Próxima Prova:
Grande Prêmio da Bélgica de 1992


Referências

  1. «Fio do câmbio tira Patrese da primeira fila». Folha de S.Paulo. 25 de agosto de 1991