Grande Prêmio da Itália de 2010

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Grande Prêmio da Itália
de Fórmula 1 de 2010
Monza track map.svg
Mapa do circuito.
Detalhes da corrida
Categoria Fórmula 1
Data 12 de setembro de 2010
Nome oficial LXXXI Gran Premio d'Italia
Local Autódromo Nacional de Monza, Monza, Monza e Brianza, Lombardia, Itália
Total 53 voltas / 306.720 km
Pole
Piloto
Espanha Fernando Alonso Ferrari
Tempo 1:21.962
Volta mais rápida
Piloto
Espanha Fernando Alonso Ferrari
Tempo 1:24.139 (na volta 52)
Pódio
Primeiro
Espanha Fernando Alonso Ferrari
Segundo
Reino Unido Jenson Button McLaren-Mercedes
Terceiro
Brasil Felipe Massa Ferrari

O Grande Prêmio da Itália de 2010 foi a décima quarta corrida da temporada de 2010 da Fórmula 1.[1]

Classificacão[editar | editar código-fonte]

Treino oficial[editar | editar código-fonte]

Pos Piloto Construtor Parte 1 Parte 2 Parte 3 Grid
1 8 Espanha Fernando Alonso Ferrari 1:22.646 1:22.297 1:21.962 1
2 1 Reino Unido Jenson Button McLaren-Mercedes 1:23.085 1:22.354 1:22.084 2
3 7 Brasil Felipe Massa Ferrari 1:22.421 1:22.610 1:22.293 3
4 6 Austrália Mark Webber Red Bull-Renault 1:23.431 1:22.706 1:22.433 4
5 2 Reino Unido Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 1:22.830 1:22.394 1:22.623 5
6 5 Alemanha Sebastian Vettel Red Bull-Renault 1:23.235 1:22.701 1:22.675 6
7 4 Alemanha Nico Rosberg Mercedes 1:23.529 1:23.055 1:23.027 7
8 10 Alemanha Nico Hülkenberg Williams-Cosworth 1:23.516 1:22.989 1:23.037 8
9 11 Polónia Robert Kubica Renault 1:23.234 1:22.880 1:23.039 9
10 9 Brasil Rubens Barrichello Williams-Cosworth 1:23.695 1:23.142 1:23.328 10
11 14 Alemanha Adrian Sutil Force India-Mercedes 1:23.493 1:23.199 11
12 3 Alemanha Michael Schumacher Mercedes 1:23.840 1:23.388 12
13 23 Japão Kamui Kobayashi BMW Sauber-Ferrari 1:24.273 1:23.659 13
14 16 Suíça Sébastien Buemi Toro Rosso-Ferrari 1:23.744 1:23.681 14
15 12 Rússia Vitaly Petrov Renault 1:24.086 1:23.819 201
16 17 Espanha Jaime Alguersuari Toro Rosso-Ferrari 1:24.083 1:23.919 15
17 22 Alemanha Nick Heidfeld BMW Sauber-Ferrari 1:24.442 1:24.044 16
18 18 Itália Jarno Trulli Lotus-Cosworth 1:25.540 17
19 19 Finlândia Heikki Kovalainen Lotus-Cosworth 1:25.742 18
20 15 Itália Vitantonio Liuzzi Force India-Mercedes 1:25.774 19
21 24 Alemanha Timo Glock Virgin-Cosworth 1:25.934 242
22 25 Brasil Lucas di Grassi Virgin-Cosworth 1:25.974 21
23 21 Brasil Bruno Senna HRT-Cosworth 1:26.847 22
24 20 Japão Sakon Yamamoto HRT-Cosworth 1:27.020 23
  1. Vitaly Petrov recebeu a punição de cinco colocações no grid por bloquear Timo Glock durante a volta classificatoria.[2]
  2. Timo Glock recebeu a punição de cinco colocações no grid pela troca da caixa de câmbio.[3]

Corrida[editar | editar código-fonte]

Pos Piltot Construtor Voltas Tempo/Aband. Grid Pontos
1 8 Espanha Fernando Alonso Ferrari 53 1:16:24.572 1 25
2 1 Reino Unido Jenson Button McLaren-Mercedes 53 +2.938 2 18
3 7 Brasil Felipe Massa Ferrari 53 +4.223 3 15
4 5 Alemanha Sebastian Vettel Red Bull-Renault 53 +28.196 6 12
5 4 Alemanha Nico Rosberg Mercedes 53 +29.942 7 10
6 6 Austrália Mark Webber Red Bull-Renault 53 +31.276 4 8
7 10 Alemanha Nico Hülkenberg Williams-Cosworth 53 +32.812 8 6
8 11 Polónia Robert Kubica Renault 53 +34.028 9 4
9 3 Alemanha Michael Schumacher Mercedes 53 +44.948 12 2
10 9 Brasil Rubens Barrichello Williams-Cosworth 53 +1:04.213 10 1
11 16 Suíça Sébastien Buemi Toro Rosso-Ferrari 53 +1:05.056 14
12 15 Itália Vitantonio Liuzzi Force India-Mercedes 53 +1:06.106 19
13 12 Rússia Vitaly Petrov Renault 53 +1:18.919 20
14 22 Alemanha Nick Heidfeld BMW Sauber-Ferrari 52 +1 volta 16
15 17 Espanha Jaime Alguersuari Toro Rosso-Ferrari 52 +1 volta 15
16 14 Alemanha Adrian Sutil Force India-Mercedes 52 +1 volta 11
17 24 Alemanha Timo Glock Virgin-Cosworth 51 +2 voltas 24
18 19 Finlândia Heikki Kovalainen Lotus-Cosworth 51 +2 voltas 18
19 20 Japão Sakon Yamamoto HRT-Cosworth 51 +2 voltas 23
20 25 Brasil Lucas di Grassi Virgin-Cosworth 50 Suspensão 21
Ret 18 Itália Jarno Trulli Lotus-Cosworth 46 Câmbio 17
Ret 21 Brasil Bruno Senna HRT-Cosworth 11 Sistema Hidráulico 22
Ret 2 Reino Unido Lewis Hamilton McLaren-Mercedes 0 Colisão 5
Ret 23 Japão Kamui Kobayashi BMW Sauber-Ferrari 0 Câmbio 131
  1. Kamui Kobayashi largou do pit lane.

Notas[editar | editar código-fonte]

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

Observe que somente as seis primeiras posições estão incluídas na tabela.

Referências

  1. Fred Sabino (4 de setembro de 2019). «Ferrari já conquistou 18 vitórias em Monza mas não ganha desde 2010, com Fernando Alonso». globoesporte.com. Globo Esporte. Consultado em 4 de setembro de 2019 
  2. «Petrov demoted 5 places for Glock block». GPUpdate.net. GPUpdate. 11 de setembro de 2010. Consultado em 11 de setembro de 2010 
  3. Noble, Jonathan. «Glock to get five-place grid penalty». autosport.com. Haymarket Publications. Consultado em 11 de setembro de 2010 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Prova Anterior:
Grande Prêmio da Bélgica de 2010
Campeonato do Mundo FIA de Fórmula 1
Temporada 2010
Próxima Prova:
Grande Prêmio de Singapura de 2010

Prova Anterior:
Grande Prêmio da Itália de 2009
Grande Prêmio da Itália Próxima Prova:
Grande Prêmio da Itália de 2011
Ícone de esboço Este artigo sobre Fórmula 1 é um esboço relacionado ao projeto sobre Fórmula 1. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.