Guru Granth Sahib

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Guru Granth Sahib é o livro sagrado do Sikhismo.

É uma colectânea de orações e hinos escritos pelos primeiros cinco gurus do Sikhismo, pelo nono guru e por santos do Hinduísmo e do Islão. O texto encontra-se em várias línguas, em escrita gurmukhi.

O Guru Granth Sahib encontra-se sempre na sala principal (Darbar Sahib) de um templo sikh (gurdwara). O livro é colocado numa plataforma e coberto com um tecido fino. O primeiro acto de um sikh depois de entrar num templo é ajoelhar-se perante o livro em sinal de respeito.

Em 1604 o quinto guru do Sikhismo, o Guru Arjan, juntou os seus escritos aos dos quatro primeiros gurus, dando origem a um primeiro livro conhecido como Adi Granth ("O Primeiro Livro"). Nesse mesmo ano o livro foi instalado no Harimandar Sahib (o Templo de Ouro), em Amritsar. O Guru Gobind Singh decidiu em 1708 que ele seria o guru eterno da comunidade, dando por terminada a sucessão de gurus humanos.

Até 1852 foram feitas cópias à mão do livro; nesse ano surgiria a primeira edição impressa.

Todos os Guru Granth Sahib possuem 1430 páginas. Os sikhs particularmente devotos dedicam-se à leitura ininterrupta do livro (akhand-path), o que representa cerca de 48 horas de leitura.