Hans van Breukelen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Van Breukelen
Informações pessoais
Nome completo Johannes Franciscus Van Breukelen
Data de nasc. 4 de Outubro de 1956 (57 anos)
Local de nasc. Utrecht, Holanda
Informações profissionais
Posição Goleiro

Johannes Franciscus van Breukelen, ou simplesmente Hans van Breukelen, foi guarda redes do PSV Eindhoven e da selecção nacional da Holanda nos anos 80. Iniciou-se no FC Utrecht em Março de 1977 e tornou-se na primeira escolha para a baliza daquele clube na época de 1978/79. Derivado às suas exibições, foi chamado à selecção nacional, fazendo a sua estreia contra a RFA em 11 de Outubro de 1980. Dois anos mais tarde, em Setembro de 1982, foi contratado pelo Nottingham Forest por £200.000, substituindo Peter Shilton. Teve uma grave lesão durante quatro meses mas ajudaria o Nottingham Forest a manter-se invencivel durante nove jogos seguidos facto que, nessa época, levaria o clube a atingir um lugar na Taça UEFA.O clube viria a atingir as meias finais daquela competição, sendo afastado pelo Anderlecht.

Depois de duas épocas em Inglaterra, Van Breukelen voltou à Holanda e ao PSV Eindhoven. Foi campeão nacional do seu país quatro épocas consecutivas (1986–1989). 1988 foi um ano de glória para Van Breukelen e para o PSV Eindhoven, com a conquista da Taça dos Clubes Campeões Europeus, derrotando o Benfica na final, disputada no Neckerstadion em Estugarda, através da marcação de grandes penalidades. Van Breukelen viria a ser o homem do jogo, defendendo a última grande penalidade, marcada pelo defesa português António Veloso. Nesse ano, o PSV Eindhoven era uma equipa recheada de talentos, como Eric Gerets, Ronald Koeman, Soren Lerby, Gerald Vanenburg ou Wim Kieft, sob o comando de Guus Hiddink.

Van Breukelen viria ainda a ajudar a Holanda a conquistar o Campeonato Europeu de Futebol pela primeira vez, derrotando na final a então União Soviética por 2–0.

Van Breukelen jogou ainda no Campeonato Mundial de 1990 e no Campeonato Europeu de Futebol de 1992 no qual a Holanda viria a ser derrotada pela Dinamarca nas meias finais da competição. Foi o 73º e último jogo de Van Breukelen pela sua selecção. Conquistaria ainda mais dois títulos (em 1991 e 1992) pelo PSV Eindhoven e retirou-se após a época de 1993/94.

Bandeira de Países BaixosSoccer icon Este artigo sobre futebolistas neerlandeses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.