Hard Rain

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hard Rain
No Brasil Tempestade[1][2]
Em Portugal Águas Mortíferas,[3] ou
Hard Rain - Águas Mortíferas[4]
 Estados Unidos,[5]  Reino Unido,[5]
 Alemanha,[5]  Dinamarca,[5]  Japão[5]

1998 •  cor •  96[6] min 
Direção Mikael Salomon
Produção Allison Lyon Segan
Ian Bryce
Mark Gordon
Gary Levinsohn
Christian Slater
Roteiro Graham Yost
Elenco Morgan Freeman
Christian Slater
Randy Quaid
Minnie Driver
Edward Asner
Richard Dysart
Betty White
Gênero ação
assalto
catástrofe
drama
suspense
Música Christopher Young
Cinematografia Peter Menzies Jr.
Edição Amnon David
Paul Hirsch
Gillian L. Hutshing
Companhia(s) produtora(s) UGC-PH
Tele München
BBC
Nordisk Film
Marubeni
Toho
PolyGram Filmed Entertainment
Mutual Film Company
Distribuição Paramount Pictures
(United States)
PolyGram Filmed Entertainment[7]
(International)
Lançamento Estados Unidos 16 de janeiro de 1998
 Reino Unido 3 de abril de 1998
Alemanha 6 de abril de 1998
Dinamarca 29 de maio de 1998
Japão 5 de setembro de 1998
Idioma inglês
Orçamento US$ 70 milhões[8]
Receita US$ 19.9 milhões (Estados Unidos)[8]

Hard Rain (Tempestade BRA ou Águas Mortíferas PRT) é um filme-catástrofe de ação, assalto, drama e suspense produzido por Mark Gordon, escrito por Graham Yost, e dirigido por Mikael Salomon. É estrelado por Christian Slater, Morgan Freeman, Randy Quaid, Minnie Driver, Ed Asner e Betty White. É uma coprodução internacional entre os Estados Unidos, o Reino Unido, a Dinamarca, a Alemanha e o Japão. O enredo gira em torno de um assalto e traição feita pelo homem em meio a um desastre natural em uma pequena cidade de Indiana.

O filme foi um notável fracasso nas bilheterias. O filme arrecadou US$19,9 milhões nos EUA com um orçamento de US$70 milhões, e tem uma aprovação de 28% com base em 43 avaliações no site Rotten Tomatoes.[9] As audiências pesquisadas pelo CinemaScore deram ao filme uma nota média de "B-" na escala A+ a F.[10]

O filme recebeu críticas polarizadas, algumas muito positivas e outras muito negativas. Um exemplo de revisão positiva foi o timeout.com, que comparou favoravelmente o enredo de Hard Rain ao projeto anterior e mais bem-sucedido do escritor Graham Yost, Speed, e sugeriu que ele poderia ser considerado uma continuação espiritual de Speed.[11] Outra crítica, no starpulse.com, elogiou as cenas de ação de Hard Rain, mas criticou o enredo, chamando-o de "estúpido" ainda "divertido".[12] Comentando sobre seu desempenho comercial, o Total Film chamou-o de "o maior fracasso de 1998", mas disse que merecia um desempenho melhor por causa de seus "divertidos momentos de tensão".[13]

Resumo[editar | editar código-fonte]

Chuvas torrenciais colocam a cidade de Huntingburg debaixo de água. É nesse cenário que o veterano Charlie e seu sobrinho Tom (Christian Slater) carregam 3 milhões de dólares num carro-forte e caem numa cilada do bando de Jim (Morgan Freeman).

Elenco[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem os portais:

Produção[editar | editar código-fonte]

A produção do filme foi um esforço colaborativo entre inúmeros estúdios cinematográficos, um dos quais foi a British Broadcasting Corporation. O próprio Christian Slater serviu como co-produtor.[14] Em um ponto, John Woo foi anexado para dirigir o filme,[15] mas ele deixou o projeto para dirigir Face/Off em vez disso e o projeto foi assumido por Mikael Salomon.

O filme foi originalmente intitulado The Flood,[16] mas foi mudado porque os cineastas não queriam que o público pensasse que era essencialmente um filme de desastre e não um thriller de assalto.[17] No entanto, o filme ainda manteve esse título em vários outros países.

O filme foi filmado em Huntingburg, Indiana, onde o filme é filmado (na realidade não há um grande rio ou barragem nas proximidades, embora haja dois reservatórios perto da cidade), bem como um conjunto de US$ 6 milhões em um hangar de aeronaves em Palmdale, Califórnia, onde o bombardeiro estratégico Rockwell B-1 Lancer foi fabricado, e alguns exteriores em Etobicoke, Toronto, Ontário, Canadá.

A partir de abril de 2016, ao falar com o escritório da cidade de Huntingburg, o historiador de cinema Adam Nichols foi informado e mostrou um museu localizado no andar de cima, no escritório da cidade, onde são exibidos vários adereços, figurinos, mídia e imagens de produção com esse filme e o filme de 1992 A League of Their Own, que também foi parcialmente filmado em Huntingburg.

Sobre o final, Morgan Freeman disse: "Eu interpretei um cara mau em um filme e eles mostraram isso para uma platéia - e estamos deixando uma platéia nos dizer o que fazer agora - sabe, e a platéia disse: 'Bem, eu não o quero - Morgan não pode morrer!' E eu era um ladrão. 'Ele deveria ganhar algum dinheiro'. Nós voltamos para o estúdio e re-filmamos para que eu não morresse e eu ganhasse algum dinheiro".[18]

Referências

  1. Tempestade (em português) no AdoroCinema (Brasil)
  2. Tempestade no CinePlayers (Brasil)
  3. Águas Mortíferas (em português) no CineCartaz (Portugal)
  4. Hard Rain - Águas Mortíferas no SapoMag (Portugal)
  5. a b c d e «Hard Rain». American Film Institute. Consultado em 1 de junho de 2016 
  6. http://www.bbfc.co.uk/releases/hard-rain-1998-2
  7. http://www.bbfc.co.uk/releases/hard-rain-1998-2
  8. a b «Hard Rain». Box Office Mojo. Consultado em 1 de junho de 2016 
  9. «Hard Rain (1997)». Rotten Tomatoes. Consultado em 1 de junho de 2016 
  10. «CinemaScore». cinemascore.com 
  11. «Hard Rain». Time Out. Cópia arquivada em 13 de outubro de 2012 
  12. «Hard Rain». Starpulse. Arquivado do original em 4 de fevereiro de 2005 
  13. «The 50 biggest movie flops that deserved better». Total Film. Consultado em 10 de janeiro de 2017 
  14. Van Gelder, Lawrence. «FILM REVIEW; Outlook: Stormy (It's Raining, Too)». The New York Times. The New York Times. Consultado em 28 de junho de 2017 
  15. Shaffer, R. L. (9 de fevereiro de 2010). «Hard Rain Blu-ray Review». IGN. Consultado em 1 de junho de 2016 
  16. Collins, Andrew (1 de dezembro de 2015). «Hard Rain Review». Empire. Consultado em 1 de junho de 2016 
  17. Tempestade no AdoroCinema
  18. Jobson, Richard (14 de julho de 2000). «Morgan Freeman». The Guardian. London: Guardian Media Group. Consultado em 24 de março de 2018