Betty White

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Betty White
Betty White na Time 100 em 2010
Nome completo Betty Marion White
Outros nomes Gerrie, Betty White Ludden
Nascimento 17 de janeiro de 1922
Oak Park, Illinois, Estados Unidos
Nacionalidade norte-americana
Morte 31 de dezembro de 2021 (99 anos)
Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos
Causa da morte Causas naturais
Ocupação atriz
comediante
escritora
apresentadora
Atividade 1939–2021
Cônjuge
  • Dyck Barker (c. 1945–45)
  • Lane Allen (c. 1947–49)
  • Allen Ludden (c. 1963–81)
Emmys
Melhor Atriz em Série de Comédia
1986 – The Golden Girls
Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Comédia
1975 – The Mary Tyler Moore Show
1976 – The Mary Tyler Moore Show
Melhor Atriz Convidada em Série de Comédia
1996 – The John Larroquette Show
2010 – Saturday Night Live
Melhor Apresentadora
1983 – Just Men!
Prémios Screen Actors Guild
Melhor Atriz em Série de Comédia
2011 – Hot in Cleveland
2012 – Hot in Cleveland
Life Achievement
2010 - Prêmio Honorário
Prémios BAFTA
Los Angeles Britânnia Awards
2010 – Prêmio Honorário

Betty Marion White Ludden (Oak Park, 17 de janeiro de 1922Los Angeles, 31 de dezembro de 2021)[1] foi uma atriz, comediante, apresentadora, dubladora e escritora norte-americana, com a mais longa carreira na televisão que qualquer outro artista. Considerada uma pioneira da televisão, ela foi uma das primeiras mulheres a exercer controle tanto na frente quanto atrás da câmera. Betty ficou conhecida por seus papéis premiados como Rose Nylund na série The Golden Girls, Sue Ann Nivens em The Mary Tyler Moore Show, Rose Nylund nas e Elka Ostrovsky em Hot in Cleveland.[2] Também fez participações em Boston Legal, The Carol Burnett Show e Saturday Night Live.

Ao longo de sua carreira, ela ganhou oito prêmios Emmys em várias categorias, três American Comedy Awards, três Screen Actors Guild Awards, um Grammy e teve seu nome posto em uma estrela Calçada da Fama de Hollywood.

Ela era associada ao grupo de defesa de direitos dos animais Humane Society of the United States.[3]

Vida[editar | editar código-fonte]

Betty Marion White nasceu em Oak Park, Illinois, em 17 de janeiro de 1922. Ela afirmou que Betty é seu nome legal e não uma versão abreviada de Elizabeth. Ela é filha única de Christine Tess Cachikis (1899–1985), dona de casa, e Horace Logan White (1899–1963), executivo de uma empresa de iluminação. Seu avô paterno era dinamarquês e seu avô materno era grego, com suas outras raízes sendo inglesas e galesas (suas duas avós eram canadenses).

A família de White mudou-se para Alhambra, Califórnia, em 1923, quando ela tinha pouco mais de um ano, e mais tarde para Los Angeles, durante a Grande Depressão. Para ganhar dinheiro extra, o pai dela construía rádios de cristal e os vendia sempre que podia. Como era o auge da Depressão, e quase ninguém tinha uma renda considerável, ele trocava os rádios em troca de outros bens, incluindo cães em algumas ocasiões.

Ela estudou na Horace Mann School e na High School de Beverly Hills, graduando-se em 1939. Seu interesse em vida selvagem foi provocada por férias em família para as serras elevadas. Ela inicialmente aspirava a uma carreira como um guarda florestal, mas foi incapaz de alcançar este objetivo porque as mulheres não tinham permissão para servir como guardas florestais naquela época. Em vez disso, White perseguiu um interesse em escrever. Ela escreveu e interpretou o papel principal em uma peça escolar na Horace Mann, e descobriu seu interesse em escrever. Inspirado por suas ídolas Jeanette MacDonald e Nelson Eddy, ela decidiu seguir uma carreira como atriz.

Depois de fazer a transição do rádio para a televisão, White se tornou um dos principais panelistas de programas de jogos americanos, including Password, Match Game, Tattletales, To Tell the Truth, The Hollywood Squares e The $25,000 Pyramid; aclamada como "a primeira dama de games shows", White se tornou a primeira mulher a ganhar um Daytime Emmy Award for Outstanding Game Show Host pelo show Just Men! em 1983.[4] Ela também era conhecida por suas aparições em The Bold and the Beautiful, Boston Legal e The Carol Burnett Show. Seus maiores papéis inclui a personagem Sue Ann Nivens na série The Mary Tyler Moore Show (1973–1977) da CBS, Rose Nylund na série The Golden Girls (1985–1992) da NBC e Elka Ostrovsky na sitcom Hot in Cleveland (2010–2015). Ela ganhou popularidade renovada após sua aparição no filme de comédia romântica The Proposal (2009) e e foi subsequentemente o assunto de uma campanha bem-sucedida baseada no Facebook ao ser a anfitriã de um episódio do Saturday Night Live, em 2010, que rendeu a ela um Emmy do Primetime de melhor atriz convidada numa série de comédia.[5]

White trabalhou na televisão mais do que qualquer outro neste meio, segundo o Guinness World Records.[6][7][8] Ela recebeu oito prêmios Emmy Awards em diversas categorias, três American Comedy Awards, três Screen Actors Guild Awards e um Grammy Award.[9] White recebeu uma estrelha na Calçada da Fama de Hollywood e em 1995 foi indicada ao Salão da Fama da Televisão.

Morte[editar | editar código-fonte]

White morreu em 31 de dezembro de 2021, aos 99 anos de idade.[10] Ela morreu de causas naturais.[11]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Betty White (em 1954)
Estrela de Betty White na Calçada da Fama.
Como Sue Ann Nivens em foto promocional de The Mary Tyler Moore Show de 1973
White no Emmy Awards (em 1988)
White com o presidente Obama, na Casa Branca (em 2012)

Cinema[editar | editar código-fonte]

Livros[editar | editar código-fonte]

  • 1983: Betty White's Pet-Love: How Pets Take Care of Us (Com Thomas J. Watson)
  • 1987: Betty White In Person
  • 1991: The Leading Lady: Dinah's Story (Com Tom Sullivan)
  • 1995: Here We Go Again: My Life In Television (relançado em 2010)
  • 2011: If You Ask Me: (And of Course You Won't)
  • 2011: Betty & Friends: My Life at the Zoo[12]

Referências

  1. «Betty White, The Golden Girls and Hot in Cleveland Star, Dead at 99». People. 31 de dezembro de 2021 
  2. «Betty White continua a brilhar aos 90 anos». Semanário Expresso. Expresso. 18 de janeiro de 2012. Consultado em 15 de fevereiro de 2012 
  3. «Activistfacts». Betty White (em inglês). Activistfacts.com. Consultado em 29 de agosto de 2014 
  4. Stacy Conradt, Mental Floss (23 de fevereiro de 2010). «10 reasons we love Betty White». CNN. Consultado em 22 de janeiro de 2015. Cópia arquivada em 6 de outubro de 2014 
  5. «Betty White — Biography, TV Shows, Films, & Facts». Britannica. Consultado em 2 de janeiro de 2022 
  6. Dawn, Randee (6 de setembro de 2013). «Betty White, 'Breaking Bad' earn 'Guinness World Records' titles». Today.com. Consultado em 13 de outubro de 2013. Cópia arquivada em 2 de outubro de 2013 
  7. «Longest TV career by an entertainer (female)». Guinness World Records. Consultado em 27 de agosto de 2018. Cópia arquivada em 27 de agosto de 2018 
  8. «Longest TV career by an entertainer (male)». Guinness World Records. Consultado em 27 de agosto de 2018. Cópia arquivada em 27 de agosto de 2018 
  9. «Betty White». emmys.com. Consultado em 10 de julho de 2014. Cópia arquivada em 14 de julho de 2014 
  10. Barnes, Mike (31 de dezembro de 2021). «Betty White, Golden Girl of TV Comedy, Dies at 99». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 31 de dezembro de 2021 
  11. «Causa da morte de Betty White é revelada». ISTOÉ Independente. 3 de janeiro de 2022. Consultado em 5 de janeiro de 2022 
  12. «Betty & Friends». Good Readers. Consultado em 15 de fevereiro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Media relacionados com Betty White no Wikimedia Commons