Helena Bonham Carter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Helena Bonham Carter
CBE
Bonham Carter na 83ª Academy Awards em 2011
Nome completo Helena Bonham Carter
Nascimento 26 de maio de 1966 (50 anos)
Londres, Inglaterra
Nacionalidade Reino Unido britânica
Ocupação Atriz
Cônjuge Tim Burton (2001-2014)
Emmys
Melhor Atriz Internacional
2010 - Enid
Prémios Screen Actors Guild
Melhor Elenco
2011 - The King's Speech
Prémios BAFTA
Melhor Atriz Coadjuvante
2011 - The King's Speech
BAFTA Los Angeles Britannia Award
2011 - Prêmio Especial
Prémios National Board of Review
Melhor Atriz
1997 - The Wings of the Dove
IMDb: (inglês)

Helena Bonham Carter, CBE (Londres, 26 de maio de 1966) é uma atriz britânica. Bonham Carter fez sua estreia em filmes na obra de K. M. Peyton, A Pattern of Roses, antes de aparecer em seu primeiro papel protagônico como Lady Jane. É mais conhecida por interpretar Bellatrix Lestrange na série Harry Potter, sua performance indicada ao Oscar como Kate Croy em The Wings of the Dove (br: Asas do Amor), sua interpretação indicada ao Globo de Ouro da Sr.ª Lovett em Sweeney Todd: The Demon Barber of Fleet Street (br: Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet), e sua interpretação indicada ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante e Globo de Ouro na mesma categoria da Rainha Elizabeth em The King's Speech (br: O Discurso do Rei) além de suas outras colaborações com Tim Burton, com quem tinha uma união estável desde 2001.

Início da vida e contexto familiar[editar | editar código-fonte]

H. H. Asquith, bisavô de Bonham Carter

Helena Bonham Carter nasceu em Golders Green, Londres. Sua mãe, Elena (cujo sobrenome de batismo era Propper de Callejón), é psicoterapeuta. Seu pai, Raymond Bonham Carter, era banqueiro comerciante e diretor substituto que representava o Banco da Inglaterra no Fundo Monetário Internacional em Washington durante os anos 60;[1] [2] [3] ele veio de uma família de políticos britânicos, sendo filho do político liberal inglês Maurice Bonham Carter e da renomada política, oradora e membro da Câmara dos Lordes, Violet Bonham Carter, cujo pai fora Primeiro Ministro do Reino Unido, H. H. Asquith (1908-1916). O avô materno de Carter, Eduardo Propper de Callejón, tinha ascendência em parte espanhola e em parte judia, e foi diplomata e he-Conselheiro da Embaixada espanhola em Washington. A avó materna de Bonham Carter, Hélène Fould-Springer, era filha do Barão Eugène Fould-Springer (um banqueiro francês), e Marie Cecile Von Springer (cujo pai era o industrialista Gustav Springer).[1] [4] [5] A irmã de Hélène Fould-Springer era a filantropa francesa Liliane de Rothschild (1916-2003), esposa do Barão Élie de Rothschild, e sua outra irmã, Therese Fould-Springer, era mãe do escritor britânico David Pryce-Jones.[4]

Violet Bonham Carter, avó de Bonham Carter

Bonham Carter tem dois irmãos, Edward e Thomas, e é prima distante do também ator Crispin Bonham-Carter, que intepretou o Sr. Bingley na produção da BBC de Orgulho e Preconceito, em 1995, e da política Jane Bonham Carter. Bonham Carter também é parente distante do Almirante Stuart Bonham Carter, Ian Fleming, escritor dos romances de James Bond (através de casamentos) e é bisneta de Anthony Asquith, o lendário diretor inglês de clássicos como Carrington VC e The Importance of Being Earnest (br: A Importância de Ser Honesto). Bonham Carter foi educada na South Hampstead High School, uma escola particular feminina em Hampstead, Londres, e mais tarde na Westminster School, uma escola particular co-educacional próxima ao Palácio de Westminster. Bonham Carter não foi admitida no King's College, Universidade de Cambridge, não por causa de suas notas ou pontuações nos exames, mas porque os funcionários da escola temiam que ela deixasse o ensino superior para seguir sua carreira como atriz. Por causa da rejeição de Cambridge, Bonham Carter decidiu se concentrar inteiramente na atuação.

Bonham Carter tinha apenas cinco anos, sua mãe teve um sério colapso nervoso, do qual precisou de três anos para se recuperar. Depois da recomposição, sua experiência na terapia fez com que ela se tornasse uma psicoterapeuta - Bonham Carter agora paga para que ela leia seus roteiros e dê sua opinião sobre as motivações psicológicas dos personagens. Cinco anos depois da recuperação da mãe, outro susto acometeu a família. Durante as férias na Grécia, seu pai ficou surdo de um ouvido. Ele foi diagnosticado com um neuroma acústico, e uma operação de rotina foi elaborada para remover o tumor benigno, mas ela não obteve sucesso. Depois de 9 horas de cirurgia, Raymond, com apenas 50 anos de idade, teve um acidente vascular cerebral que o deixou parcialmente paralisado e o confinou à cadeira de rodas. Com seus dois irmãos mais velhos (ambos banqueiros) na faculdade, Bonham Carter teve que ajudar sua mãe a cuidar do pai. Mais tarde, ela estudaria os modos e movimentos de seu pai para seu papel em Livre Para Voar.[6]

Carreira[editar | editar código-fonte]

A man and woman standing side by side
Colin Firth e Bonham Carter nas filmagens de The King's Speech.

Bonham Carter não recebeu quaisquer treinos formais de atuação.[7] Em 1979, ela ganhou um concurso nacional de escrita e usou o dinheiro para pagar seu ingresso ao diretório de atores 'Spotlight'. Sua estreia na atuação profissional veio aos 16 anos, num comercial televisivo. Também trabalhou no filme de televisão no filme A Pattern of Roses (1983). Seu primeiro papel cinematográfico como protagonista foi em Lady Jane (1984, lançado em 1986), que recebeu críticas mistas. Já ao interpretar Lucy Honeychurch em A Room with a View (br: Uma Janela para o Amor) - gravado depois de Lady Jane, em 1985, mas lançado antes, em 1986 - teve seu primeiro papel de peso. Bonham Carter também apareceu em episódios de Miami Vice como o interesse amoroso de Don Johnson durante a temporada de 1986-87. Bonham Carter fez testes para o papel de Nancy Spungen em Sid and Nancy (br: Sid & Nancy - O Amor Mata, 1986), mas o perdeu para Chloe Webb. Mais tarde, rechaçou a oportunidade de interpretar Bess McNeill em Ondas do Destino (1996) devido ao caráter sexual do filme. O papel foi para Emily Watson, pelo qual recebeu uma indicação ao Óscar.[8]

Estes primeiros filmes levaram-na a se tornar uma escalação certa para trabalhos como "rainha de espartilho", e "rosa inglesa," encarnando papéis anteriores ou do início do século XX, particularmente nos filmes dos estúdios Merchant-Ivory. Desde então, ela aumentou sua gama de públicos,[7] ; tendo como filmes mais recentes Fight Club (br: Clube da Luta), Wallace & Gromit: The Curse of the Were-Rabbit (br: Wallace & Gromit: A Batalha dos Vegetais), e Charlie and the Chocolate Factory (br: A Fantástica Fábrica de Chocolote), Corpse Bride (br/pt: A Noiva-Cadáver), Big Fish (br: Peixe Grande) e Sweeney Todd: The Demon Barber of Fleet Street (br: Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet) de Tim Burton. Ela também fala francês fluentemente, estrelando o filme Portraits chinois. Em agosto de 2001, foi capa da Maxim. Interpretou sua segunda rainha da Inglaterra quando escalada como Ana Bolena na minissérie Henry VIII, da ITV1, mas sua personagem foi cortada porque Helena engravidou de seu primeiro filho durante as gravações. Bonham Carter foi membro do júri do Festival de Cannes em 2006, que elegeu unanimamente The Wind That Shakes the Barley (br: Ventos da Liberdade) como o melhor filme.[9]

Bonham Carter interpretou Belatriz Lestrange em Harry Potter and the Order of the Phoenix (br: Harry Potter e a Ordem da Fênix), que foi lançado em 2007. Continuou a interpretar o papel da Comensal da Morte na sexta adaptação, Harry Potter and the Half-Blood Prince (br: Harry Potter e o Enigma do Príncipe) e nas duas partes de Harry Potter e as Relíquias da Morte. Bonham Carter recebeu críticas positiva como Lestrange, descrita como um "talento brilhante, mas pouco usado";[10] [11] Foi então que ela interpretou Sr.ª Lovett, a cúmplice amorosa de Sweeney Todd (Johnny Depp) na adaptação cinematográfica do musical de Stephen Sondheim, vencedor do Tony. O filme foi lançado em 21 de dezembro de 2007 nos Estados Unidos,[12] em 25 de janeiro de 2008 no Reino Unido e em 8 de fevereiro no Brasil. Dirigada por Tim Burton, Bonham Carter recebeu uma indicação ao Globo de Ouro como melhor atriz de comédia ou musical, apesar de não ter ganhado. Venceu, pois, o prêmio de melhor atriz nos prêmios de 2007 do Evening Standard British Film Awards por suas performances em Sweeney Todd: The Demon Barber of Fleet Street e Nosso Amor no Passado, assim como o de melhor atriz no Empire Awards de 2009. Bonham Carter também apareceu no quarto filme da série The Terminator (br: O Exterminador do Futuro), intitulado Terminator Salvation (br: O Exterminador do Futuro - A Salvação), num papel pequeno, porém essencial, de uma vilã do filme.[13] Em seus projetos mais recentes, Bonham Carter interpretou a psiquiatra Dr. Julia Hoffman junto a outros atores notáveis como Johnny Depp e Michelle Pfeiffer, no filme de Tim Burton, Dark Shadows (br: Sombras da Noite), e a escritora Enid Blyton na primeira adaptação de sua vida ao cinema, no filme intitulado Enid.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Cinema
Ano Filme Personagem Notas
1983 A Pattern of Roses Netty Bellinger
1985 Uma Janela Para o Amor (A Room with a View) Lucy Honeychurch romance de E. M. Forster
1986 Uma História Verdadeira (Lady Jane) Lady Jane Grey
1987 Maurice Senhora na partida de cricket (part. especial) romance de E. M. Forster
A Hazard of Hearts Serena Staverley romance de Barbara Cartland
The Vision Jo Marriner
1988 La Maschera Iris
Six Minutes with Ludwig The Star
1989 Francesco Chiara Offreduccio
Getting It Right Lady Minerva Munday
Arms and the Man Raina Petkoff
1990 Hamlet Ofélia
The Early Life of Beatrix Potter Beatrix Potter
1991 Where Angels Fear to Tread Caroline Abbott romance de E. M. Forster
1992 Howards End Helen Schlegel romance de E. M. Forster
Indicada — BAFTA Award
1993 Dancing Queen Pandora/Julie aka Rik Mayall Presents Dancing Queen
1994 Mary Shelley's Frankenstein Elizabeth Frankenstein Indicada — Saturn Award
Fatal Deception: Mrs. Lee Harvey Oswald Marina Oswald Indicada — Golden Globe Award
A Dark-Adapted Eye Faith Severn (adulta) romance de Barbara Vine
Butter Dorothy
1995 Mighty Aphrodite Amanda Weinrib br: Poderosa Afrodite
Margaret's Museum Margaret MacNeil Genie Award
Chlotrudis Award
Fantasporto Award
Jeremy Hardy Gives Good Sex ela própria (voz)
1996 Twelfth Night, or What You Will Olivia
Portraits chinois Ada
1997 The Petticoat Expeditions Narrator
Keep the Aspidistra Flying Rosemary romance de George Orwell
The Wings of the Dove Kate Croy Boston Society of Film Critics de melhor atriz

Broadcast Film Critics Association Awards de melhor atriz

Chlotrudis Awards de melhor atriz

Dallas-Fort Worth Film Critics Association de melhor atriz

Kansas City Film Critics Circle Award de melhor atriz

Las Vegas Film Critics Society Awards de melhor atriz

London Film Critics' Circle de atriz britânica do ano

Los Angeles Film Critics Association Award de melhor atriz

National Board of Review de melhor atriz

Society of Texas Film Critics Awards de melhor atriz

Southeastern Film Critics Association Awards de melhor atriz

Toronto Film Critics Association Awards de melhor performance feminina

Indicada — Oscar de melhor atriz

Indicada — Globo de Ouro de melhor atriz em filme dramático

Indicada — BAFTA de melhor atriz

Indicada — Awards Circuit Community Awards de melhor atriz principal

Indicada — Chicago Film Critics Association de melhor atriz

Indicada — National Society of Film Critics Award de melhor atriz

Indicada — New York Film Critics Circle Awards de melhor atriz

Indicada — Online Film & Critics Association de melhor atriz de drama

Indicada — Online Film Critics Society de melhor atriz

Indicada — Satellite Award de melhor atriz em filme de drama

Indicada — Screen Actors Guild para melhor atriz no cinema

1998 Merlin Morgan le Fay Indicada — Emmy do Primetime
Indicada — Golden Globe Award
Sweet Revenge Karen Knightly Based on a play by Alan Ayckbourn
The Theory of Flight Jane Thatchard Indicada — Satellite Award
1999 Fight Club Marla Singer br: Clube da Luta
romance de Chuck Palahniuk
Empire Award
Women Talking Dirty Cora produzido por David Furnish
Elton John (produtor-executivo)
The Nearly Complete and Utter History of Everything Lily
2000 Carnivale Milly (voz)
2001 Planet of the Apes Ari br: Planeta dos Macacos
dirigido por Tim Burton
Indicada — Empire Award
Indicada — Saturn Award
Novocaine Susan Ivey
Football Mum
2002 The Heart of Me Dinah romance de Rosamond Lehmann
ALFS Award
Nominated — British Independent Film Award
Live From Baghdad Ingrid Formanek Indicada — Emmy do Primetime
Indicada — Golden Globe Award
Till Human Voices Wake Us Ruby
2003 Big Fish Jennifer Hill/The Witch br: Peixe Grande e suas Histórias Maravilhosas
dirigido por Tim Burton
Henry VIII Ana Bolena Fantasporto Award
Cine Award
2004 Lemony Snicket's A Series of Unfortunate Events Beatrice Baudelaire Desventuras em Série
participação especial não-creditada
2005 Conversations with Other Women Mulher Evening Standard British Film Award
TIFF Award
A Fantástica Fábrica de Chocolates Sr.ª Bucket
Magnificent 7 Maggi Jackson
Wallace & Gromit: The Curse of the Were-Rabbit Lady Tottington (voz) br: Wallace & Gromit em A Batalha dos Vegetais
Cine Award
Nominated — Annie Award
Tim Burton's Corpse Bride Emily, a Noiva Cadáver (voz) br: A Noiva Cadáver
dirigido por Tim Burton
Annie Award
2006 Sixty Six Esther Reubens
2007 Harry Potter e Ordem da Fênix Bellatrix Lestrange dirigido by David Yates
Indicada — Teen Choice Award
Indicada — Fantasporto Award
Sweeney Todd: The Demon Barber of Fleet Street Sr.ª Lovett

Indicada — Globo de Ouro de melhor atriz em comédia ou musical

Indicada — Saturn Award de melhor atriz em cinema

Indicada — Broadcast Film Critics Association Awards de melhor elenco

Indicada — Golden Schmoes Awards de melhor atriz do ano

Indicada — Italian Online Movie Awards de melhor atriz coadjuvante

Indicada — London Film Critics' Circle de atriz britânica do ano

Indicada — National Movie Award de melhor performance feminina

Empire Awards de melhor atriz

Evening Standard British Film Awards de melhor atriz

2009 Harry Potter and the Half-Blood Prince Bellatrix Lestrange
Terminator Salvation Dr. Serena Kogen br: O Exterminador do Futuro - A Salvação
Enid Enid Blyton Emmy Internacional de melhor atriz
2010 Alice in Wonderland Rainha Vermelha br/pt: Alice no País das Maravilhas
dirigido por Tim Burton
MTV Movie Award de Melhor Vilão
Indicada — National Movie Awards
The King's Speech Elizabeth, Duquesa de York/Rainha Elizabeth Hollywood Film Festival
BAFTA Awards Melhor Atriz Coadjuvante
Indicada — Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante
Harry Potter and the Deathly Hallows: Part 1 Bellatrix Lestrange
Toast Joan Potter
2011 Harry Potter and the Deathly Hallows: Part 2 Bellatrix Lestrange Também atua como Bellatrix Lestrange
2012 Dark Shadows Dr.ª Julia Hoffman br: Sombras da Noite
Great Expectations Miss Havisham br: Grandes Esperanças
2013 Les Misérables Mme. Thénardier br: Os Miseráveis
The Lone Ranger Red br: O Cavaleiro Solitário
Burton & Taylor Elizabeth Taylor
The Young and Prodigious Spivet Dr. Clair br: Uma Viagem Extraordinária
2014 Turks and Caicos Margot Tyrrell
Salting the Battlefield Margot Tyrrell
2015 Cinderella Fada-madrinha
Suffragette Edith Ellyn br: As Sufragistas
2016 Alice Through the Looking Glass Rainha Vermelha

Referências

  1. a b Costa, Maddy (3 de novembro de 2006). «It's all gone widescreen». The Guardian (em inglês). Guardian Unlimited. Consultado em 13 de julho de 2007. 
  2. «Helena Bonham Carter Biography (1966–)» (em inglês). FilmReference.com. 2007. Consultado em 13 de julho de 2007. 
  3. «Helena Bonham Carter». Yahoo!. Yahoo! Movies. Consultado em 13 de julho de 2007. 
  4. a b Frazer, Jenni (8 de fevereiro de 2009). «How Helena’s grandfather was finally recognised as a true hero» (em inglês). The Jewish Chronicle. Consultado em 8 de fevereiro de 2008. 
  5. Barber, Lynn (20 de abril de 1997). «Helena Bonham Carter: 'Couldn't she just wear a babygro?'». The Guardian (em inglês). Guardian Unlimited. Consultado em 13 de julho de 2007. 
  6. «Helena Bonham Carter Biography» (em inglês). Tiscali. Consultado em 7 de fevereiro de 2009. 
  7. a b «Zen and the inner ape». The Daily Telegraph data = 2 de agosto de 2001 (em inglês). Telegraph.co.uk. Consultado em 19 de janeiro de 2008. 
  8. «Breaking the Waves». Deep Focus (em inglês). Deep-focus.com. 7 de janeiro de 2004. Consultado em 7 de outubro de 2008. 
  9. «Cannes Film Festival 2006 Official Juries». Go France (em inglês). Gofrance.about.com. 7 de outubro de 2008. Consultado em 7 de outubro de 2008. 
  10. Lewis, Leo (28 de junho de 2007). «Harry Potter and the Order of the Phoenix: the first review» (em inglês). Times Online. Consultado em 13 de julho de 2007. 
  11. Daly, Steve (13 de julho de 2007). «Helena Bonham Carter Gets Wicked» (em inglês). Entertainment Weekly. Consultado em 13 de julho de 2007. 
  12. «Helena Bonham Carter Set to Play Mrs. Lovett in Sweeney Todd Film». Broadway.com. 18 de outubro de 2006. Consultado em 13 de julho de 2007. 
  13. «Terminator 4 Gets Helena Bonham Carter!». ScreenRant. 1 de julho de 2008. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Helena Bonham Carter