Janelle Monáe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Janelle Monáe
Janellemonae (300dpi).jpg
Janelle em 2009
Informação geral
Nascimento 1 de dezembro de 1985 (32 anos)
Origem Kansas
País  Estados Unidos
Gênero(s) R&B, soul psicodélico, funk, art rock
Instrumento(s) Voz
Afiliação(ões) Prince, Diddy
Página oficial jmonae.com

Janelle Monáe Robinson (Kansas, 1 de Dezembro de 1985), conhecida apenas como Janelle Monáe, é uma cantora, compositora, bailarina e atriz norte-americana.

Em 2008, lançou Metropolis: Suite I (The Chase). O EP foi bem recebido pela crítica, dando a Monáe uma nomeação para o Grammy de Best Urban/Alternative Performance (Melhor Performance Urban/Alternative), pelo single "Many Moons", em 2009.[1] Monáe recebeu mais cinco nomeações para o Grammy Awards: em 2011, de novo para Best Urban/Alternative Performance, pelo single "Tightrope", e para Best Contemporary R&B Album (Melhor Álbum de R&B Contemporâneo), e em 2013, pela sua participação no single "We Are Young", da banda Fun. "We Are Young" foi nomeado para Album of The Year (Melhor Álbum do Ano), Record of the Year (Melhor Gravação do Ano) e Best Pop Duo/Group Performance (Melhor Performance Pop Por Uma Dupla ou Um Grupo).

A nível pessoal, em 2018 a artista assumiu que se identifica tanto com aspectos da bissexualidade como da pansexualidade.[2]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

  • 2005 "Peachtree Blues"
  • 2006 "Lettin' Go"
  • 2007 "Violet Stars Happy Hunting!"
  • 2008 "Sincerely, Jane"
  • 2008 "Many Moons"
  • 2009 "Come Alive (The War of the Roses)"
  • 2010 "Tightrope" (featuring Big Boi)[3]
  • 2010 "Cold War"
  • 2011 "Q.u.e.e.n
  • 2012 "Dance Apocalyptic"
  • 2012 "Electric Lady"
  • 2015 "Yoga"
  • 2018 "Django Jane"
  • 2018 "Make Me Feel"
  • 2018 "PINK"
  • 2018 "I Like That"

Colaborações[editar | editar código-fonte]

Digressões e concertos[editar | editar código-fonte]

Em Portugal[editar | editar código-fonte]

Janelle Monae. Made in america 2012. September 2012. Philadelphia.

Actuou em Lisboa no Teatro Tivoli a 4 de Dezembro de 2010[7] e em 2011 fez parte do cartaz do Sudoeste TMN. Em 2013 atuou no Meo Sudoeste, no dia 9 de Agosto de 2013.[8]

Voltou a atuar em Portugal no dia 20 de Agosto de 2014, no festival Vodafone Paredes de Coura.

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Janelle Monáe apresentou-se em Janeiro de 2011 no Brasil, precedendo Amy Winehouse em Jurerê, (Florianópolis),[9]em São Paulo, no Summer Soul Festival (Arenha Anhembi), no Recife e no Rio de Janeiro.

Em Setembro de 2011 regressou ao Rio de Janeiro, para o Rock in Rio IV.

Referências

  1. «Janelle Monáe Interview». Grammy blog. Consultado em 12 de Agosto de 2010. 
  2. «Janelle Monáe revela a sua orientação sexual: "Já namorei com homens e com mulheres"». Blitz. 26 de abril de 2018. Consultado em 26 de abril de 2018. 
  3. http://www.jmonae.com/
  4. [www.ofmontreal.net/ «of Montreal»] Verifique valor |URL= (ajuda) 
  5. «Janelle Monáe, Fun featured in Chevy Sonic Super Bowl commercial 2012 (video)». Examiner. Consultado em 10 de abril de 2012. 
  6. «Estelle - Do My Thing Feat Janelle Monáe». SoundCloud. Consultado em 10 de abril de 2012. 
  7. «O dia em que Janelle Monáe tomou Lisboa». Público (jornal). Consultado em 10 de abril de 2012. 
  8. «O Janelle Monáe vai regressar ao Sudoeste». Público (jornal). Consultado em 10 de agosto de 2013. 
  9. amy-show-impecavel Yahoo notícias

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Janelle Monáe