Jeremy Northam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Jeremy Northam
Nome completo Jeremy Philip Northam
Nascimento 1 de dezembro de 1961 (59 anos)
Cambridge, Cambridgeshire, Inglaterra
Ocupação Ator
Atividade 1987–presente
Cônjuge Liz Moro (até 2009)

Jeremy Philip Northam (Cambridge, 1 de Dezembro de 1961), é um ator britânico. Atuou em diversos filmes e séries de TV, com destaque para o longa Amistad, The Tudors, onde foi Thomas More e recentemente na série exclusiva da Netflix, The Crown, no papel de Anthony Eden.[1]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Nascido em Cambridge, Jeremy é o mais novo de quatro irmãos. Sua mãe, Rachel Howard, era ceramista e professora de economia e seu pai, John Northam, era professor de literatura e teatro. Jeremy estudou no Bedford College, da Universidade de Londres, com bacharelado em Artes.[2] Cursou a escola de teatro da Bristol Old Vic Theatre School. Foi casado com a maquiadora Liz Moro, de 2005 até o divórcio do casal, em 2009.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Um de seus papéis de destaque foi no Royal National Theatre, onde substituiu Daniel Day-Lewis no papel de Hamlet (1989). Foi agraciado com o Olivier Award em 1990 por sua performance em The Voysey Inheritance.[1] Sua estreia nos cinemas dos Estados Unidos foi ao lado de Sandra Bullock no filme A Rede, de 1995. O ator também empresta sua voz para a gravação de audiobooks e games.[1]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d Film Reference (ed.). «Jeremy Northam Biography (1961-)». Film Reference. Consultado em 6 de abril de 2017 
  2. «Notable Alumni», Royal Holloway College, University of London, RHC website, consultado em 31 de maio de 2013 


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.