Thandiwe Newton

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Thandiwe Newton
Na Comic-Con 2019 (San Diego)
Nome completo Melanie Thandiwe Newton
Nascimento 6 de novembro de 1972 (48 anos)
Londres
Nacionalidade britânica
Ocupação Atriz
Cônjuge Ol Parker (1998-presente)
Emmys
Melhor Atriz Coadjuvante em Série Dramática
2018 – Westworld
Prémios Screen Actors Guild
Melhor Elenco em Cinema
2006 – Crash
Prémios BAFTA
Melhor Atriz Coadjuvante
2006 – Crash
Prémios Critics' Choice
Melhor Atriz Coadjuvante em Série Dramática
2016 – Westworld
2019 – Westworld
Melhor Elenco
2006 – Crash

Melanie Thandiwe Newton OBE (Londres, 6 de novembro de 1972), previamente conhecida por Thandie Newton, é uma atriz britânica, mais conhecida por seus papéis como Christine no filme Crash (2004), pelo qual recebeu vários prêmios, incluindo o BAFTA de Melhor Atriz Coadjuvante,[1] e como Maeve Millay na série de televisão Westworld da HBO,[2] papel que lhe rendeu o Emmy de Melhor Atriz Coadjuvante em Série Dramática.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Thandiwe Newton nasceu em Londres. Ela é filha de Nyasha, que é de Zimbabwe e seu pai é um trabalhador da saúde da tribo Shona, Nick Newton, britânico que trabalhou como técnico de laboratório. Ela viveu na Zâmbia até que o descontentamento político fez com que sua família voltasse para o Reino Unido. Ela então viveu em Cornwall no sudoeste da Grã-Bretanha até os 11 anos de idade.[3] Desde sempre, ela afirma que não se encaixava, uma vez que ela era uma "garota negra ateia em uma escola de freiras".[4]

Naquela época, ela se matriculou na Escola de Arte de Londres, onde estudou dança moderna. No entanto, uma lesão nas costas a forçou a parar de dançar. Isso levou a sua audição para filmes e recebendo seu primeiro papel em Flertando - Aprendendo a Viver (1991) de John Duigan. Ela então se mudou para Los Angeles, Califórnia, para correr atrás de seu sonho de ser atriz e de seu então namorado.

Seu sotaque britânico limitou a quantidade de trabalho que ela estava recebendo, e ela voltou para a Grã-Bretanha, onde foi para a Universidade de Cambridge para estudar, eventualmente recebendo um diploma em antropologia. Entre os semestres, ela continuou sua atuação e tornou-se notada em audições para papeis futuros.

Foi nomeada oficial da Ordem do Império Britânico (OBE) nas honras de Ano Novo de 2019 por serviços prestados ao cinema e caridade.[5]

O nome Thandiwe significa "amada" na Língua xona. Por um descaso, a letra w foi excluída do seu primeiro crédito profissional, a tornando "Thandie" pelas primeiras três décadas da sua carreira. Em uma entrevista em 2021, a atriz anunciou que decidiu reivindicar seu próprio nome e usar sua ortografia correta em diante.[6]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]