Mia Farrow

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mia Farrow
Mia Farrow em 2018.
Nome completo Maria de Lourdes Villiers Farrow
Nascimento 9 de fevereiro de 1945 (74 anos)
Los Angeles, CA
 Estados Unidos
Ocupação Atriz, cantora
Cônjuge Frank Sinatra (19661968)
André Previn (1970 - 1979)
Woody Allen (1980 - 1992)
Globos de Ouro
Melhor Atriz Revelação do Ano
1965 - Guns at Batasi
Prémios National Board of Review
Melhor Atriz
1990 - Alice
Outros prêmios
David di Donatello de Melhor Atriz Estrangeira
1969 - Rosemary's Baby
Página oficial
Mia Farrow em 1980

Mia Farrow, nome artístico de Maria de Lourdes Villiers Farrow (Los Angeles, 9 de fevereiro de 1945) é uma atriz norte-americana.

A atriz e Frank Sinatra casaram-se em 1966. Na época, Mia tinha 21 anos e Frank 50. Divorciaram-se dois anos depois, porque Farrow recusou participar de um filme com Sinatra para fazer o filme de terror Rosemary's Baby, o que a tornou conhecida. Em 2013, a atriz confessou que apesar do casamento com Sinatra ter durado apenas dois anos, o amor continuou. Revelou também que Ronan, fruto do seu relacionamento com Woody Allen, poderia não ser filho do realizador, mas sim do cantor.[1]

Quando se separou de Frank Sinatra, foi viver em casa de Dory Prévin, a sua maior amiga, casada com o músico André Previn, do qual Mia engravidou, provocando o divórcio do casal e a institucionalização de Dory. Depois do divórcio, Mia Farrow casou com André Prévin.

Nunca foi casada com Woody Allen, apesar do namoro ter durado 12 anos, e ter atuado em vários de seus filmes. O ex-casal, que nunca viveu junto, teve uma das mais midiáticas separações, pois a atriz descobriu que Allen mantinha um relacionamento com a filha que havia adotado junto com seu marido anterior, André Prévin, Soon-Yi Previn, com quem Allen posteriormente se casou.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Quatro indicações ao Globo de Ouro na categoria de melhor atriz - comédia / musical, por John and Mary (1969), Broadway Danny Rose (1984), A Rosa Púrpura do Cairo (1985) e Simplesmente Alice (1990).
  • Uma indicação ao Globo de Ouro na categoria dde melhor atriz - drama, por O Bebê de Rosemary (1968).
  • Uma indicação ao Globo de Ouro na categoria de melhor atriz - minissérie / filme para a TV, por Momentos Esquecidos (1999).
  • Cinco indicações ao BAFTA na categoria de melhor atriz, por John and Mary (1969), Secret Ceremony (1968), O Bebê de Rosemary (1968), A Rosa Púrpura do Cairo (1985) e Hannah e Suas Irmãs (1986).
  • Uma indicação ao Framboesa de Ouro na categoria de pior atriz, por Sonhos Eróticos de uma Noite de Verão (1982).
  • Série "Peyton place" (A Caldeira do diabo), 1964-169, interpretando " Allison Mackenzie"

Engajamento humanitário[editar | editar código-fonte]

Em 2000 Mia Farrow foi nomeada embaixadora da boa vontade da UNICEF. Nessa função ela lutou principalmente para a erradicação da poliomielite. Em 2001 a atriz viajou para a Nigéria e em 2010 para o Chade para promover campanhas de vacinação de larga escala.

Outras viagens a levaram desde 2004 à região de Darfur, envolta em crise, para conscientizar as pessoas da situação dos refugiados sudaneses e do sofrimento das pessoas do local. Em junho de 2006 foi acompanhada pelo filho Ronan. A seguir ambos foram a Berlim e prestigiaram a exposição dos United Buddy Bears[2][3] como parte de um evento beneficente e de ajuda prestada pela Unicef ao Sudão.

Notas[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Mia Farrow
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mia Farrow

Referências