Rosemary's Baby

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2016). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para o livro, veja Rosemary's Baby (livro). Para o episódio de 30 Rock, veja Rosemary's Baby (30 Rock).
Rosemary's Baby
A Semente do Diabo (PT)
O Bebê de Rosemary (BR)
 Estados Unidos
1968 •  cor •  136 min 
Direção Roman Polanski
Produção William Castle
Roteiro Roman Polanski
Baseado em Rosemary's Baby
(livro de Ira Levin)
Elenco Mia Farrow
John Cassavetes
Ruth Gordon
Sidney Blackmer
Género Terror
Terror psicológico
Drama
Música Krzysztof Komeda
Cinematografia William A. Fraker
Edição Sam O'Steen
Bob Wyman
Distribuição Paramount Pictures
Lançamento Estados Unidos 12 de junho de 1968
Brasil 21 de maio de 1969
Idioma inglês
Orçamento US$ 3.2 milhões
Receita US$ 33 395 426[1]
Página no IMDb (em inglês)

Rosemary's Baby (O Bebê de Rosemary (título no Brasil) ou A Semente do Diabo (título em Portugal)) é um filme estadunidense de 1968, do gênero terror, dirigido por Roman Polanski.

O roteiro, escrito por Roman Polanski, é baseado no romance homônimo de Ira Levin, publicado em 1967. É considerado um clássico dos filmes de terror da década de 1960.

Teve uma sequencia feita para a televisão em 1976 chamada Look What's Happened to Rosemary's Baby também com Ruth Gordon e Ray Milland.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Em 1965, Rosemary Woodhouse (Mia Farrow), uma jovem dona de casa brilhante, mas um tanto ingênua, e Guy (John Cassavetes), o marido e um ator em busca de emprego, se mudam para Bramford, um opulento, mas antiquada edifício de apartamentos em New York City. O casal descobre com o gerente do edifício, Sr. Nicklas (Elisha Cook), que a sua nova residência foi habitada previamente pela Sra Gardenia, uma mulher idosa que aparentemente tinha ido senil. Guy também descobre um armário que esconde um armário simples, que contém nada além de um aspirador de pó e uma pilha de toalhas dobradas. Seu amigo Hutch (Maurice Evans) tenta dissuadi-los de tomar o apartamento, informando-os sobre um pouco da história em vez indecorosa do Bramford, mas implacável, Rosemary e Guy são atraídos para dentro do prédio. Rosemary encontra uma jovem mulher, Terry Gionoffrio (Angela Dorian), uma viciada em drogas em recuperação quais um casal de idosos, excêntrico no edifício, os Castevets, assumiram a partir da rua. Como Rosemary admira um colar de pingente que os Castevets deu a Terry, ela percebe o seu cheiro estranho. Voltando para casa uma noite, Guy e Rosemary descobrem que Terry jogou-se para a morte da janela do apartamento do sétimo andar os Castevets.

Rosemary e Guy rapidamente formam amizade com os Castevets, Minnie (Ruth Gordon) e Roman (Sidney Blackmer), a quem eles se conheceram na rua na noite do suicídio de Terry. Minnie convida o Woodhouses para jantar e eles relutantemente aceitam. Guy forma uma ligação com os Castevets. Minnie dá o pingente de Terry para Rosemary, dizendo-lhe que é que traz boa sorte o charme e o cheiro estranho que é de uma planta chamada "root tannis." Mais tarde, Guy consegue um papel numa peça quando o ator que foi originalmente lançado de repente e inexplicavelmente fica cego. Guy sugere que ele e Rosemary tenha um bebê. Na noite que planejam engravidar, Minnie traz copos individuais de mousse de chocolate. Rosemary encontra undertaste calcários e sub-repticiamente e joga fora depois de alguns bocados. Rosemary desmaia e experimenta o que ela percebe ser um estranho sonho no qual ela é estuprada por uma forte presença demoníaca de Guy, os Castevets, e outros inquilinos de Bramford. Quando ela acorda, ela encontra arranhões em seu corpo. Guy diz a ela que ele teve relações sexuais com ela enquanto ela estava inconsciente, porque ele não queria deixar passar o momento para ela engravidar.

Rosemary descobre que ela está grávida e é devido em 28 de junho de 1966. Ela pretende receber cuidados obstétricos do Dr. Hill (Charles Grodin), que é recomendado a ela por seu amigo Elise (Emmaline Henry). No entanto, os Castevets insistem que ela veja o seu bom amigo, o Dr. Abraham Sapirstein (Ralph Bellamy), que diz que Minnie vai fazer Rosemary uma bebida diária que é mais saudável do que os comprimidos usuais vitamínicos. Para os três primeiros meses de gravidez, Rosemary sofre dores abdominais graves, perde peso, torna-se muito pálido, e anseia por carne crua e fígado de galinha. Dr. Sapirstein insiste que a dor vai diminuir em breve, e garante que ela não tem nada para se preocupar. Quando Hutch vê aparência esquelética de Rosemary e ouve que ela está sendo alimentada a raiz misteriosa de tannis, ele fica perturbado o suficiente para fazer alguma pesquisa. Antes que ele possa dizer Rosemary suas descobertas, ele misteriosamente entra em coma. Rosemary detém uma festa para alguns amigos, alguns dos quais aconselhá-la a ter-se verificado por Dr. Hill, porque a dor que ela está sentindo pode ser um aviso de que algo está errado. Rosemary diz a Guy seu plano para ver o Dr. Hill, o que irrita Guy. No entanto, a dor abdominal, de repente desaparece. saúde e aparência de Rosemary também melhora rapidamente, e ela e Guy estão finalmente felizes mais uma vez.

Três meses depois, Hutch morre. Ele deixa Rosemary um livro sobre bruxaria e é entregue a ela em seu funeral, juntamente com a mensagem enigmática: "O nome é um anagrama". Rosemary deduz que Roman Castevet é realmente Steven Marcato, filho de um ex-residente do Bramford que foi acusado de ser um satanista. Rosemary suspeita seus vizinhos e Dr. Sapirstein fazem parte de um culto com desenhos sinistros para seu bebê, e que Guy está cooperando com eles em troca de ajuda no avanço da sua carreira de ator. Rosemary torna-se cada vez mais perturbada e compartilha seus temores e suspeitas com Dr. Hill, que assumindo que ela é delirante, chama o Dr. Sapirstein e Guy. Eles dizem que se ela cooperar, nem ela nem o bebê vão ser prejudicados. Os dois homens trazem Rosemary para casa, onde ela escapa deles brevemente. Apesar de Rosemary prendê-los para fora, eles entram no quarto. Rosemary entra em trabalho de parto e está sedada pelo Dr. Sapirstein. Quando ela acorda, é dito que o bebê morreu.

No armário do corredor, Rosemary descobre uma porta secreta que leva para o apartamento do Castevet e ouve gritos de um bebê, revelando que seu filho está vivo. Em seguida, ela encontra uma congregação formada por inquilinos do edifício, bem como Dr. Sapirstein, reunidos em torno de seu filho recém-nascido. Quando Rosemary puxa para trás as cortinas do berço, ela fica horrorizada com a visão de dois olhos demoníacos brilhando em vermelho e olhando para ela. É dito para Rosemary que Guy não é o pai do bebê e que o bebê, chamado Adrian, é na verdade a semente de Satanás. Isto horroriza Rosemary. Guy tenta se desculpar com Rosemary e explicar a ela que eles vão estar recebendo muito em troca disto, como riqueza e fama, e que eles poderiam apenas fazer outro bebê. Rosemary responde por cuspir no rosto de Guy. Minnie diz para Rosemary que ela deve ser honrada e que ela era a escolhida. Roman pede a ela para se tornar uma mãe para seu filho, e garante que ela não tem que juntar o culto, se ela não quiser. Ela ajusta cobertores de seu filho e gentilmente coloca em seu berço com um pequeno sorriso no rosto.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Sequência e refilmagem[editar | editar código-fonte]

No telefilme de 1976, Look What's Happened to Rosemary's Baby, Patty Duke estrelou como Rosemary Woodhouse e Ruth Gordon reprisou seu papel de Minnie Castevet. O filme apresentou Andrew/Adrian tentando ganhar o seu lugar como o Anticristo. Não agradou como uma sequela os críticos e espectadores, e sua reputação deteriorou-se ao longo dos anos.

Um remake de Rosemary's Baby foi brevemente considerado em 2008. Os produtores destinadas foram Michael Bay, Andrew Form e Brad Fuller.[2]

Em janeiro de 2014, a NBC fez uma minissérie de quatro horas com Zoe Saldana como Rosemary. A minissérie foi filmado em Paris com a direção feita por Agnieszka Holland.[3]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o

Oscar 1969 (EUA)

BAFTA 1970 (Reino Unido)

  • Indicado na categoria de melhor atriz (Mia Farrow).

Prêmio David di Donatello 1969 (Itália)

  • Venceu na categoria de melhor atriz estrangeira (Mia Farrow).
  • Indicado na categoria de melhor diretor estrangeiro (Roman Polański).

Globo de Ouro 1969 (EUA)

  • Venceu na categoria de melhor atriz coadjuvante (Ruth Gordon).
  • Indicado nas categorias de melhor atriz de cinema - drama (Mia Frrow), melhor trilha sonora (Krzysztof Komeda) e melhor roteiro (Roman Polanski).

Referências

  1. «Rosemary's Baby, Box Office Information». The Numbers (em inglês). Consultado em 28 de fevereiro de 2016. 
  2. «Rosemary's Baby Remake Confirmed». CinemaBlend (em inglês). Consultado em 29 de fevereiro de 2016. 
  3. Andreeva, Nellie (8 de janeiro de 2014). «Zoe Saldana To Topline NBC Miniseries ‘Rosemary’s Baby’». DeadLine (em inglês). Consultado em 29 de fevereiro de 2016. 
  4. «41st Academy Awards Winners - Oscar Legacy» (em inglês). Consultado em novembro de 2013. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]