Judy Davis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Judy Davis
Nome completo Judy Davis[1]
Nascimento 23 de abril de 1955 (66 anos)
Perth, Austrália
Nacionalidade australiana
Ocupação Atriz
Emmys
Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme
2001 - Life with Judy Garland: Me and My Shadows
Melhor Atriz Coadjuvante em Minissérie ou Telefilme
1995 - Serving in Silence: The Margarethe Cammermeyer Story
2007 - The Starter Wife
Globos de Ouro
Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme
1992 - One Against the Wind
2002 - Life with Judy Garland: Me and My Shadows
Prémios Screen Actors Guild
Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme
2002 - Life with Judy Garland: Me and My Shadows
Prémios BAFTA
Melhor Atriz
1980 - My Brilliant Career
Melhor Atriz Promissora
1980 - My Brilliant Career
Prémios National Board of Review
Melhor Atriz Coadjuvante
1992 - Husbands and Wives

Judy Davis[2] (Perth, 23 de abril de 1955) é uma atriz australiana. Com uma carreira de mais de 40 anos, ela é elogiada por sua versatilidade e é considerada uma das melhores atrizes de sua geração. Davis já recebeu vários prêmios, incluindo oito AACTA Awards, três Emmy Awards, dois BAFTA Awards e dois Globos de Ouro, além de duas indicações ao Oscar.

Ela se formou em 1977 no Instituto Nacional de Arte Dramática da Austrália, onde estrelou ao lado de Mel Gibson em Romeu e Julieta. A maior parte do trabalho teatral de Davis foi em seu país de origem, e incluem Visions (1979), Piaf (1980), Miss Julie (1983), King Lear (1984), Hedda Gabler (1986), Victory (2004) e The Seagull (2011), mas ela também estrelou produções britânicas como em Insignificance de 1982, pelo qual foi indicada para o Laurence Olivier Award de melhor atriz, e na produção de Hapgood (1989) em Los Angeles. Retornou ao Instituto Nacional de Arte Dramática em 2017 para dirigir a peça Love and Money.

Ela ganhou o BAFTA de melhor atriz em cinema e melhor ator estreante pelo filme As Quatro Irmãs (1979), dois AACTA Awards como melhor atriz por Winter of Our Dreams (1981) e atriz coadjuvante por Hoodwink (1981), e mais tarde recebeu indicações ao Oscar por Passagem para a Índia (1984) e Maridos e esposas (1992). Isso a tornou a primeira australiana a receber indicações em ambas as categorias de atuação e a quarta a receber uma indicação ao prêmio. Seus outros papéis no cinema incluem High Rolling (1977), A Invasão dos Cães de Guerra (1982), Heatwave (1983), Em Busca do Passado (1987), Georgia (1988), Simplesmente Alice (1990), George e Frederic (1991), Barton Fink - Delírios de Hollywood (1991), Dark Blood (1993), Poder Absoluto (1997), Desconstruindo Harry (1997), Celebridades (1998), Castigo Divino (2001), Separados pelo Casamento (2006), Anne d'Arpajon em Marie Antoinette (2006), The Eye of the Storm (2011), Para Roma com Amor (2012), Uma Viagem Extraordinária (2013) e A Vingança Está na Moda (2015).

Por seu trabalho na televisão, Davis ganhou o Emmy Award por Servindo em Silêncio (1995), por interpretar Judy Garland em A Vida com Judy Garland: Eu e Minhas Sombras (2001) e A Ex (2007)[3] e o Globo de Ouro de melhor atriz em minissérie ou telefilme por A Vida com Judy Garland: Eu e Minhas Sombras e Correndo contra o Vento (1991).[4] Seus outros papéis na TV incluem Water Under the Bridge (1980), A Woman Called Golda (1982), Dias Melhores Virão (1999), Nancy Reagan em The Reagans (2003), De Costa a Costa (2003), Sante Kimes em A Little Thing Called Murder (2006), Page Eight (2011), Hedda Hopper em Feud: Bette and Joan (2017), Mystery Road (2018) e Ratched (2020).[5]

Filmografia selecionada[editar | editar código-fonte]

Principais prêmios[editar | editar código-fonte]

Oscar
  • Recebeu uma indicação em 1984, na categoria de Melhor Atriz, por sua atuação em Passagem para a Índia e em 1992, na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante, por sua atuação em Maridos e Esposas.
Globo de Ouro
  • Recebeu uma indicação em 1992, na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante, por sua atuação em Maridos e Esposas
  • Recebeu quatro indicações na categoria de Melhor Atriz em Minissérie / Filme para televisão, por suas atuações em Correndo Contra o Tempo, em 1991; Dash and Lily, em 1999; A Vida com Judy Garland, em 2001; e The Reagans, em 2003; tendo vencido em 1991 e 2001.
  • Recebeu uma indicação na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante em Minissérie / Filme para televisão, por sua atuação em Servindo em Silêncio, em 1995.
BAFTA
  • Recebeu duas indicações na categoria de Melhor Atriz, por suas atuações em My Brilliant Career, em 1979; e por Maridos e Esposas, em 1992; venceu em 1979.
  • Venceu na categoria de Melhor Revelação por My Brilliant Career, em 1979.
Independent Spirit Awards
  • Venceu na categoria de Melhor Atriz por George e Frederic, em 1991.

Referências

  1. «Colin Friels biography». Internet Movie Database. Imdb.com 
  2. Ryan Gilbey (25 de abril de 2013). «Judy Davis: 'I never wanted celebrity'». The Guardian (em inglês). Guardian.co.uk. Consultado em 2 de maio de 2013 
  3. «Judy Davis - Emmy Awards, Nominations and Wins» (em inglês). Television Academy. Consultado em 13 de março de 2021 
  4. «Judy Davis» (em inglês). Hollywood Foreign Press Assocation. Consultado em 13 de março de 2021 
  5. «RATCHED SPEAKS! SARAH PAULSON AND JUDY DAVIS DISCUSS NEW NETFLIX SHOW» (em inglês). NBC Palm Springs. 17 de setembro de 2020. Consultado em 13 de março de 2021 
  6. «Último filme de River Phoenix estreará 19 anos após sua morte». G1 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.