Drew Barrymore

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Drew Barrymore
Drew Barrymore no Festival de Berlim em 2014, durante a estréia do filme Blended.
Nome completo Drew Blyth Barrymore
Nascimento 22 de fevereiro de 1975 (43 anos)
Culver City, Califórnia, EUA
Nacionalidade norte-americana
Ocupação Atriz, Produtora e Diretora
Atividade 1978-presente
Progenitores Mãe: Jaid Barrymore
Pai: John Drew Barrymore
Cônjuge Jeremy Thomas (1994-1995)
Tom Green (2001-2002)
Will Kopelman (2012-2016)
Filho(s) 2
Globos de Ouro
Melhor Atriz - Minissérie ou Filme para TV
2009 - Grey Gardens
Prémios Screen Actors Guild
Melhor Atriz - Minissérie ou Filme para TV
2009 - Grey Gardens
Outros prêmios
Prêmio Saturno de Melhor Atriz em cinema
1999 - Ever After
Página oficial
IMDb: (inglês)

Drew Blyth Barrymore (Culver City, 22 de fevereiro de 1975) é uma atriz, produtora e diretora norte-americana. Integrante mais jovem da célebre família Barrymore, apareceu pela primeira vez em um anúncio quando tinha onze meses de vida. Barrymore fez sua estreia no filme Altered States (br: Viagens Alucinantes), em 1980. Em seguida, estrelou no papel de "Gertie" no filme E.T. the Extra-Terrestrial (br: E.T.- O Extraterrestre). Ela se tornou rapidamente uma das mais conhecidas atrizes-mirins de Hollywood, passando a estabelecer-se principalmente em papéis cômicos.

Após uma infância turbulenta, que foi marcada pelo abuso de álcool e drogas e duas internações em clínicas de reabilitação, Barrymore escreveu a autobiografia, Little Girl Lost, em 1990. Ela fez com sucesso a transição de estrela mirim, para atriz adulto com uma série de filmes, incluindo os mal sucedidos Poison Ivy (br: Relação Indecente), Bad Girls (br: Quatro Mulheres e um Destino), Boys on the Side (br: Somente Elas), e Everyone Says I Love You (br: Todos Dizem Eu te Amo). Posteriormente, ela estabeleceu-se em comédias românticas como The Wedding Singer (br: Afinado no Amor).

Em 1995 ela e a sócia Nancy Juvonen formaram a produtora Flower Films, a sua primeira produção foi o filme Never Been Kissed (br: Nunca Fui Beijada), de 1999, filme este estrelado por Barrymore. A Flower Films passou a produzir os filmes de Barrymore incluindo Charlie's Angels: The Movie (br: As Panteras / pt: Anjos de Charlie), 50 First Dates (br: Como Se Fosse a Primeira Vez) e Music and Lyrics (br: Letra e Música), bem como o filme cult Donnie Darko. Os mais recentes projetos de Barrymore incluem He's Just Not That Into You (br: Ele Não Está Tão a Fim de Você), Beverly Hills Chihuahua (br: Perdido Pra Cachorro), e Everybody's Fine. Drew ganhou uma estrela na Calçada da Fama em Hollywood, e apareceu em 2007 na capa da revista People como uma das "100 pessoas mais bonitas do mundo".

Barrymore foi nomeada "Embaixadora Contra a Fome" para o Programa Alimentar Mundial (PAM) das Nações Unidas. Desde então, ela doou mais de $1 milhão para o programa. Em 2007, ela se tornou tanto a mais nova modelo da CoverGirl, quanto porta-voz para os cosméticos e o novo rosto da mais recente linha de joias da Gucci.

Em 2010 Drew ganhou o Prêmio do Screen Actors Guild e o Globo de Ouro de melhor atriz em minissérie ou filme para a televisão por sua interpretação de Pequena Edie em Grey Gardens.

Desde 2017, Drew protagoniza a série original Netflix Santa Clarita Diet.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Barrymore em fevereiro de 2009.

Barrymore nasceu em Culver City, Califórnia, filha do ator norte-americano John Drew Barrymore e Ildikó Jaid Barrymore,[1][2] uma aspirante a atriz que nasceu em um campo de concentração para húngaros em Brannenburg, Alemanha Ocidental durante a Segunda Guerra Mundial. Barrymore é de ascendência irlandesa por parte de pai, através de um antepassado, o ator Maurice Costello. Seus pais se divorciaram quando Drew nasceu.[1] Ela tem um meio-irmão John Blyth Barrymore,[3] também ator, e duas meias-irmãs, Blyth Dolores Barrymore e Brahma (Jessica) Blyth Barrymore.

Barrymore nasceu em uma família de atores: seus bisavós Maurice Barrymore e Georgie Drew Barrymore, Maurice Costello e Mae Costello[4] e seus avós John Barrymore (Grande Hotel, 1932) e Dolores Costello;[4] John Barrymore foi indiscutivelmente o mais aclamado ator de sua geração. Ela é sobrinha-neta de Lionel Barrymore (A Felicidade Não Se Compra, 1946), Ethel Barrymore (Apenas um Coração Solitário, 1944) e Helene Costello,[5] tataraneta de John Drew e da atriz Louisa Lane Drew, e a sobrinha-neta do ator/diretor/escritor de filmes mudos Sidney Drew.[6] Ela também é afilhada do diretor Steven Spielberg[7] e da atriz Sophia Loren.[8]

Seu primeiro nome, Drew, foi uma homenagem ao nome de solteira de sua bisavó paterna, Georgie Drew Barrymore, seu nome do meio, Blyth, era o sobrenome original da dinastia fundada por seu bisavô, Maurice Barrymore.[7]

Barrymore iniciou sua carreira quando fez um teste para um comercial de alimentos canino aos onze meses de idade.[7] Durante o teste ela foi mordida pelo cão, co-estrela do comercial, os produtores com medo, acharam que ela fosse chorar, mas ela apenas riu, e foi contratada para o trabalho.[7] Drew fez sua estreia no filme Altered States (br: Viagens Alucinantes), de 1980, no qual fez um pequeno papel.[1] Um ano depois, ela conseguiu o papel de Gertie, a irmã mais nova de Elliott, em E.T. the Extra-Terrestrial (br: E.T. o Extraterrestre), de Steven Spielberg, filme que a fez famosa.[7] Ela recebeu uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Atriz (coadjuvante/secundária) em 1984 por seu papel em Irreconcilable Differences, no qual ela estrelou como Casey Brodsky.[7][9]

Na esteira dessa fama repentina, Barrymore teve uma infância notoriamente conturbada. Já era uma presença constante no famoso Studio 54, quando era apenas uma garotinha, fumava cigarros aos nove anos de idade, consumia álcool aos onze anos, fumava maconha aos doze, e cheirava cocaína aos treze.[1][7] Sua vida noturna e festas constantes se tornaram um tema popular na mídia.[1] Drew estava na reabilitação, aos treze anos.[1][7] A tentativa de suicídio aos catorze anos, a colocou de volta na reabilitação, seguido por uma estadia de três meses com o cantor David Crosby e sua esposa. Barrymore depois descreveu esse período da vida em sua autobiografia de 1990, Little Girl Lost. No ano seguinte, na sequência de uma petição judicial de sucesso para a emancipação juvenil, ela se mudou para seu próprio apartamento e nunca mais teve uma recaída.

Barrymore e Ellen Page em 2009.

Em sua adolescência, Barrymore forjou uma nova imagem ao interpretar uma adolescente sedutora e manipuladora em Poison Ivy (br: Relação Indecente), de 1992, que foi um fracasso de bilheteria, mas muito popular em vídeo e a cabo.[1][10] No mesmo ano, aos dezessete anos de idade, ela posou nua para a capa da edição de julho da revista Interview com seu então noivo, o ator Jamie Walters, assim como aparecia nua em fotos no interior da revista.[11] Em 1993 Barrymore ganhou uma segunda indicação ao Globo de Ouro pelo filme Guncrazy.[9] Barrymore posou nua para a edição de janeiro de 1995 da Playboy.[12][13] Steven Spielberg, que a dirigiu em E.T., deu-lhe uma colcha pelo seu vigésimo aniversário com uma nota que dizia: "Cubra-se",[7] e cópias de suas fotos da Playboy com as imagens alteradas pelo seu departamento de arte nas quais ela aparecia completamente vestida.[14] Barrymore iria aparecer nua em cinco de seus filmes durante este período. Durante uma aparição em 1995, no Late Show with David Letterman, Barrymore subiu na mesa de Letterman e mostrou os seios para ele, de costas para a câmera, em comemoração ao seu aniversário.[15] Drew foi modelo em uma série de anúncios do jeans Guess? durante este tempo.[16] Foi submetida à cirurgia de redução de mama em 1992, e disse sobre o assunto:

Estrela de Barrymore na Calçada da Fama.

Seu último sucesso foi Music and Lyrics (br: Letra e Música), com a participação de Hugh Grant e Haley Bennett.

Em Julho de 2016, Drew anunciou o divórcio de Will Kopelman após mais de 3 anos de casamento. Da união nasceram Olive e Frankie.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Aos 16 anos, em 1991, Barrymore ficou noiva de Leland Hayward, homônimo e neto do produtor de Hollywood Leland Hayward.[18] O noivado foi cancelado alguns meses depois.[19] Barrymore viveu com o músico e ator Jamie Walters de 1992 a 1993.[20]

Ela se casou com seu primeiro marido, Jeremy Thomas, proprietário de um bar de Los Angeles nascido em Gales, aos dezenove anos, em 20 de março de 1994. Ela pediu o divórcio dele menos de dois meses depois.

No final de 1994, Barrymore começou a namorar o guitarrista do Hole Eric Erlandson,[21] seguido pelo apresentador da MTV e comediante Tom Green em 1999; ela e Green estavam noivos em julho de 2000 e se casaram um ano depois. Juntos, eles estrelaram o filme de Charlie's Angels e a estréia do cinema de Green Freddy Got Fingered. Green pediu o divórcio em dezembro de 2001, que foi finalizado em 15 de outubro de 2002.[22][23]

Em 2002, ela começou a namorar o baterista do The Strokes, Fabrizio Moretti, pouco depois de se encontrarem em um show. Seu relacionamento durou cinco anos terminou em janeiro de 2007.[24] Ela começou a namorar Justin Long,[25] mas eles se separaram em julho de 2008.[26] Enquanto filmava Going the Distance, Barrymore e Long voltaram em 2009, mas se separaram novamente no ano seguinte.[27]

No início de 2011, Barrymore começou a namorar o consultor de arte Will Kopelman, filho do ex-CEO da Chanel Arie Kopelman.[28] O casal anunciou seu noivado em janeiro de 2012,[29][30] e casou-se em 2 de junho de 2012 em Montecito, Califórnia.[31] Quatro dias depois, a imagem do casamento do casal apareceu na capa da revista People.[32] Barrymore e Kopelman têm duas filhas: Olive Barrymore Kopelman (nascido em 2012)[33] e Frankie Barrymore Kopelman (nascido em 2014).[34] Em 2 de abril de 2016, Barrymore e Kopelman divulgaram um comunicado confirmando que haviam se separado e pretendiam se divorciar.[35] Em 15 de julho de 2016, Barrymore pediu oficialmente o divórcio, que foi finalizado em 3 de agosto de 2016.[36][37]

Barrymore disse em uma entrevista à Contact Music em 2003 que ela sempre se considerou bissexual.[38][39]

Barrymore é a madrinha de Kurt Cobain e da filha de Courtney Love, Frances Bean Cobain.[40]

Moda e imagem[editar | editar código-fonte]

Barrymore na estreia de 2009 do filme Whip It

Barrymore tornou-se modelo e porta-voz da CoverGirl Cosmetics em 2007.[41] Em fevereiro de 2015, ela permaneceu como um dos rostos da CoverGirl, ao lado de Queen Latifah e Taylor Swift. A empresa se associou a ela porque "ela emula a imagem icônica da CoverGirl com sua beleza natural, seu espírito energético e autêntico", disse Esi Eggleston Bracey, vice-presidente e gerente geral da CoverGirl Cosmetics North America. Ela trouxe não apenas sua personalidade para esse apoio, mas também seu lado criativo, pois ela também ajudou a criar os anúncios.[42] Ela foi a número 1 na lista anual de 100 pessoas mais bonitas da People em 2007.[43] Mais tarde, ela foi nomeada a nova cara para a linha de jóias Gucci.[44][45] Como modelo, Barrymore assinou um contrato com a IMG Models New York City. Ela também foi porta-voz da Crocs.

Ela lançou uma linha de moda feminina no outono de 2017 em conjunto com a Amazon.com chamada Dear Drew.[46] que contou com uma loja pop-up em Nova York, que abriu em novembro.

Outros trabalhos[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2007, Barrymore foi nomeada Embaixadora Contra a Fome para o Programa Alimentar Mundial da ONU.[47][48] e depois doou US$ 1 milhão para a causa.[49] Foi fotógrafa convidada de uma série de revistas chamada "They Shoot New York", ela apareceu na capa segurando uma câmera de filme Pentax K1000.[50] Ela expressou esperanças de expor seu trabalho em uma galeria um dia, como ela havia documentado a mais recente década de sua vida com uma câmera Pentax.[51]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Cinema
Ano Título original Título em português Papel Notas
1978 Suddenly, Love Bobbi Graham TV
1980 Bogie Leslie Bogart TV
Altered States br: Viagens Alucinantes Margaret Jessup
1982 E.T. the Extra-Terrestrial br: E.T. o Extraterrestre Gertie
1984 Firestarter br: Chamas da Vingança Charlene 'Charlie' McGee
Irreconcilable Differences br: Diferenças Irreconciliáveis Casey Brodsky
1985 Cat's Eye br: Olhos de Gato
Star Fairies Hillary Voz
1986 Babes in Toyland Lisa Piper TV
1987 A Conspiracy of Love Jody Woldarski TV
1989 See You in the Morning br: Te Vejo Amanhã Cathy Goodwin
Far from Home Joleen Cox
1991 Motorama Garota fantasiada
1992 Poison Ivy br: Relação Indecente Ivy
Waxwork II: Lost in Time Vítima do vampiro
Guncrazy Anita Minteer
Sketch Artist Daisy Drew TV
1993 Doppelganger Holly Gooding
The Amy Fisher Story Amy Fisher TV
No Place to Hide Tinsel Hanley
Wayne's World 2 br: Quanto Mais Idiota Melhor 2 Bjergen Kjergen
1994 Inside the Goldmine Daisy
Bad Girls br: Quatro Mulheres e um Destino Lilly Laronette
1995 Boys on the Side br: Somente Elas Holly Pulchik-Lincoln
Mad Love br: Amor Louco Casey Roberts
Batman Forever br: Batman Eternamente Sugar
1996 Everyone Says I Love You br: Todos Dizem Eu Te Amo Skylar Dandridge
Scream br: Pânico Casey Becker
1997 Wishful Thinking br: Coisas de Casais Lena
Best Men Hope
1998 The Wedding Singer br: Afinados no Amor Julia Sullivan
Ever After br: Para Sempre Cinderela Danielle De Barbarac
Home Fries br: Nosso Louco Amor Sally Jackson
1999 Never Been Kissed br/pt: Nunca Fui Beijada Josie Geller
Olive, the Other Reindeer Olive Voz
2000 Skipped Parts br: Adolescencia Perdida Garota fantasiada
Titan A. E. Akima Voz
Charlie's Angels br: As Panteras Dylan Sanders
2001 Donnie Darko Karen Pomeroy
Freddy Got Fingered br: Fora de Casa! Recepcionista de Davidson
Riding in Cars with Boys br: Os Garotos da Minha Vida Beverly Donofrio
2002 Confessions of a Dangerous Mind Confissões de uma Mente Perigosa Penny
2003 Charlie's Angels: Full Throttle br: As Panteras: Detonando Dylan Sanders / Helen Zaas
Duplex br: Duplex Nancy Kendricks
2004 50 First Dates br: Como Se Fosse a Primeira Vez Lucy Whitmore
2005 Fever Pitch br: Amor em Jogo Lindsey Meeks
2006 Curious George br: George, O Curioso Maggie Voz
2007 Music and Lyrics br: Letra e Música Sophie Fisher
Lucky You br: Bem-Vindo ao Jogo Billie Offer
2008 Beverly Hills Chihuahua br: Perdido Pra Cachorro Chloe Voz
2009 He's Just Not That Into You br: Ele Não Está Tão a Fim de Você Mary
Grey Gardens Edith Bouvier Beale TV
Whip It br: Garota Fantástica Smashley Simpson
Everybody's Fine br: Estamos Todos Bem Rosie
2010 Going the Distance br: Amor à Distância Erin
2012 Big Miracle br: Grande Milagre Rachel Kramer
2014 Blended br: Juntos e Misturados Lauren Reynolds
2015 Miss You Already br: Já Estou com Saudades Jess
Televisão
Ano Título Papel Episódios Notas
1985 ABC Weekend Specials Con Sawyer 1 episódio
1986 The Ray Bradbury Theater Heather Leary
1989 CBS Schoolbreak Special Susan
1992 2000 Malibu Road Lindsay Rule 6 episódios
2000 The Simpsons Sophie 1 episódio
2009-2010 Family Guy Jillian Russell (voz) 8 episódios
2016 Odd Mom Out Meredith Episode: "Knock of Shame"
2017-presente Santa Clarita Diet Sheila Hammond 20 episódios Produtora Executiva

Elenco principal[52]

Referências

  1. a b c d e f g «Drew Barrymore». Hello Magazine. Hellomagazine.com. Consultado em 2 de julho de 2008. 
  2. «Actor John D. Barrymore dies at 72». USA Today (em inglês). Usatoday.com. 29 de novembro de 2004. Consultado em 7 de setembro de 2008. 
  3. «Actor Barrymore attacked at home». Londres. BBC News (em inglês). 6 de maio de 2002. Consultado em 7 de setembro de 2008. 
  4. a b Stein Hoffman, Carol. The Barrymores: Hollywood's First Family. University Press of Kentucky, 2001. ISBN 0-8131-2213-9
  5. «The Costello Family» (em inglês). BarrymoreFamily.com 
  6. «The Drew family» (em inglês). BarrymoreFamily.com 
  7. a b c d e f g h i «Drew Barrymore». Inside the Actors Studio. Temporada 9. Episódio 910. 22 de junho de 2003. Bravo 
  8. James, Spencer (2 de dezembro de 2007). «Baby Booty». Londres. The Sunday Times (em inglês). Consultado em 23 de março de 2009. 
  9. a b «HFPA - Awards Search» (em inglês). Golden Globes. Consultado em 3 de julho de 2008. 
  10. Gleiberman, Owen (8 de maio de 1992). «Poison Ivy Review». Entertainment Weekly (em inglês). ew.com. Consultado em 25 de julho de 2008. 
  11. Hruska, Bronwen (14 de maio de 1999). «Summer Sneaks Drew, We Hardley Knew Ye The littlest Barrymore finally seems back on track in solid film roles. Though she's already lived several lives, her future looks bright. After all, she's only 20.». Los Angeles Times (em inglês). 5 páginas 
  12. Luscombe, Belinda (2 de outubro de 1995). «Ms. Barrymore, Super Groupie». Time (em inglês). Time.com. Consultado em 20 de julho de 2008. 
  13. Farley, Christopher John (27 de março de 1995). «Low Voltage, High Power». Time (em inglês). Time.com. Consultado em 20 de julho de 2008. 
  14. «The E! True Hollywood Story: Drew Barrymore». 28 de novembro de 2007. E!  Em falta ou vazio |series= (ajuda)
  15. «Drew Barrymore Biography». Revista People (em inglês). People.com. Consultado em 2 de julho de 2008. 
  16. Spindler, Amy M. (12 de setembro de 1993). «Trash Fash». New York Times (em inglês). Query.nytimes.com. Consultado em 3 de julho de 2008. 
  17. Mills, Nancy (9 de fevereiro de 1998). «Now, Drew Love! Hollywood's Wild Thing Has The Man - & Role - Of Her Dreams». New York Daily News (em inglês). Nydailynews.com. Consultado em 3 de julho de 2008. 
  18. Sporkin, Elizabeth (25 de fevereiro de 1991). «They'll Take Romance». People. 35 (7) 
  19. Kahn, Toby (14 de setembro de 1992). «Passages». People. 38 (11) 
  20. Archerd, Army (12 de novembro de 1992). «Barrymore takes 'Control' of Fisher role». Variety. Consultado em 15 de janeiro de 2009. 
  21. Mundy, Chris (15 de junho de 1995). «Drew Barrymore: Wild Thing». Rolling Stone. Consultado em 3 de maio de 2018. 
  22. Darst, Jeanne (18 de dezembro de 2001). «Tom Green Files for a Divorce from Drew». People. Consultado em 7 de setembro de 2008.. Arquivado do original em 5 de outubro de 2008 
  23. Silverman, Stephen M. (10 de junho de 2001). «Oops! Barrymore, Green Do It Again». People. Consultado em 7 de setembro de 2008.. Arquivado do original em 2 de dezembro de 2008 
  24. White, Nicholas (8 de fevereiro de 2007). «Drew Barrymore Says She's Loving Single Life». People. Consultado em 7 de setembro de 2008. 
  25. «Justin Long Takes Drew Barrymore Home to Meet the Parents». People. 28 de novembro de 2007. Consultado em 7 de setembro de 2008. 
  26. «Drew Barrymore and Justin Long end relationship». Fox News.com. 8 de junho de 2008. Consultado em 9 de setembro de 2008. 
  27. «Drew Barrymore, Justin Long Back Together ... for a Movie». Us Weekly. 31 de março de 2009. Consultado em 31 de março de 2009.. Cópia arquivada em 5 de maio de 2009 
  28. «Drew Barrymore Spotted with a New Guy». People. 24 de fevereiro de 2011. Consultado em 5 de dezembro de 2012. 
  29. Raftery, Liz; McNeil, Elizabeth (5 de janeiro de 2012). «Drew Barrymore Engaged to Will Kopelman». People. Consultado em 5 de janeiro de 2012. 
  30. Michaud, Sarah (5 de janeiro de 2012). «Drew Barrymore & Will Kopelman Share Engagement Photo». People. Consultado em 5 de janeiro de 2012. 
  31. Tauber, Michelle (2 de junho de 2012). «Drew Barrymore Weds Will Kopelman». People. Consultado em 2 de junho de 2012. 
  32. Triggs, Charlotte (6 de junho de 2012). «Drew Barrymore Gushes About Her 'Perfect' Wedding Day». People. Consultado em 7 de junho de 2012. 
  33. «Drew Barrymore Welcomes Daughter Olive». People. 1 de outubro de 2012. Consultado em 1 de outubro de 2012. 
  34. Leon, Anya; Jordan, Julie (22 de abril de 2014). «Drew Barrymore Welcomes Daughter Frankie». People. Consultado em 22 de abril de 2014. 
  35. Julie Jordan; Maria Mercedes Lara (4 de abril de 2016). «Drew Barrymore and Will Kopelman on Divorce: 'We Do Not Feel This Takes Away from Us Being a Family'». People. People.Com. Consultado em 1 de fevereiro de 2017. 
  36. Ross, Barbara (15 de julho de 2016). «Drew Barrymore files from divorce from husband Will Kopelman». nydailynews.com. NY Daily News. Consultado em 30 de julho de 2016. 
  37. «Drew Barrymore Officially Divorced From Will Kopelman». yahoo.com. 4 de agosto de 2016 
  38. «Drew Barrymore: 'I Am Bisexual'». Webcitation.org. Consultado em 2 de dezembro de 2013.. Arquivado do original em 27 de janeiro de 2013 
  39. Radice, Sophie (9 de maio de 2004). «When hello really means bi for now». The Guardian. UK. Consultado em 7 de setembro de 2008. 
  40. Kaufman, Gil (23 de setembro de 2011). «Nirvana Heiress Frances Bean Cobain: About A Girl». MTV. Consultado em 2 de outubro de 2012. 
  41. Critchell, Samantha (11 de abril de 2007). «Drew Barrymore Is Newest Covergirl Model». Washington Post. Consultado em 7 de setembro de 2008. 
  42. «Archived copy». Consultado em 5 de fevereiro de 2011.. Arquivado do original em 23 de fevereiro de 2011  Fashion section, Barrymore web site
  43. «Most Beautiful People 2007». People. Consultado em 7 de setembro de 2008. 
  44. La Ferla, Ruth (9 de março de 2008). «A Glossy Rehab for Tattered Careers». New York Times. Consultado em 20 de junho de 2008. 
  45. «Drew Barrymore Goes Bling». MTV. 5 de julho de 2007. Consultado em 7 de setembro de 2008. 
  46. «Drew Barrymore's Launching Her First Clothing Line With Amazon Fashion» 
  47. «Actress Drew Barrymore becomes advocate for UN World Food Programme». UN News Centre. 9 de maio de 2007. Consultado em 15 de maio de 2007. 
  48. «Drew Barrymore Becomes WFP Ambassador». Fox News. 11 de maio de 2007. Consultado em 7 de setembro de 2008. 
  49. «Actress Drew Barrymore donates $1 million to UN anti-hunger programme». UN News Centre. 3 de março de 2008. Consultado em 19 de março de 2008. 
  50. «NYC in pictures: They shoot New York». newyork.timeout.com. Arquivado do original em 11 de setembro de 2010 
  51. «Drew Barrymore: Les amours à distance c'est l'histoire de ma vie!». Elle (em francês). 19 de agosto de 2010. Consultado em 26 de novembro de 2010. 
  52. «Joel McHale is a non-zombie realtor in 'Santa Clarita Diet' season 2 first look». EW.com (em inglês). 16 de fevereiro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Categoria no Commons