Heliodora

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Heliodora (desambiguação).
Município de Heliodora
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 26 de dezembro
Fundação 26 de dezembro de 1948
Gentílico heliodorense
Prefeito(a) Alex Leopoldino de Lima (PRB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Heliodora
Localização de Heliodora em Minas Gerais
Heliodora está localizado em: Brasil
Heliodora
Localização de Heliodora no Brasil
22° 04' 01" S 45° 32' 31" O22° 04' 01" S 45° 32' 31" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Sul/Sudoeste de Minas IBGE/2008[1]
Microrregião Santa Rita do Sapucaí IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Lambari, Natércia, Careaçu, e São Gonçalo do Sapucaí.
Distância até a capital 358 km
Características geográficas
Área 153,884 km² [2]
População 6 120 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 39,77 hab./km²
Altitude 820 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,657 médio PNUD/2010[4]
PIB R$ 56 586,273 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 9 066,86 IBGE/2008[5]
Página oficial

Heliodora é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população estimada em 2011 era de 6.157 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Por volta de 1816 surge a Fazenda Santa Isabel dos Coqueiros de propriedade de Venceslau Rodrigues (sendo comprovante um registro feito na pág. 8 do 6º livro de óbitos de Campanha, relatando a morte da filha do referido fazendeiro). Muito mais tarde, em 1845 a fazenda foi dividida entre herdeiros e compradores. No entanto há registros da existência de outra fazenda chamada São Joaquim do Paraíso, do qual na sua partilha originou-se o patrimônio doado para o erguimento de uma capela. Em 1870 foi concluída a primeira capela de Santa Isabel, construída por Jose Vieira da Silva, Maximiano Gonçalves de Siqueira e Joaquim Bibiano Gonçalves. Figurando desde 1874, pela Lei Mineira Nº 2.084 de 24 de dezembro como distrito com a denominação de Santa Isabel (subordinado ao município de São Gonçalo do Sapucaí), Figura como Freguesia (paróquia) desde 1878 pela Lei Mineira de Nº 2.454, de 19 de outubro. o distrito de Santa Isabel passou a denominar-se Heliodora a partir de 1923, em homenagem a heroína da conjuração mineira Bárbara Heliodora Guilhermina da Silveira. Pela Lei nº 336, de 27 de dezembro de 1948 Heliodora é elevado à categoria de município, desmembrando-se de São Gonçalo do Sapucaí com o nome de Senador Lemos, em 1954 por lei municipal e força do povo o município volta a denominar-se Heliodora.[6][7]

Geografia[editar | editar código-fonte]

A cidade de Heliodora está localizada na região Sul do estado de Minas Gerais, possuindo posição privilegiada, pois está próxima às cidades de Lambari, São Lourenço, Caxambu, Cambuquira, Pouso Alegre e Varginha e é um local estratégico por se localizar nas proximidades da Rodovia Fernão Dias (BR-381), que liga São Paulo a Belo Horizonte. Sua região é rica em morros, possui clima tropical de altitude, tendo características de cidade serrana, caracterizada por dias quentes e noites frias.

Relevo[editar | editar código-fonte]

  • Serra das Águas ao norte;
  • Serra de Santa Catarina ao Sul;
  • Pico do Cucuruto a leste;

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

  • Ribeirão Santa Isabel - banha e abastece a cidade;
  • Ribeirão Vermelho;
  • Ribeirão Santa Quitéria;
  • Rio Areado;
  • Rio Turvo;

Bairros de Heliodora[editar | editar código-fonte]

Urbanos:

  • Vista Verde;
  • Nossa Senhora Aparecida;
  • Primavera;

Rurais:

  • Floresta;
  • Sobralada;
  • Ribeirão Vermelho;
  • Areado;
  • Brejãozinho;
  • Rocinha;
  • Sossego
  • Scarpa;
  • Brejãozão

Economia[editar | editar código-fonte]

Baseada na agricultura café, gado leiteiro, arroz e milho;

Atrações turísticas[editar | editar código-fonte]

Heliodora faz parte do Circuito das Águas e tem potencial turístico ecológico, com áreas de lazer, cachoeiras, cavernas e belas montanhas.

  • Igreja matriz Santa Isabel;
  • Cachoeira do Pedrão;
  • Cachoeira do Altair;
  • Pedrão de Heliodora;
  • Cavernas do Cucuruto;
  • Pedra do Ovo;

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking IDHM Municípios 2010». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2013. Consultado em 15 de junho de 2015 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «IBGE - cidades@ - Histórico - HELIODORA (mg)». ibge.gov.br. Consultado em 14 de junho de 2012 
  7. Monsenhor Jose do Patrocínio Lefort: A Diocese Da Campanha, 1993, pág. 177
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.