Herch Moysés Nussenzveig

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Herch Moysés Nussenzveig
Física
Nacionalidade  Brasileiro
Residência Brasil
Nascimento 16 de janeiro de 1933 (81 anos)
Local São Paulo
Atividade
Campo(s) Física
Instituições Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tese Solution of a diffraction problem
Orientador(es) Guido Beck
Prêmio(s) Prêmio Max Born (1986)

Herch Moysés Nussenzveig (São Paulo, 16 de janeiro de 1933) é um físico brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Bacharel e doutor em Física pela Universidade de São Paulo, foi pesquisador do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas de 1962 a 1968, quando foi para a Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, onde permaneceu até 1975. Após retornar ao Brasil, foi professor do Instituto de Física da Universidade de São Paulo, da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e da Universidade Federal do Rio de Janeiro.[1]

É professor emérito da Universidade Federal do Rio de Janeiro e membro da Academia Brasileira de Ciências. Foi agraciado com a Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico.[1]

É autor de vários livros didáticos, entre eles a coleção Curso de Física Básica,[2] que foi premiada com o Prêmio Jabuti em 1999 na categoria Ciências Exatas, Tecnologia e Informática.[3] Foi presidente da Sociedade Brasileira de Física de 1981 a 1983.[4] Recebeu em 1986 o Prêmio Max Born,[5] outorgado pela Optical Society a cientistas que tenham dado contribuições significativas no campo da óptica.[6]

Referências

  1. a b Herch Moysés Nussenzveig - Membros da ONMC. Academia Brasileira de Ciências. Página visitada em 23 de setembro de 2009.
  2. VICÁRIA, L. Física para vender na banca. Revista Época. Página visitada em 2009-04-12.
  3. Edições Anteriores - Prêmio 1999. Câmara Brasileira do Livro. Página visitada em 2009-04-12.
  4. Diretorias Anteriores da Sociedade Brasileira de Física. Página visitada em 7 de fevereiro de 2010.
  5. Herch Moysés Nussenzveig: Além do arco-íris. Revista FAPESP. Página visitada em 13 de novembro de 2010.
  6. Max Born Award (em inglês). The Optical Society. Página visitada em 13 de novembro de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Mário Schenberg
Presidente da
Sociedade Brasileira de Física

1981 — 1983
Sucedido por
Fernando de Souza Barros
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.