Óptica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde novembro de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Física
\nabla \cdot \mathbf{B} = 0

\nabla \times \mathbf{E} = -\frac{\partial \mathbf{B}} {\partial t}

\nabla \cdot \mathbf{E} = \rho

\nabla \times \mathbf{B} = \frac{\partial \mathbf{E}} {\partial t} + \mathbf{J}
As Equações de Maxwell
Física
História da Física
Filosofia da Física
Ao atravessar esta superfície de plexiglas, a maior parte do raio de luz é refratada (raio inferior) e uma pequena parte é refletida (raio superior).

A óptica (português brasileiro) ou ótica (português europeu)[1] (do grego optiké: que significa “visão’’)[2] é um ramo da Física que estuda a luz e seus mecanismos de propagação, abrangendo a radiação eletromagnética, visível ou não. A óptica explica os fenômenos de reflexão, refração e difração, a interação entre a luz e o meio, entre outros fenômenos.

Esse ramo da física estuda fenômenos envolvendo a luz visível, infravermelha, e ultravioleta; entretanto, uma vez que a luz é uma onda electromagnética, fenômenos análogos acontecem com os raios X, microondas, ondas de rádio, e outras formas de radiação electromagnética. A óptica, nesse caso, pode se enquadrar como uma subdisciplina do eletromagnetismo. Alguns fenômenos ópticos dependem da natureza da luz e, nesse caso, a óptica se relaciona com a mecânica quântica.

Segundo o modelo para a luz utilizada, distingue-se entre os seguintes ramos, por ordem crescente de precisão (cada ramo utiliza um modelo simplificado do empregado pela seguinte):

  • Óptica geométrica: Trata a luz como um conjunto de raios que cumprem o princípio de Fermat. Utiliza-se no estudo da transmissão da luz por meios homogêneos (lentes, espelhos), a reflexão e a refração. Compreende o estudo de fatos relativamente simples, usando a construção geométrica e leis empíricas representando o percurso retilíneo dos raios de luz. Ela classifica dois tipos de corpos: os corpos que produzem e emitem luz, chamados de fonte primária de luz ou corpos luminosos. E também os corpos que enviam a luz que recebem, aqueles que não produzem Luz,chamadas de fontes secundárias de luz ou corpos iluminados.[2]

Meios ópticos[editar | editar código-fonte]

A Luz sendo uma onda eletromagnética, se propaga no vácuo com a mesma velocidade 300.000 km/s. A propagação na matéria é diferente,dependendo das características do material, densidade, espessura,composição, a luz encontra dificuldade para atravessar. Recebem o nome de meios ópticos os meios em que há a propagação da luz, de acordo com sua propagação os meios são classificados em:

  • Opaco: o meio óptico que não há propagação da luz.
  • Transparente: é o meio óptico que possibilita a passagem regular da luz.
  • Translúcido:é o meio óptico que proporciona a passagem irregular da luz.[3]

Equações[editar | editar código-fonte]

De acordo com a propagação da luz, utilizamos as equações listadas abaixo. [4]

  • Lei da Refração:

i=r

onde i=ângulo de incidência e r=ângulo de reflexão

  • Índice de refração absoluto em um meio:

n_m=\frac{c}{v_m}

onde n_m é o índice de refração no meio c a velocidade da luz no vácuo e v_m é a velocidade da luz no meio.

  • Lei de Snell-Descartes:

n_1sen(i)=n_2sen(r)

onde n_1 índice de refração no meio 1 i ângulo de incidência n_2 índice de refração no meio 2 r ângulo de refração

  • Índice relativo de refração entre dois meios:

n_2,_1=\frac{n_2}{n_1}=\frac{sen(i)}{sen(r)}=\frac{v_1}{v_2}=\frac{\lambda_1}{\lambda_2}

onde n_2,_1 índice de refração relativo entre os meios1 e 2, n_1 índice de refração do meio 1, n_2índice de refração do meio 2, i ângulo de incidência, r ângulo de refração, v_1 velocidade da luz no meio 1, v_2 velocidade da luz no meio 2, \lambda_1 comprimento de onda no meio 1 e \lambda_2comprimento de onda no meio 2.

Outros significados[editar | editar código-fonte]

Optica

Óptica também é um ramo de atividade comercial, para o comércio de armações, lentes oftálmicas e lentes de contacto para correções de ametropias ou com fins cosméticos.

No Brasil, é obrigatório estar presente no estabelecimento um técnico em óptica (óptico) formado (nível técnico), bem como Alvará Sanitário Vigilância Sanitária do município para que a óptica funcione de acordo com a lei.

Referências

  1. "Verbete "óptica"". Dicionário Priberam da Língua Portuguesa. Consult. 20 de março de 2014. 
  2. a b [Sampaio & Calçada, José Luiz & Caio Sérgio. Óptica- A luz. São Paulo: Atual Editora, 2005. p. 204 e 205. ISBN 978-85-357-0579-9
  3. Kazuhito & Fuke, Kazuhito Yamamoto & Luiz Felipe Fuke. Física para o Ensino Médio. São Paulo: Editora Saraiva, 2010. p. 132 a 248. ISBN 978-85-02-09494-0
  4. "Só Física". Consult. 03 de novembro de 2015. 


Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Óptica