Herculândia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Herculândia
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Herculândia
Bandeira
Brasão de armas de Herculândia
Brasão de armas
Hino
Gentílico herculandense
Localização
Localização de Herculândia em São Paulo
Localização de Herculândia em São Paulo
Herculândia está localizado em: Brasil
Herculândia
Localização de Herculândia no Brasil
Mapa de Herculândia
Coordenadas 22° 0' 14" S 50° 23' 06" O
País Brasil
Unidade federativa São Paulo
Municípios limítrofes Quintana, Tupã, Queiroz e Arco-Íris
Distância até a capital 511 km
História
Fundação 26 de julho de 1927 (92 anos)
Administração
Prefeito(a) Richardson Branco Nunes (2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 365,136 km²
População total (Censo IBGE/2019[2]) 9 526 hab.
Densidade 26,09 hab./km²
Clima Não disponível
Altitude 502 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [3]) 0,738 alto
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 94 535,552 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 10 472,53

Herculândia é um município brasileiro do estado de São Paulo. O município é formado pela sede e pelo distrito de Juliânia[5][6].

História[editar | editar código-fonte]

Em 1923, os portugueses Antônio Pereira da Silva e seu filho José Pereira da Silva compraram 53 alqueires de terra e marcaram o povoado de Alto Cafezal, um dos três que dariam origem ao município de Marília.

Quatro anos depois, José Pereira da Silva deixou Alto Cafezal e se estabeleceu, com a família, na região do Ribeirão Iacri, onde fundou o povoado de Sant"Ana.

Esse povoado teve rápido crescimento e, em 18 de setembro de 1930, foi elevado a distrito do município de Glicério, com a denominação de Herculândia, em homenagem a Herculano de Freitas, professor da Faculdade de Direito de São Paulo. Oito anos mais tarde, em 30 de novembro de 1938, foi transferido para o município de Pompéia. O município foi criado em 30 de novembro de 1944, em território desmembrado de Pompéia e Tupã.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 22º00'13" sul e a uma longitude 50º23'07" oeste, estando a uma altitude de 502 metros. Sua população estimada em 2004 era de 8.482 habitantes.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - estimativa para 2015

População total: 9.278

  • Urbana: 8.113
  • Rural: 1.165
  • Homens: 4.680
  • Mulheres: 4.598

Densidade demográfica (hab./km²): 25,41

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 22,65

Expectativa de vida (anos): 67,96

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,23

Taxa de alfabetização: 86,82%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,738

  • IDH-M Renda: 0,659
  • IDH-M Longevidade: 0,716
  • IDH-M Educação: 0,840

(Fonte: IPEADATA)

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Comunicações[editar | editar código-fonte]

A cidade foi atendida pela Companhia Telefônica Brasileira (CTB) até 1973[7], quando passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP), que construiu a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica[8], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[9] para suas operações de telefonia fixa.

Economia[editar | editar código-fonte]

O município de Herculândia possui como principal fonte de economia a cultura e beneficiamento de amendoim, Herculândia conta com o maior numero de empresas exportadoras cadastras do brasil e uma empresa entre as nove do brasil que exporta para a união Europeia esta no município de Herculândia.

Herculândia também conta com a produção, distribuição e comercialização de mudas de plantas. E este ramo de atividade que teve início com José Edézio (também conhecido como "Neguinho"). O Viveiro de Mudas Chácara Primavera foi o primeiro do município.

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «Municípios e Distritos do Estado de São Paulo» (PDF). IGC - Instituto Geográfico e Cartográfico 
  6. «Divisão Territorial do Brasil». IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística 
  7. «Relação do patrimônio da CTB incorporado pela Telesp» (PDF). Diário Oficial do Estado de São Paulo 
  8. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  9. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]