Hip hop americano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa do hip hop nos Estados Unidos.

Os Estados Unidos são a nação de origem do hip hop, um movimento cultural iniciado na década de 1970 na Cidade de Nova Iorque, tentando atingir primeiramente os afro-americanos e os hispânicos.[1] Por muitos anos, o hip hop permaneceu conhecido apenas em alguns bairros de Nova York, mas começou a se espalhar para áreas urbanas próximas como Filadélfia e Nova Jersey com o tempo. Durante o início e meados de 1980, o hip hop sofreu diversificação regional, enquanto Nova York atingiu o primeiro reconhecimento nacional pelas gravações do hip hop. Cidades como Miami, Los Angeles, Washington, DC, Detroit, Cleveland, Atlanta, Chicago, Houston, Dallas e Memphis desenvolveram os seus próprios estilos, incorporando influências locais.

Começando com N.W.A., o hip hop da costa oeste, baseado principalmente em Los Angeles, se tornou um sucesso. Pela primeira vez, Nova Iorque não foi a única cidade no mapa do hip hop. Os dois eram rivais em muitas maneiras, estimulando a rivalidade Costas Leste-Oeste. No final dos anos 1990, muitas cidades viram as suas próprias cenas encontrar aclamação popular. Estas incluíram Miami, Atlanta, St. Louis e Nova Orleans.

Os principais rappers da história do país são Ice-T, Tupac Shakur, Eazy-E, Rakim, Ice Cube, Ol' Dirty Bastard, LL Cool J, Snoop Dogg, The Notorious B.I.G, Busta Rhymes, Nas, Eminem, Prodigy, André 3000, entre outros.

Referências

  1. David Dye (22 de fevereiro de 2007). «The Birth of Rap: A Look Back». NPR 
Ícone de esboço Este artigo sobre hip hop, integrado ao Projeto Hip hop é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.