G-funk

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
G-Funk
Origens estilísticas West Coast Hip Hop, Gangsta Rap, P-Funk, Funk, R&B, Mobb Music, Dancehall
Contexto cultural anos 90, Condado de Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos
Instrumentos típicos Sampler, sintetizadores, rap
Popularidade anos 90

G-Funk, também chamado de Gangsta Funk ou Ghetto Funk, é um tipo de música de hip-hop que emergiu do gangsta rap da costa oeste em principio na década de 1990. Este gênero foi caracterizado por um tema geralmente hedonístico que se incluía o sexo, a violência e as drogas. O G-Funk converteu-se no subgênero principal do mainstream do hip-hop por um espaço de tempo de uns quase quatro anos (desde o lançamento de The Chronic de Dr. Dre em 1992 até à queda da Death Row Records em 1996). Dentre as principais características estão o ritmo lento e às vezes hipnótico, os vários sintetizadores, alguns vocais femininos, samples de músicas P-funk, e grandes ondas de som vindas de teclados. Alguns álbuns notórios de G-Funk são "The Chronic" (1992), de Dr. Dre, "Doggystyle" (1993), de Snoop Dogg, "Lethal Injection" (1993) de Ice Cube, "Regulate... G-Funk Era" (1994), de Warren G, "Safe + Sound" (1995) de DJ Quik, "Dogg Food" (1995) dos Tha Dogg Pound, "All Eyez On Me" (1996) de 2Pac e "G-Funk Classics, Vol. 1 & 2" (1998) de Nate Dogg.

No Brasil o G-Funk não era bem conhecido mas, alguns artistas se referem muito, como no álbum "Só se não quiser ser..." (1994) do grupo MRN. Os Racionais MC'S não eram muito referente ao G-Funk, Já que as musicas do grupo era só do Funk dos anos 70. Varios artistas do brasil são notáveis como o Nill do grupo MRN, Kuryna G-Funk e entre outros. As musicas do Kuryna G-Funk são influentes do cultura G-Funk e Lowrider já que a cultura é só da Califórnia

Artistas notáveis[editar | editar código-fonte]

Discos de G-Funk notáveis[editar | editar código-fonte]


  • 2001 (1999) de Dr. Dre


Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.