Domino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo lutador de wrestling da WWE, veja Cliff Compton.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Domino
Domino (PT)
Domino: A Caçadora de Recompensas (BR)
 Estados Unidos /  França
2005 •  cor •  127 min 
Direção Tony Scott
Produção Samuel Hadida
Tony Scott
Roteiro Richard Kelly
Elenco Keira Knightley
Mickey Rourke
Édgar Ramírez
Delroy Lindo
Mo'Nique
Mena Suvari
Macy Gray
Jacqueline Bisset
Género Ação
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Domino (BR: Domino: A Caçadora de Recompensas / PT: Domino) é um filme franco-americano de 2005, do gênero suspense, dirigido por Tony Scott. O filme é inspirado na história real de Domino Harvey, filha britânica do ator Laurence Harvey, ex-manequim que depois trabalhou como caçadora de recompensas em Los Angeles. O filme é dedicado a ela, que morreu de overdose acidental de medicamentos em 27 de junho de 2005, antes do término das filmagens.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Domino Harvey (Knightley), uma caçadora de recompensas, é presa pelo FBI, que investiga um roubo de 10 milhões de dólares de um carro-forte. Domino é interrogada por uma psicóloga criminalista, e resolve contar-lhe a verdade sobre sua vida e como chegara até ali. Domino narra, assim, sua trajetória, que é contada em uma sequência de flashbacks: como desistiu de ser manequim e teve a ideia de tornar-se caçadora de recompensas depois de ver uma manchete de jornal; como ela conheceu a dupla veterana formada por Ed Moseby (Rourke) e o venezuelano Choco (Ramirez) e os convenceu de que poderia ser uma boa profissional do ramo, pois conhecia artes marciais e tinha habilidade com armas.

O filme passa a mostrar então seu trabalho como caçadora de recompensas junto a Moseby, Choco e um nativo do Afeganistão, quarto integrante do grupo, cujo nome não conseguem pronunciar, chamando-o assim de Alf. Eles passam a trabalhar para Claremont Williams III, o responsável por arregimentar o serviço, e que utiliza como fonte de informações o banco de dados do Departamento de Trânsito da cidade, o qual tem acesso através de um grupo de funcionárias. Uma dessas funcionárias possui uma neta que sofre de uma doença grave e necessita realizar uma cara operação.

A notícia da nova "profissão" de Domino logo se espalha, e um produtor de TV resolve realizar um "reallity show" mostrando uma semana na vida dos caçadores de recompensas. Para apresentar o programa ele contrata dois conhecidos ex-galãs de TV (Ver Barrados no Baile).

Inicia-se a gravação para o programa de TV, que mostra já de início uma operação dos caçadores de recompensas atrás de ladrões de carros-fortes. Porém Domino e seus companheiros não sabem que Williams III havia planejado ficar com o dinheiro roubado e cobrar uma taxa de 300 mil dólares para devolvê-lo ajudando, assim, a neta da sua funcionária. Esse ato acaba complicando a vida de Domino e seus amigos, que de repente se veem as voltas com mafiosos e o FBI.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.