I Spy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
I Spy
O Espião Sou Eu (PRT)
Sou Espião (BRA)
 Estados Unidos
2002 •  cor •  97 min 
Direção Betty Thomas
Produção Mario Kassar
Andrew G. Vajna
Betty Thomas
Jenno Topping
Roteiro Cormac Wibberley (história)
Marianne Wibberley (história)
Jay Scherick
David Ronn
Baseado em I Spy de Morton S. Fine e David Friedkin
Elenco Eddie Murphy
Owen Wilson
Famke Janssen
Malcolm McDowell
Gênero ação
comédia
Música Richard Gibbs
Cinematografia Oliver Wood
Edição Peter Teschner
Companhia(s) produtora(s) Tall Trees Productions
Sheldon Leonard Productions
Distribuição Columbia Pictures
Lançamento Estados Unidos 1 de novembro de 2002
Idioma inglês
Orçamento US$ 70 milhões[1]
Receita US$ 50.7–$60.3 milhões[1][2]
Site oficial

I Spy (estilizado como I-SPY; pt: O Espião Sou Eu / br: Sou Espião) é um filme de comédia de ação dos Estados Unidos, dirigido por Betty Thomas e estrelado por Eddie Murphy e Owen Wilson. O filme é baseado em uma série de televisão de mesmo nome estrelada por Robert Culp e Bill Cosby na década de 1960 com o título brasileiro Os Destemidos.[3] Houve uma inversão nos papéis dos protagonistas no filme. Na série de TV o personagem Alex Scott era negro e Kelly Robinson era branco, sendo que no filme ocorre o inverso; no filme, os nomes dos personagens também são invertidos, então Alexander Scott é agora o agente secreto branco e Kelly Robinson, o atleta negro, agora um boxeador, também mudou a premissa original de ambos serem agentes disfarçados de profissionais de tênis, com Robinson sendo um boxeador civil que é essencialmente contratado pela agência de espionagem para agir como disfarce de Scott enquanto ele realiza sua missão. O filme foi lançado nos Estados Unidos em 1 de novembro de 2002.

Este é o segundo filme em que Betty Thomas e Eddie Murphy trabalham juntos, o anterior foi Dr. Dolittle.

De um orçamento de US$ 70 milhões, o filme arrecadou US$ 33 milhões no mercado estadunidense e de US$ 50 a US $ 60 milhões em todo o mundo.[1][2] Foi o terceiro fracasso de bilheteria consecutiva para Murphy em 2002 após Showtime e The Adventures of Pluto Nash.[4][5]

O filme foi indicado a três prêmios Framboesa de Ouro: Pior Remake, Pior Ator para Eddie Murphy e Pior Dupla em Cena para Murphy e Owen Wilson.[6]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Quando o protótipo do mais sofisticado teconológicamente avião de ataque, o Switchblade, é roubado por terroristas do governo dos Estados Unidos, não há dúvida que Arnold Gundars (Malcolm McDowell), um conhecido traficante internacional de armas, está envolvido.

O que se segue é que Gundars está em Budapeste, Hungria, onde Kelly Robinson (Eddie Murphy), o lutador campeão mundial de peso médio, vai colocar o seu título em jogo. Assim o presidente pede a Kelly que ajude a salvar o seu país, com Alex Scott (Owen Wilson), um agente especial da BNS, que se faz passar por secretário pessoal de Kelly. Como Arnold é um fã incondicional de boxe, será muito fácil para Kelly estar na grande festa que vai ser organizada na véspera da luta, onde Alex acredita que o avião vai ser vendido.

Mas além das dificuldades de numa missão desta natureza, Alex tem de controlar Kelly, que quer fazer tudo à sua maneira, sem respeitar nenhuma regra, que mais tarde pode pôr em risco a missão.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

I Spy teve recepção desfavorável por parte da crítica especializada. Possui metascore de 35% no Metacritic, em base de 31 avaliações profissionais. Por votos dos usuários do site, alcança uma nota de 6.8, usada para avaliar a recepção do público.[7]

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia tem o

Título original: I Spy

Referências

  1. a b c «Movie I Spy - Box Office Data». The Numbers. Consultado em 15 de agosto de 2011 
  2. a b «I Spy». Box Office Mojo. Consultado em 26 de abril de 2015 
  3. Os Destemidos AdoroCinema
  4. 'Sou espião' arranca boas risadas Revista Época
  5. Zeitchik, Steven (7 de novembro de 2011). «'Tower Heist': Is Eddie Murphy's tank finally on empty?». Los Angeles Times. Consultado em 26 de abril de 2015 
  6. Wilson, John (2007). «Twenty-third Annual Razzies (2002)». The Official Razzie Movie Guide: Enjoying the Best of Hollywoods Worst. [S.l.]: Grand Central Publishing. ISBN 9780446510080 
  7. «I Spy» (em inglês). Metacritic. Consultado em 11 de maio de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]