Ilha Bouvet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ilha Bouvet
Bouvetøya
Bouvet Island on the globe (Antarctica centered).svg
Localização no Atlântico Sul
Coordenadas: 54° 25' S 3° 21' E
Geografia física
País  Noruega
Ponto culminante 780 m (Olavtoppen)
Área 49  km²
Geografia humana
População 0
Densidade 0  hab./km²
Bouvet island.jpg
Cabo Valdivia, ilha Bouvet, 2009

A ilha Bouvet (em norueguês: Bouvetøya) é uma ilha desabitada na extremidade sul do oceano Atlântico. Pertence à Noruega desde 1928. [1][2][3]

É considerada como a mais isolada e desabitada ilha do mundo,[4] estando localizada a mais de 2 400 km a sudoeste do cabo da Boa Esperança e a cerca de 1 600 km a norte da Antártida. Seu nome provém de Jean-Baptiste Charles Bouvet de Lozier, que a descobriu em 1 de janeiro de 1739. Tem uma área de 49 km², e uma altitude máxima de 780 metros. Cerca de 93% da ilha está coberta por glaciares. O seu centro é uma cratera de um vulcão inativo. A costa tem vários ilhéus rochosos e uma outra ilha pequena denominada Larsøya. O único local plano da ilha é Nyrøysa, criada após um deslizamento de rochas na década de 1950, e onde foi construída uma estação meteorológica automática.

As coordenadas registadas por Bouvet de Lozier eram imprecisas, pelo que a ilha não foi redescoberta senão em finais de 1808, quando o capitão de baleeiro James Lindsay lhe deu o seu próprio nome Lindsay.[5] A primeira reclamação de soberania da ilha foi feita por Benjamin Morrell. Em 1825 George Norris, em nome da coroa britânica, chamou-lhe Liverpool Island. Também relatou que perto haveria uma suposta ilha de Thompson, mas esta veio a demonstrar-se ser uma ilha fantasma. A primeira expedição norueguesa à ilha foi em 1927, quando a Noruega reclamou a sua soberania e lhe deu o nome de Bouvet.[6] Após uma disputa com o Reino Unido, a ilha foi declarada como dependência da Noruega em 1930. Foi convertida em reserva natural em 1971.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Editores 1998.
  2. «Ilha Bouvet». Encyclopædia Britannica Online (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2019 
  3. «Bouvetön». Bonniers Lexikon. 3. Estocolmo: Bonnier Lexikon. 1993. p. 57. ISBN 9163200384 
  4. Lovdata. «Forskrift om fredning av Bouvetøya med tilliggende territorialfarvann som naturreservat» (em norueguês). Consultado em 9 de maio de 2012. Cópia arquivada em 9 de maio de 2012 
  5. Mills, W.J. (2003). Exploring Polar Frontiers: A Historical Encyclopedia (em inglês). [S.l.]: ABC-CLIO. p. 96. ISBN 9781576074220. Consultado em 7 de junho de 2015 
  6. allkindsofhistory.wordpress.com (13 de fevereiro de 2011). «An abandoned lifeboat at world's end | A Blast From The Past» (em inglês). Consultado em 7 de junho de 2015 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Ilha Bouvet