Ilha do Sol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

[1]

NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2016). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Sol
Elevação
(máxima)
5 metros
Latitude: 022°47.322' S
Longitude: 043°06.010' W
Localização: São Gonçalo Baía de Guanabara 1,2 mn SSE da Ilha de Paquetá
Área 8.000 metros quadrados
Imagem Ilha do Sol.jpg

A Ilha do Sol localiza-se no interior da baía de Guanabara pertencente à cidade de São Gonçalo no Estado do Rio de Janeiro, no Brasil.

Originalmente conhecida como ilha de Tapuamas de Dentro, tornou-se famosa em meados do século XX, por ser o local onde a dançarina Luz del Fuego implantou um clube de Naturismo, rebatizando a ilha com o seu atual nome.

O Clube Naturista Brasileiro[editar | editar código-fonte]

Em 1954, Luz del Fuego (nome artístico de Dora Vivacqua), que obtivera sucesso dançando sensualmente com uma serpente enrolada em seu corpo nu, fundou o Clube Naturista Brasileiro, estabelecendo a primeira área para a prática de Naturismo no país. Para esse fim, escolheu uma das ilhas interiores na baía de Guanabara, próximo à Praia do Gradim, em São Gonçalo, que rebatizou como Ilha do Sol.[2][3]

Várias personalidades do cinema de Hollywood estiveram na ilha à época, como Errol Flynn, Lana Turner, Ava Gardner, Tyrone Power, Cesar Romero, Glenn Ford, Brigitte Bardot e Steve MacQueen.[4] Porém, mesmo estrelas do porte de Jayne Mansfield foram barradas no pier por não quererem se despir.

A nudez total era obrigatória na Ilha do Sol. Ninguém, nem mesmo autoridades e personalidades, podia entrar na ilha sem deixar toda e qualquer peça de roupas ainda no píer.[5]

À época, os bailes de Carnaval na ilha tornaram-se famosos, causando grande polêmica na imprensa e na sociedade conservadoras de então.

Em 1955 a Federação Internacional de Naturismo (INF-FNI) reconheceu oficialmente o surgimento do movimento naturista no Brasil, relacionando a Ilha do Sol e o Clube Naturista Brasileiro como um de seus afiliados.

Referências

  1. https://www.google.com.br/maps/place/
  2. Gonçalo Júnior (2009). "Pelada ficava a sua vó: Naturismo" (em português). Trip Para Mulher. N.º 184. Págs.: 138-142. TRIP Propaganda e Editora. ISSN: 1414-350X.
  3. Agostinho, Cristina (1994). Luz del Fuego - A Bailarina do Povo (Brasil: Editora Best Seller). ISBN 978-85-712-3375-1. 
  4. "Luz del Fuego" (em português). Acervo Estadão. O Estado de S. Paulo. Consultado em 14 de abril de 2016.
  5. Jória Motta Scolforo. "Arquivo Público remasteriza o raro documentário 'A Nativa Solitária' com Luz del Fuego" (em português). Arquivo Público do Estado do Espírito Santo. Consultado em 14 de abril de 2016.
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Rio de Janeiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.