Indianapolis Motor Speedway Hall of Fame Museum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Indianapolis Motor Speedway Hall of Fame Museum
Tipo museu automobilístico
Inauguração 1974 (43 anos)
Administração
Website http://www.indyracingmuseum.org/
Geografia
Coordenadas 39° 47′ N 86° 13′ W
Cidade Indiana
País Estados Unidos

O Indianapolis Motor Speedway Hall of Fame Museum é um museu e salão da fama localizado no interior do Circuito de Indianápolis, Indiana. O museu está diretamente ligado ao Indy 500, mas abriga exposições permanentes de várias modalidades automobilísticas, incluindo exposições sobre a história do automóvel. [1]

Em 2006, o local celebrou seu 50º aniversário. O museu possui carros de ex-pilotos vencedores da modalidade, que são expostos regularmente no local. [2] Ele pertence e é administrado pela Indianapolis Motor Speedway Foundation, Inc. e teve início em 1956. Desde 1976, está no mesmo prédio, no campo de corridas da Indy, e fica aberto durante todo o ano. [3]

História[editar | editar código-fonte]

A primeira instalação do museu no Indianapolis Motor Speedway foi concluída em 7 de abril de 1956. O imóvel ficava na esquina sudoeste da propriedade, entre a 16a rua e a estrada Georgetown, ao lado do circuito oval. Suas exposições incluíram o carro de Ray Harroun, vencedor Indy 500, entre outros veículos. Karl Kizer foi o primeiro curador, em uma época em que haviam apenas seis carros disponíveis nas visitas[4] [5]. Ao longo do tempo, dezenas de carros foram doados e adquiridos e a administração percebeu que o prédio não tinha tamanho suficiente para comportar as estruturas. [4][6] De acordo com o publicista da Speedway, Al Bloemker, em 1961, o museu estava tendo uma média de 5.000 visitantes por semana (não incluindo as multidões do mês de maio, mês que marca o principal evento da disputa em Indianapolis). [7]

Em 1975, o Indianapolis Motor Speedway montou um novo edifício de museu e administração de 8.900m2, localizado ao lado da pista.[4] O edifício branco de dois andares foi feito de quartzo de Wyoming, e junto com o museu, foi construído um espaço de escritórios, além de bilheteria, loja de presentes e departamento de fotografia. O local foi oficialmente aberto ao público em 5 de abril de 1976 [4]. Na época, o antigo prédio foi mantido e destinado a escritórios administrativos.

O museu, que representa toda a instalação, foi colocado no Registro Nacional de Lugares Históricos em 1975 e designou um marco histórico nacional em 1987. [6]

No verão de 1993, o edifício do antigo museu foi parcialmente demolido. Em seu lugar, um prédio administrativo multimilionário foi erguido.[8] [9] Os escritórios e o ponto de venda de bilhete foram transferidos para fora o mais recente prédio. Isso liberou espaço no museu para uma loja de presentes expandida e outras exposições.

Em 1993, aconteceu uma exposição interativa ao ar livre. Para isso, o parque de estacionamento do museu foi ocupado, hospedando a primeira "Indy 500 Expo" durante as festividades de corrida. Em 1995, foi expandido e renomeado "Indy 500 FanFest". O festival foi interrompido em 1997, entretanto, recentemente, expositores menores patrocinados pela Chevrolet apresentaram carros anteriores e outras exposições. [10]

Em 2016, iniciou-se um projeto de revitalização e modernização, para ampliar o chão do museu e adicionar exibições interativas. Além disso, em abril de 2016, a instalação foi oficialmente renomeada como o Indianapolis Motor Speedway Museum. [11]

Exposições[editar | editar código-fonte]

O museu conta com exposições temporárias de cerca de 75 carros. [4] Devido a ​​restrições espaciais, apenas uma pequena porção da coleção total pode ser exibida a cada temporada. [6] Muitos carros são armazenados no porão e são apresentadas apenas a convidados ou são expostas externamente. Alguns dos carros guardados no local, no entanto, não estão em boas condições e por isso, não participam dos eventos. Frequentemente, os carros são emprestados para exibições em outros locais, como museus, exposição de carros antigos entre outras atividades.

A coleção inclui [12][4] [6] mais de trinta carros vencedores em Indianapolis 500, além de outros carros da Indy e vários carros de corrida de outras modalidades. Outros itens em exibição incluem troféus, placas, e equipamentos de corrida, como capacetes, luvas e roupas de motorista. Uma coleção de modelos, fotografias, brinquedos e pinturas também participam de exibições.

Carros vencedores da Indy 500 [13] [14] [15][editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Indianapolis Motor Speedway Museum». Visit Indy. Consultado em 5 de setembro de 2017 
  2. «67 Winning Indy 500 Cars Featured In Display At IMS Museum». www.indianapolismotorspeedway.com. Consultado em 6 de setembro de 2017 
  3. Davidson, Donald (28 de outubro de 2014). «Ask Donald Davidson: 'My dad was a riding mechanic...'». SpeedRead. Consultado em 5 de setembro de 2017 
  4. a b c d e f «1996 Indianapolis 500 Official Program». Indianapolis Motor Speedway. 26 de maio de 1996 
  5. «Karl Kizer- Distinguished Service Citation Award 1974». Automotive Hall of Fame. Consultado em 5 de setembro de 2017 
  6. a b c d Herman, Steve (31/032008). «Museum displays auto racing history». USA Today. Consultado em 5 de setembro de 2017  Verifique data em: |data= (ajuda)
  7. Fred Agabashian. 1961
  8. Smulevitz, Howard M. (29 de junho de 1993). «Speedway is adding new office building (Parte 1)». The Indianapolis Star. Consultado em 5 de setembro de 2017 
  9. Smulevitz, Howard M. (29 de junho de 1993). «Speedway is adding new office building (Parte 2)». The Indianapolis Star 
  10. «IRL: Indy FanFest Fact Sheet». Motorsport.com (em inglês) 
  11. «A New Turn for Speedway Museum - Indiana Landmarks». Indiana Landmarks (em inglês). 26 de outubro de 2016 
  12. «Hall of Fame Museum». Consultado em 5 de setembro de 2018  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  13. «Hall of Fame Inductees». Indy Racing Museum 
  14. Golden, Conner (6 de janeiro de 2017). «Our Nine Favorite Cars from the Indianapolis Motor Speedway Museum». Automobile Mag. Consultado em 5 de setembro de 2017 
  15. «List Of Indy 500-Winning Cars In Special IMS Museum Collection». www.indianapolismotorspeedway.com. Consultado em 5 de setembro de 2017 
  16. «Marmon Wasp the First Indy 500 Winner Opens the 2016 SEMA Show». Historic Vehicle. 1 de novembro de 2016. Consultado em 5 de setembro de 2017 
  17. «Joe Dawson - National Sketch» 
  18. Edsall, Larry (25 de agosto de 2017). «Museums: Strong representation at Monterey Car Week». Classic Cars. Consultado em 05 de setembro de 2017  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  19. «IRL: New Exhibit at IMS Museum». Motorsport.com (em inglês) 
  20. «Unique Wilbur Shaw memorabilia on display at IMS.». Crash. 2 de novembro de 2002 
  21. Ayello, Jim (13 de abril de 2017). «IMS Museum opens exhibit honoring A.J. Foyt». Indy Star. Consultado em 5 de setembro de 2017 
  22. Brown, Allen. «Eagle 1966 Indy car-by-car histories». OldRacingCars.com (em inglês) 
  23. «Rossi's Indy 500 winner to be presented to IMS Museum». Motorsport.com (em inglês) 
  24. «Buy This 1964 Lotus 34 And Own A Piece Of Indy History». Carscoops. 8 de agosto de 2017. Consultado em 5 de setembro de 2017 
  25. «Franchitti, McLaren elected to Hall of Fame at IMS Museum». Motorsport.com (em inglês) 
  26. «IRL: New Exhibit at IMS Museum». Motorsport.com (em inglês)