Júlio Fischer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde abril de 2017) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde abril de 2017).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

Júlio Fischer (São Paulo (cidade), 13 de março de 1960) é um dramaturgo, escritor, roteirista e autor de Telenovela brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Autor nos Estúdios Globo de Televisão

Dramaturgo e roteirista da Rede Globo desde 1997, tem pós-graduação em História do Teatro pela Escola de Comunicações e Artes da USP, onde foi orientando de Barbara Heliodora, desenvolvendo dissertação sobre o teatro grego e romano. No mesmo período, foi aluno da mesma Barbara Heliodora em um de seus célebres cursos sobre a obra de William Shakespeare.

Seus textos teatrais incluem os infantis O Violino Mágico e A Canção de Assis (prêmio Mambembe, Governador do Estado e Apetesp – como Melhor Espetáculo infanto-juvenil do ano ), Kleópatra (inédita), Amante & Companhia, Personalíssima (musical biográfico sobre a cantora Isaurinha Garcia, estrelado por Rosamaria Murtinho e Taís Araújo, com direção de Jaqueline Laurence), Emilinha e Marlene, as Rainhas do Rádio (em parceria com Thereza Falcão) e O Besouro na Lua.

Além de premiado, o texto de A Canção de Assis foi editado em três ocasiões, por três editoras diferentes, a mais recente na Coleção Teatro Brasileiro, num volume incluindo também peças de Juca de Oliveira e Bosco Brasil.

Em versão para prosa, A Canção de Assis foi publicado pela Editora Vozes, com ilustrações do autor. Traduzido para o espanhol, foi publicado pela Palabra Ediciones, do México, e distribuído por toda a América Latina.

Já o texto do musical Emilinha e Marlene, as Rainhas do Rádio foi publicado em livro pela Giostri Editora.

Trabalhos na Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Escalação Parceiros Titulares Emissora
1998 Era uma Vez... colaborador Walther Negrão
Elizabeth Jhin
Márcia Prates
Rede Globo
1999 Vila Madalena Walther Negrão
Elizabeth Jhin
Thelma Guedes
2000 Bambuluá roteirista Claudia Souto
2001 Brava Gente Vários autores
2002 Coração de Estudante colaborador Emanuel Jacobina
2004 Sítio do Picapau Amarelo roteirista Walcyr Carrasco
Thelma Guedes
Duca Rachid
Thereza Falcão
Alessandro Marson

Mário Teixeira

2006 O Profeta colaborador Ivani Ribeiro
Duca Rachid
Thelma Guedes
Walcyr Carrasco
2007 Eterna Magia Elizabeth Jhin
Sílvio de Abreu
Desejo Proibido Walther Negrão
2009 Cama de Gato Duca Rachid
Thelma Guedes
João Emanuel Carneiro
2010 Araguaia Walther Negrão
2011 Cordel Encantado Duca Rachid
Thelma Guedes
2013 Flor do Caribe Walther Negrão
Joia Rara Duca Rachid
Thelma Guedes
2016 Sol Nascente autor principal Walther Negrão
Suzana Pires

Referências

  1. http://www.imdb.com/name/nm0279006/
  2. http://m.imdb.com/name/nm0279006/?ref_=m_ttfcd_wr1
  3. https://www.linkedin.com/start/join?session_redirect=https%3A%2F%2Fwww.linkedin.com%2Fin%2Fj%2525C3%2525BAlio-fischer-31b48a70&source=ripf&trk=login_reg_redirect
  4. http://gshow.globo.com/Bastidores/noticia/julio-fischer-autor-de-sol-nascente-revela-que-trama-de-lenita-e-real.ghtml