Jamiroquai

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jamiroquai
Logótipo da banda
Informação geral
Origem Inglaterra
País  Reino Unido
Gênero(s)
Período em atividade 1992 - atualmente
Gravadora(s) Sony BMG Music Entertainment
Columbia Records
Afiliação(ões) Brand New Heavies, Guru, Julian Perretta, Beverley Knight, Radio Silence, Anastacia, Diana Ross
Integrantes Jay Kay
Derrick McKenzie
Rob Harris
Paul Turner
Matt Johnson
Sola Akingbola
Ex-integrantes Toby Smith
Wallis Buchanan
Gavin Dodds
Simon Katz
Stuart Zender
Nick Fyffe
Nick Van Gelder
Darren Galea (DJ D-Zire)
Adrian Revell
Winston Rollins
Simon Carter
Página oficial http://www.jamiroquai.co.uk


Jamiroquai é uma banda britânica de funk e acid jazz formada em 1992, liderada pelo cantor Jay Kay. A banda é popular no mundo todo e é um dos membros mais conhecidos do cenário acid jazz londrino do início dos anos 90, junto a outros grupos como Incognito, Galliano.

O grupo vendeu mais de 35 milhões de álbuns no mundo inteiro e ganhou um Grammy em 1997.[1] Apesar de se ter estreado como uma banda de acid jazz, o grupo explorou outros géneros musicais ao longo dos anos.

O nome Jamiroquai deriva do nome da tribo nativa norte-americana Iroquoi, com a qual Jay Kay diz se identificar filosoficamente.[2]

Formação da banda[editar | editar código-fonte]

Jason "Jay" Kay começou a compor músicas para enviar a gravadoras. Entre elas, estava When You Gonna Learn?, escrita com 16 anos de idade.[3] De início, gravou-a em estúdio na Round House, em Camden.[4] Os produtores desta sessão alteraram-na e produziram-na com base nas tendências principais. Jay não gostou dos resultados e restaurou-os para a sua preferência, depois de uma disputa.[4] Em 1991, afiliou-se à Acid Jazz Records, depois de enviar uma gravação a cantar uma música dos Brand New Heavies.[5][6] De seguida, foi juntando membros para a banda, incluindo o seu amigo Wallis Buchanan, que tocava o didgeridoo.[4] Foi-lhe sugerido pelo seu agente que juntasse o teclista Toby Smith, mas não ficou convencido de início. Smith voltaria a encontrar a banda depois de um ato de suporte para os Brand New Heavies. Convenceu Kay a integrá-lo no grupo como teclista e co-compositor. A primeira música escrita pelos dois foi Too Young to Die.[4]

Sendo Jay Kay o líder e imagem da banda, muitos referem-se a ele como Jamiroquai. Além disso, é o único signatário do contrato com a discográfica sob o nome Jamiroquai.[7] Há boatos de que a banda é o resultado de uma audição falhada de Jay para vocalista dos Brand New Heavies. Contudo, estes rumores são desmentidos por eles.[8]


Primeiro single[editar | editar código-fonte]

O primeiro single da banda When You Gonna Learn? originou uma disputa entre gravadoras, sendo a Sony Soho Square vencedora, com quem assinaram um contrato de oito álbuns, uma proeza para um jovem que andava de skate, tinha uma paixão por roupas vintage e usava um chapéu esquisito.

Evolução da banda[editar | editar código-fonte]

O primeiro disco, Emergency On Planet Earth, de 1993, foi o álbum que mais cópias vendeu em menos tempo, desde os tempos de Faith, de George Michael.

The Return Of the Space Cowboy, de 1994, com os seus comentários satíricos e mordazes, é bastante agressivo, mas o sucesso da banda não ultrapassou as fronteiras britânicas. Entretanto, o álbum que deu a conhecer Jamiroquai a nível mundial, Travelling Without Moving, veio com um aviso preocupante, profético, sobre os perigos associados à engenharia biogenética. Tal álbum foi precedido pelo single Cosmic Girl, single de 4 faixas com remixes do êxito do grupo. O single vencedor de um Grammy e quatro prémios MTV Virtual Insanity, foi lançado no dia em que a ovelha Dolly nasceu. Este álbum conquistou a crítica e o público, tendo atingido o estatuto de platina em todo o mundo.

Logo após Virtual Insanity, surgiram desavenças durante a criação do álbum Synkronized. Com o álbum quase pronto, Stuart Zender deixou a banda, que, por motivos de direitos de autor, teve de refazer o álbum, de maneira a que Zender não constasse como co-autor. Boatos dizem que Stuart Zender se queixava de que Jay ganhava mais dinheiro do que os outros membros, e estava insatisfeito com isso. Há também uma especulação de que a última faixa do Synkronized, King for a Day, reflete a visão de Kay a respeito de Zender e sua ganância.

Depois de Synkronized, já sem a colaboração de Stuart Zender, o grupo colaborou em No Boundaries, um projeto que contou com vários artistas, como Pearl Jam e Alanis Morissette e cujas receitas reverteram para os refugiados do Kosovo.

Em 2001, lançam A Funk Odyssey, que trouxe o hit Love Foolosophy, seguido de quatro anos a preparar Dynamite.

Dynamite foi escrito e gravado em Espanha, Itália, Costa Rica, Escócia, Nova Iorque, Los Angeles e também no próprio estúdio de Jay, criado para o efeito na sua mansão em Buckinghamshire. Vale lembrar que apenas Jay Kay, Derrick McKenzie e Sola Akingbola constam da formação original do álbum.

No dia 16 de agosto de 2010, foi anunciado no site oficial da banda um novo álbum intitulado Rock Dust Light Star, previsto para ser lançado em novembro de 2010.

Em janeiro de 2017, a banda lança um vídeo promovendo o seu oitavo álbum, intitulado Automaton, que apresentou um primeiro single bem mais voltado para a música eletrónica; porém, outras canções lembraram os seus últimos trabalhos. Anunciaram também dez concertos na Ásia e Europa nesse ano. Começando por Tóquio, em maio, e terminando no Festival Sudoeste (Portugal), em agosto.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Nota: Todas as datas referentes aos lançamentos originais no Reino Unido.

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Albuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

Compilações do vocalista[editar | editar código-fonte]

Compilações[editar | editar código-fonte]

  • High Times: Singles 1992-2006

Singles[editar | editar código-fonte]

De Emergency on Planet Earth:

  • When You Gonna Learn?"(1992) #52 UK
  • Too Young to Die" (1993) #10 UK
  • Blow Your Mind" (1993) #12 UK
  • Emergency on Planet Earth" (1993) #32 UK
  • When You Gonna Learn?" (1993 re-release) #28 UK

De The Return of the Space Cowboy:

  • Space Cowboy(1994) #17 UK
  • Half the Man (1994) #15 UK
  • Stillness in Time(1995) #9 UK
  • Light Years (1995) #36 UK
  • The Kids (Apenas no Japão) (1994)
  • Morning Glory (1995)

De Travelling Without Moving:

De Synkronized:

  • Deeper Underground (1998) #1 UK
  • Canned Heat (1999) #4 UK
  • Supersonic (1999) #22 UK
  • King For A Day (1999) #20 UK
  • Black Capricorn Day (Apenas no Japão) (2000)

De A Funk Oddysey:

  • Little L (2001) #5 UK
  • You Give Me Something (2001) #16 UK
  • Love Foolosophy (2002) #14 UK
  • Corner Of The Earth (2002) #31 UK
  • Main Vein (2002)

De Dynamite:

  • Feels Just Like It Should (2005) #8 UK
  • Seven Days In Sunny June (2005) #14 UK

De High Times: Singles 1992-2006:

  • Runaway (2006)
  • Radio (2006)

De Rock Dust Light Star:

  • White Knucle Ride (2010) #39 UK
  • Blue Skies (2010) #76 UK
  • Lifeline (2011)

De Automaton:

  • Automaton (2017)
  • Cloud 9 (2017)
  • Superfresh (2017)
  • Summer Girl (2017)
  • Nights Out In The Jungle (2018)

Convite:

  • Do You Know Where You're Coming From? (M-Beat featuring Jamiroquai) (1996) #12 UK


De Godzilla Soundtrack:

  • Deeper Underground (1998) #1 UK



Remixes

  • Space Cowboy(2006)
  • Deeper Underground(2006)
  • Cosmic Girl(2006)
  • Love Foolosophy(2006)

Membros[editar | editar código-fonte]

Atuais
  • Jason Kay - Voz
  • Rob Harris - Guitarra
  • Derrick McKenzie - Bateria
  • Paul Turner - Baixo
  • Sola Akingbola - Percussão
  • Matt Johnson - Teclado
  • Nate Williams - Teclado, Guitarra
Antigos
  • Gavin Dodds
  • Simon Katz
  • Andrew Levy
  • Stuart Zender
  • Toby Smith
  • Simon Carter
  • Maurizio Ravalico
  • Nick Van Gelder
  • Wallis Buchanan

Convidados[editar | editar código-fonte]

  • Andrew Levy - Baixo (1992)
  • Simon Bartholomew - Guitarra (1992)
  • Martin Shaw - Trompete
  • Beverley Knight - Voz (2001)


Cronologia


Referências

  1. Greg Prato. «Jamiroquai Biography on Yahoo! Music». Yahoo! 
  2. Dave Wilson (2004). Rock Formations: Categorical Answers to How Band Names Were Formed. [S.l.]: Cidermill Books. 90 páginas. 0974848352, 9780974848358 
  3. Sabrina Laurent (maio 2003). «Jamiroquai: The Return of the Funky Cowboy». Bohème Magazine Online8 
  4. a b c d Jason Kay (março 2013). «Really, there are two key tracks on the album: When You Gonna Learn? and Emergency on Planet Earth. When You Gonna Learn kicked the whole thing off the sound, the flavour, the concept. Emergency on Planet Earth defined it.» – via Sony Music Entertainment 
  5. Kenny Gates (16 junho 2017). «Major labels are all about politics. I'm not interested in that.» (em inglês) 
  6. «The history of Acid Jazz» (em inglês) 
  7. Annabel Rivkin (25 junho 2005). «Jay Talking» (em inglês) 
  8. Czarina Mirani (31 outubro 2012). «The Brand New Heavies: The 5 Magazine Interview» (em inglês) 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Jamiroquai

Ligações externas[editar | editar código-fonte]