Jeová

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde julho de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Javé ou Jah.
Forma causativa, no imperfeito, do verbo Hebraico ha.wáh (vir a ser; tornar-se) Significado: "Ele Causa o que Vem a Ser."

Jeová é o nome pessoal de Deus. (Isaías 42:8; 54;5) A bíblia usa alguns títulos como "Deus," "Soberano Senhor," "Criador," "Pai," "Todo Poderoso" e Altíssimo," para descrever a sua personalidade e as suas qualidades, assim mostrando quem e o que ele é. —Salmo 83:18[1]

"Jeová" é a pronúncia mais conhecida do nome de Deus. Mesmo assim, alguns que estudam o idioma Hebraico preferem usar "Javé" (ou Iahweh) no Português. Os textos Hebraicos mais antigos apresentam esse nome com quatro consoantes, e é conhecido como o Tetragrama. Essas quatro letras (escritas da direita para a esquerda) são יהוה e podem ser traduzidas no Português como YHWH (IHVH OU JHVH).

As consoantes em Hebraico do nome de Deus são conhecida, mas as vogais não são. O idioma Hebraico só começou a usar vogais, depois de uns mil anos depois de Cristo. Além disso, devido a crenças antigas dos Judeus, as vogais do nome de Deus não ficaram conhecidas.

Algumas bíblia usam o nome de Deus! (King James Version,1611 —Salmo 83:18)[2]

No passado, houve um tempo em que os Judeus acreditavam que era errado usar o nome de Deus. Não sabemos exatamente o por quê, mas alguns acreditam que eles não usavam esse nome, por ele ser sagrado demais para ser dito por humanos imperfeitos. Mas, nenhuma parte da Bíblia mostra que os servos de Deus tiveram medo ou evitaram usar esse nome. Documentos hebraicos que não são bíblicos, (como exemplo as Cartas de Laquis) mostram que o nome de Deus era usado em correspondências comuns na Palestina no final do século VII (Século 7).

Outros acreditam que o nome de Deus não era usado, para evitar que pessoas que não eram Judeus conhecessem e usassem esse nome de forma errada. Mas, o próprio Jeová queria que o 'seu nome fosse declarado em toda a terra' (Êxodo 9:16[3] Compare isso com 1 Crônicas 16:23, 24; Salmo 113:3; Malaquias 1:11,14) para ser conhecido até mesmo aos seus adversários. (Isaías 64:2) De fato, o nome de Deus era usado até mesmo por nações que não adoravam a ele, antes e depois de Jesus.[4]

Polêmica quanto à nomenclatura correta[editar | editar código-fonte]

Apesar da discussão sobre sua origem e significado, muitos afirmam que os sons vocálicos originais do Tetragrama YHVH jamais serão conhecidos, estando perdida a pronúncia original, porque os yahrudym não a revelam. No entanto, existe o fato de que até mesmo o nome de Jesus na pronúncia original possivelmente fosse pronunciado: Yeshua ou Yehoshuah (forma mais plena), pois não havia vogais em toda a escrita hebraica. Pessoas do mundo inteiro usam diferentes formas do nome Jesus, pronunciando-o do modo costumeiro no seu idioma. Ninguém deixa de usar o nome só porque não sabe como ele era pronunciado no primeiro século, pois sequer sabemos dizer se Jesus falava hebraico ou aramaico em seus dias. O mesmo se aplica a Jeová.

Esta controvérsia vem sendo travada por muitos anos. Atualmente, muitos eruditos parecem favorecer o nome “Javé”, de duas sílabas. Mesmo assim, no hebraico ou aramaico, não se usava vogais, apenas consoantes.

Mas, considerando alguns exemplos de nomes próprios encontrados na Bíblia, vemos que vários incluem uma forma abreviada do nome de Deus. George Wesley Buchanan, professor emérito no Seminário Teológico de Wesley, Washington DC, EUA, afirma que esses nomes próprios podem fornecer indicação de como se pronunciava o nome de Deus.

George Wesley Buchanan explica: "Na antiguidade, os pais muitas vezes davam aos filhos o nome de suas deidades. Isto significa que pronunciavam os nomes dos filhos assim como se pronunciava o nome da deidade. O Tetragrama foi incluído em nomes de pessoas, e eles sempre usavam a vogal do meio."

Por exemplo, Jonatã aparece como (Yoh.na.thán ou Yehoh.na.thán) na Bíblia hebraica, significa "YAH ou Yahowah deu". O nome do profeta Elias é ’E.li.yáh ou ’E.li.yá.hu. Segundo o Prof. Buchanan, Elias significa: "Meu Deus é YAH ou Yahoo-wah." Da mesma forma, o nome hebraico para Jeosafá (Yehoh-sha.phát), significa "YAH julgou".

A pronúncia do Tetragrama com duas sílabas, como Javé (ou Yahveh), não permitiria a existência do som da vogal o como parte do nome de Deus. Mas, nas dezenas de nomes bíblicos que incorporam o nome divino, o som desta vogal do meio aparece tanto nas formas originais como nas abreviadas, como em Jeonatã e em Jonatã.

O Prof. Buchanan diz a respeito do Nome Divino: "Em nenhum caso se omite a vogal oo ou oh. A palavra era às vezes dita como ‘YAH’, mas nunca como ‘Ya-VeH’. ... Quando o Tetragrama era pronunciado, era ‘YAH’ ou ‘YoH’. - ''Biblical Archaeology Review''.

Segue-se outra declaração feita pelo hebraísta Wilhelm Gesenius, no Dicionário Hebraico e Caldeu das Escrituras do Velho Testamento (em alemão): "Os que acham que הוהי [Ye-Ho-Vah] era a pronúncia real [do Nome de Deus] não estão totalmente sem base para defender sua opinião. Assim se podem explicar mais satisfatoriamente as sílabas abreviadas והי [Ye-Ho] e וי [Yo], com que começam muitos nomes próprios." Na introdução da tradução de Os Cinco Livros de Moisés, Everett Fox afirma: "Tanto as tentativas antigas como as novas, para provar que a pronúncia correta do nome hebraico [de Deus] seria (Yehovah) Jeová ou (Iahveh) Javé , não foram bem-sucedidas; não se pode provar conclusivamente o Jeová (Yehovah) que se ouve às vezes, nem o padrão erudito Javé (Iahveh)."[5]

Jeová passou a ser amplamente divulgado e estabelecido entre muitos cristãos, tornando-se uma pronúncia familiar e popular em muitos idiomas, assim vários grupos religiosos, mais notavelmente as Testemunhas de Jeová, continuam a usá-la, ainda que muitos outros grupos religiosos favoreçam a pronúncia Javé ou Iavé, ou mesmo o titulo SENHOR. Este último baseado na Tradução grega dos Setenta e utilizado no Novo Testamento e pela Tradição cristã posterior como tradução do hebraico ADONAI (Senhor em hebraico).

O significado do nome Jeová/Javé é explicado pelo próprio dono do Nome em Êxodo 3: 14,15 na 1ª tradução da Bíblia impressa em português, original de 1693, de João Ferreira A. d'Almeida, (como é devidamente nomeado o tradutor no frontispício) lê-se :

14 "E disse Deos a Moyses: SEREI O QUE SEREI. Mais disse: Assim dirás aos filhos de Israel: SEREI-me enviou a vósoutros. 15 E disse Deos mais a Moyses: Assim dirás aos filhos de Israel: JEHOVAH o Deos de vossos pais, o Deos de Abraham, o Deos de Isaac, e o Deos de Jacob, me enviou a vósoutros: Este he meu memorial de geração em geração." [Deus Jeová torna-se o que julgue apropriado, 'será o que será' qualquer coisa para cumprir Seu propósito]

Jeová - seu uso em traduções bíblicas[editar | editar código-fonte]

Algumas versões da Bíblia, usam o nome de Jeová:

A King James Version (autorizada), 1611:

  • Transcreve quatro vezes como o nome pessoal do Deus como JEHOVAH(todos em textos considerados de importância), por exemplo, Êxodo 6:3; Salmo 83:18; Isaías 12:2; Isaías 26:4; e três vezes junto a nomes de lugares: Gênesis 22:14; Êxodo 17:15; e Juízes 6:24.

Transcrição em diferentes idiomas[editar | editar código-fonte]

Africâner Jehóva Romeno Iehova
Árabe Igova/Jahova (يهوه) Maori Ihowa
Awabakal Yehóa Motu Iehova
Bósnio Jehova Macedônio Јахве
Bugotu Jihova Narrinyeri Jehovah
Búlgaro Йехова Nembe Jihova
Croata Jehova / Jahve Petats Jihouva
Dinamarquês Jahve (/ Jehova) Polonês Jehowa / Jahwe
Holandês Jehova / Jahwe(h) Português Yahweh / Javé / Jehovah / Jeová
Efik Jehovah Ewe (Ʋegbe) Yehowah
Inglês Jehovah / Yahweh Russo Иегова / Яхве
Fijiano Jiova Samoano Ieova
Finlandês Jahve / Jehova Sérvio Јехова / Jehova
Francês Yahvéh / Jéhovah SeSotho Jehova
Futuna Ihovah Espanhol Yahveh /Jehová
Alemão Jehova / Jahwe Suaíli Yehova
Grego Iehova / Yiahve Ιεχωβά / Γιαχβέ Sueco Jehova / Jahve
Húngaro Jahve / Jehova Tagalo Jehova/Yahweh
Igbo Jehova Taitiano Jehovah
Indonésio Yehuwa Tonganês Jihova
Italiano Yahweh / Jahve Turco Yehova
Japonês EHOBA/YAHAWE エホバ / ヤハウェ XiVenda Yehova
Coreano Yeohowa 여호와 / Yahwe 야훼 Xhosa u Yehova
Mandarim chinês tradicional Yéhéhuá / Yǎwēi / Yǎwēi 耶和華/雅威/雅巍 Iorubá Jehofah
Mandarim chinês simples Yéhéhuá / Yǎwēi / Yǎwēi 耶和华/雅威/雅巍 Zulu u Jehova

Referências

  1. Estudo Perspicaz das Escituras — Volume 2. [S.l.: s.n.] 
  2. Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada. [S.l.: s.n.] 
  3. Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada. [S.l.: s.n.] 
  4. The Jewish Encyclopedia. [S.l.: s.n.] pp. Volume XII, página 119 
  5. The Five Books of Moses: A New English Translation with Commentary and Notes, 1995
  6. Revista A BÍBLIA NO BRASIL 2001 n.192 pág. 13-6; Biblia Sagrada_ edição especial ilustrada_2001 Revista e actualizada no Brasil, apresentação da pág. 5; Bíblia de referencia THOMPSON Suplemento da pág. 1377; A Bíblia em português João Ferreira de Almeida_ quem era ele? Anuário das testemunhas de Jeová- 1997, pág.128-9

Ligações externas[editar | editar código-fonte]