Bíblia do Rei Jaime

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bíblia do Rei Jaime
King James Bible
Versão Autorizada da Bíblia King James 1611.
A página de título para a primeira edição de 1611 da Versão Autorizada da Bíblia
por Cornelis Boel mostra os apóstolos Pedro e Paulo sentados ao meio, acima do texto central, que é ladeado por Moisés e Aarão . Nos quatro cantos, sentam-se Mateus, Marcos, Lucas e João, autores dos quatro evangelhos, com seus animais simbólicos. O restante dos apóstolos (com Judas, de costas) fica ao redor de Pedro e Paulo.
No topo está o Tetragrammaton ("יְהֹוָה"), escrito com diacríticos hebraicos.
Abreviação KJV, KJB ou AV
Bíblia completa
Publicada 1611
Online como Versão King James no Wikisource
Base textual OT: Texto Massorético, influência da LXX e da Vulgata.
NT: Textus Receptus , semelhante ao tipo de texto bizantino ; algumas leituras derivadas da Vulgata.
Apócrifos: Septuaginta grega e Vulgata latina.
Nível de leitura EUA e Canadá Grade 8-10.
Direito autoral Domínio público devido à idade, restrições de publicação no Reino Unido
(Ver status de direitos autorais )
Nome: king James Version of the Bible
Abreviação: KJV
Publicação da Bíblia completa: 1611
Base textual: Texto Massorético AT, Textus Receptus NT
Tipo de tradução: Literal
Afiliação religiosa: Igreja Anglicana, Comunhão Anglicana
Gênesis 1:1-3
"(1) No princípio, Deus criou os céus e a terra. (2) A terra, entretanto, era sem forma e vazia. A escuridão cobria o mar que envolvia toda a terra, e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas. (3) Disse Deus: 'Haja luz!', e houve luz."
João 3:16
"(16) Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna."

A Bíblia do Rei Jaime (ou Tiago), também conhecida como Versão Autorizada do Rei Jaime (em inglês: Authorized King James Version), é uma tradução inglesa da bíblia realizada em benefício da Igreja Anglicana, sob ordens do rei Jaime I no início do século XVII. É o livro mais publicado na língua inglesa,[1] sendo considerado um dos livros mais importantes para o desenvolvimento da cultura e língua inglesa.[2]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Como ocorria em geral na Europa, as versões da Bíblia utilizadas na Inglaterra da Idade Média eram escritas em latim, ainda que hajam circulado de maneira restrita algumas traduções manuscritas em inglês antigo.[1] Nas Constituições de Oxford de 1408, a tradução da Bíblia ao inglês foi estritamente proibida, e apenas a Vulgata em latim era de uso legal.[1]

No início do século XVI, quando a proibição de traduções ainda estava em vigor, o Novo Testamento foi traduzido ao inglês por William Tyndale, que o publicou em 1525. As autoridades destruíram os exemplares dessa edição, da qual apenas três cópias subsistem, e Tyndale foi por fim executado.[1] Com a separação entre a Igreja Anglicana e a Igreja de Roma, ordenada pelo rei Henrique VIII, a situação começou a mudar. Surgiram então novas traduções da Bíblia ao inglês, como por exemplo a Bíblia de Genebra de 1560.[1]

Tradução[editar | editar código-fonte]

No início do século XVII, Jaime I encarregou uma nova tradução da Bíblia a uma comissão de 50 estudiosos.[1] Para a nova versão foram utilizadas as traduções anteriores. De fato, 80% do texto do Novo Testamento foi reaproveitado da versão de Tyndale.[1] Ao contrário da Bíblia de Genebra, porém, a nova versão de Jaime I não possuía notas de rodapé e comentários tendenciosos.[1]

A primeira publicação data de 1611 e foi realizada em grande formato e sem ilustrações, um formato ideal para ser lida em igrejas.[1] A Bíblia do rei Jaime adquiriu fama rapidamente e tornou-se a obra mais publicada da língua inglesa.

Versões em português[editar | editar código-fonte]

A Bíblia do Rei Jaime já possui duas traduções em português, quais sejam, Bíblia King James Fiel 1611[3] e Bíblia King James Atualizada[4], sendo a primeira uma tradução literal e a segunda traduzida por equivalência verbal.

Referências

  1. a b c d e f g h i King James Bible no sítio Sacred Texts da Biblioteca Britânica (em inglês)
  2. «400 years of the King James Bible» (em inglês). The Times Literary Supplement. 9 de Fevereiro de 2011. Consultado em 13 de julho de 2017.. Cópia arquivada em 17 de junho de 2011 
  3. «Bíblia King James» 
  4. «Bíblia King James Atualizada (KJA)». Bíblia King James. Consultado em 22 de janeiro de 2018. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikisource
O Wikisource contém fontes primárias relacionadas com Bíblia do Rei Jaime
Ícone de esboço Este artigo sobre a Bíblia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre King James Bible