Joel Schumacher

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Joel Schumacher
Nascimento 29 de agosto de 1939
Nova Iorque
Estados Unidos
Nacionalidade norte-americano
Morte 22 de junho de 2020 (80 anos)
Nova Iorque
Estados Unidos
Educação Universidade da Califórnia em Los Angeles
Ocupação cineasta, ator
Atividade 1972–2017

Joel T. Schumacher (Nova Iorque, 29 de Agosto de 1939Nova Iorque, 22 de junho de 2020) foi um diretor de cinema estadunidense. Schumacher subiu a notoriedade após dirigir três filmes de sucesso, St. Elmo's Fire (1985), The Lost Boys (1987) e Flatliners (1990). Ele mais tarde dirigiu as adaptações dos trablahos de John Grisham, como The Client (1994) e A Time to Kill (1996). Seus filmes Falling Down (1993) e 8mm (1999) o fizeram receber indicações para os prêmios Palma de Ouro e Urso de Ouro, respectivamente.[1]

Em 1993, Schumacher assinou um contrato para dirigir os próximos filmes da franquia Batman, lançando em sequência Batman Forever (1995) e Batman & Robin (1997).[2] Os filmes não foram muito bem recebidos pela crítica e Batman & Robin foi um fracasso de público. Schumacher decidiu então se afastar dos blockbusters e retornou a fazer filmes minimalistas como Tigerland (2000) e Phone Booth (2002), que tiveram recepções mais acaloradas por parte da crítica especializada.[3][4] Ele também dirigiu os filmes The Phantom of the Opera (2004), The Number 23 (2007) e dois episódios da série House of Cards.

Morreu no dia 22 de junho de 2020 em Nova Iorque, aos 80 anos, em decorrência de um câncer.[5]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Videoclipes[editar | editar código-fonte]

Dirigiu o videoclipe da música "Kiss from a Rose", do cantor Seal, que faz parte da trilha sonora de "Batman Eternamente" e o videoclipe da música "The End is the Beginning is the End", do grupo Smashing Pumpkins, que faz parte da trilha sonora de "Batman & Robin". Em 1999 dirigiu também o videoclipe "Letting the Cables Sleep" da banda inglesa Bush.

Referências

  1. «Morre Joel Schumacher, diretor de 'Batman & Robin', aos 80 anos». UOL.com.b. Consultado em 22 de junho de 2020 
  2. «Batman 3». Entertainment Weekly. 1 de outubro de 1993. Consultado em 16 de agosto de 2008. Cópia arquivada em 21 de setembro de 2008 
  3. «Tigerland». Rotten Tomatoes. Consultado em 22 de junho de 2020 
  4. «Phone Booth». Rotten Tomatoes. Flixster. Consultado em 19 de agosto de 2013 
  5. Barnes, Mike; Byrge, Duane (22 de junho de 2020). «Joel Schumacher, Director With a Flair for the Distinctive, Dies at 80». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 22 de junho de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Joel Schumacher
Ícone de esboço Este artigo sobre um cineasta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.