Lancelot du Lac

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde setembro de 2018). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde setembro de 2018). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Lancelot du Lac
Lancelote do Lago[1] (PT)
Lancelot do Lago[2] (BR)
Lancelot[3]
 (BR)
Pôster do filme
 França  •  Itália
1974 •  85 min 
Direção Robert Bresson
Produção Jean-Pierre Rassam
Francois Rochas
Roteiro Robert Bresson
Elenco Luc Simon
Laura Duke Condominas
Humbert Balsan
Vladimir Antolek-Oresek
Patrick Bernhard
Companhia(s) produtora(s) Mara Films
Laser Productions
Office de Radiodiffusion Télévision Française
Gerico Sound
Distribuição Gaumont
Idioma língua francesa

Lancelot du Lac é um filme de fantasia e drama ítalo-francês de 1974, escrito e dirigido por Robert Bresson,[4], que dramatiza a relação amorosa entre Lancelote e Genebra, e o fim dos Cavaleiros da Távola Redonda. É baseado nas lendas Arturianas e nos romances de cavalaria, especialmente do ciclo Lancelote-Graal, e nos trabalhos de Chrétien de Troyes.

Como ocorre nos outros filmes de Bresson, o elenco era composto de atores amadores, e muitos deles nunca tinha atuado antes. A preferência cinematográfica de Bresson era de que os atores não deveriam expressar emoções de maneira profissional, além de reduzir ou eliminar os elementos fantásticos, como o do Santo Graal. A Idade Média é desglamourizada e é enfatizada a violência ao invés da fantasia.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Rei Artur manda 100 cavaleiros em busca do Santo Graal. Artur fica desapontado quando na volta da missão apenas 30 cavaleiros estão vivos. Entre eles se encontra o amante da sua esposa Genebra, Lancelote, que não demora muito para entrar em um torneio, onde é ferido. Enquanto Lancelote se recupera no seu próprio castelo, Artur descobre a relação extraconjugal da sua esposa e, incitado por Mordred, aprisiona-a. Lancelote a liberta, então Artur começa uma campanha para atacar o castelo do amante da rainha. Durante o cerco Lancelote mata um dos melhores amigo do rei, Gauvain. Lancelote busca um acordo de paz com Artur, e quando Mordred tenta cometer um atentado contra o rei, Lancelote acaba ficando do lado de Artur. No final Artur e todos os outros cavaleiros leais a ele acabam sendo chacinados.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Luc Simon como Lancelot du Lac
  • Laura Duke Condominas como La Reine (A Rainha)
  • Humbert Balsan como Gauvain
  • Vladimir Antolek-Oresek como Le Roi (O Rei)
  • Patrick Bernhard como Mordred
  • Arthur De Montalembert como Lionel
  • Charles Balsan
  • Christian Schlumberger
  • Joseph-Patrick Le Quidre
  • Jean-Paul Leperlier
  • Marie-Louise Buffet
  • Marie-Gabrielle Cartron
  • Antoine Rabaud
  • Jean-Marie Becar
  • Guy de Bernis

Recepção[editar | editar código-fonte]

O filme foi relativamente bem recebido entre a crítica e o público, tendo uma classificação de 94% no Rotten Tomatoes[5] e 7,1 no IMDB.[6]

Portal A Wikipédia tem os portais:

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme francês é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.