Liga BFA 2019 - Elite

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Liga BFA 2019 - Elite
Dados
Participantes 33
Organização Liga BFA
Período 29 de junho - 14 de dezembro
Campeão Paraíba João Pessoa Espectros
Vice-campeão Santa Catarina Timbó Rex
rebaixados Distrito Federal (Brasil) Brasília Templários[a]
Rio de Janeiro Macaé Oilers
Rio Grande do Norte Natal Scorpions
Santa Catarina São José Istepôs
◄◄2018 Sport football.svg 2020►►

A Liga BFA 2019 - Elite foi a quarta edição unificada do campeonato de futebol americano do Brasil correspondente à primeira divisão nacional. Foi a terceira edição na qual a Liga Brasil Futebol Americano foi a organizadora da competição sob chancela da Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBFA).[1][2]

O João Pessoa Espectros derrotou o Timbó Rex no Brasil Bowl X em Blumenau e conquistou seu segundo título nacional.[3]

Fórmula de disputa[editar | editar código-fonte]

Os times foram divididos em quatro conferências: Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste. Na Temporada Regular só houve confrontos entre times das mesmas conferências. Os mandos de campo dos Playoffs foram sempre dos times com melhores campanhas[4]

  • A Conferência Sul teve sete times no qual todos jogaram contra todos. Os quatro melhores times avançaram aos Playoffs, com o primeiro recebendo o quarto colocado e o segundo recebendo o terceiro. Os vencedores avançaram para a final de conferência. O campeão da conferência enfrentou o campeão da Conferência Centro-Oeste na Semifinal Nacional.
  • Na Conferência Sudeste foram dez times divididos em dois grupos: A e B. Os times enfrentaram os adversários dentro de seu próprio grupo e dois times do outro grupo. O vencedor de cada grupo se classificou diretamente aos Playoffs, juntamente com os dois times de melhor campanha, independente do grupo. O vencedor do grupo de melhor campanha recebendo o quarto colocado e o outro vencedor de grupo recebendo o terceiro. O campeão da conferência enfrentou o campeão da Conferência Nordeste na Semifinal Nacional.
  • Na Conferência Centro-Oeste foram oito times divididos em dois grupos: Centro e Oeste. Os times enfrentaram os adversários dentro de seu próprio grupo com jogos de ida e volta. Os dois melhores colocados de cada grupo avançaram aos Playoffs, com o primeiro recebendo o segundo colocado do outro grupo. Os vencedores avançaram para a final de conferência.
  • Na Conferência Nordeste foram oito times divididos em dois grupos: Norte e Sul. Os times jogaram contra todos os adversários do mesmo grupo, tendo um confronto repetido dentro do grupo, e contra dois adversários do outro grupo. As quatro melhores equipes, independente do grupo, classificaram-se aos Playoffs com o primeiro recebendo o quarto colocado e o segundo recebendo o terceiro. Os vencedores avançaram para a final de conferência.

A pior equipe de cada conferência foi rebaixada para a Liga BFA 2020 - Acesso.

Os vencedores das Semifinais Nacionais fizeram a grande final, o Brasil Bowl X, com a prioridade de mando de campo das conferências nesta ordem: Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste.

Critérios de desempate[editar | editar código-fonte]

Em caso de empate no número de vitórias, a classificação das equipes, dentro dos grupos, como também dentro de cada conferência se deu pelos seguintes critérios, na ordem abaixo:[4]

a) No caso de empate entre duas equipes:

  1. Vitória no confronto direto;
  2. Maior força de tabela (que é a porcentagem obtida da razão entre o número total de vitórias pelo número total de partidas disputadas, de todos os adversários enfrentados por ela, na temporada regular);
  3. Menor número de touchdowns cedidos.

b) No caso de empate entre mais de duas equipes, ou caso duas equipes empatadas não tivessem confronto direto para desempate:

  1. Maior força de tabela entre as equipes empatadas;
  2. Maior número de vitórias nos confrontos entre as equipes empatadas;
  3. Menor número de touchdowns cedidos.
  4. Sorteio

Equipes participantes[editar | editar código-fonte]

Este torneio contou com a participação de 33 equipes em suas quatro conferências. Disputaram as 27 equipes que participaram da elite nacional em 2018, mais as quatro equipes que garantiram acesso através da Liga Nacional de 2018 e da Liga Nordeste de 2018, e uma equipe convidada, o Macaé Oilers, para ocupar a vaga do Botafogo Reptiles, que foi incorporado pelo Vasco Almirantes, antigo Patriotas;[5] e mais uma equipe da Conferência Centro-Oeste para adequação dos grupos, o Sinop Coyotes.[4]

Conferência Sul Conferência Sudeste
Grupo A Grupo B
Conferência Centro-Oeste Conferência Nordeste
Grupo Centro Grupo Oeste Grupo Norte Grupo Sul


Localização das equipes participantes de 2019.

Classificação da Temporada Regular[editar | editar código-fonte]

Classificados para os Playoffs estão marcados em verde e em rosa o rebaixado à Liga BFA 2020 - Acesso.

Conferência Sul[editar | editar código-fonte]

Pos Times V E D PCT PF PS SP
1 Santa Catarina Timbó Rex 5 0 1 .833 151 61 90
2 Rio Grande do Sul Santa Maria Soldiers 5 0 1 .833 102 51 51
3 Santa Catarina Gaspar Black Hawks 4 0 2 .667 94 86 8
4 Paraná Paraná HP 3 0 3 .500 63 115 -52
5 Paraná Coritiba Crocodiles 3 0 3 .500 136 50 86
6 Santa Catarina Jaraguá Breakers 1 0 5 .167 32 154 -122
7 Santa Catarina São José Istepôs 0 0 6 .000 38 99 -61

Conferência Sudeste[editar | editar código-fonte]

O símbolo # indicada a classificação dentro da conferência.

Grupo A
Pos Times V E D PCT PF PS SP
1 Minas Gerais Galo FA #1 6 0 0 1.000 181 42 139
2 São Paulo Portuguesa FA #3 5 0 1 .833 214 76 138
3 Rio de Janeiro Flamengo Imperadores 3 0 3 .500 135 99 36
4 São Paulo Ribeirão Preto Challengers 2 0 4 .333 72 169 -97
5 Rio de Janeiro Macaé Oilers 0 0 6 .000 74 204 -130
Grupo B
Pos Times V E D PCT PF PS SP
1 Rio de Janeiro Vasco Almirantes #2 6 0 0 1.000 207 61 146
2 Espírito Santo (estado) Tritões FA #4 4 0 2 .833 151 130 21
3 Minas Gerais América Locomotiva 2 0 4 .333 81 179 -98
4 São Paulo São Paulo Storm 1 0 5 .167 53 146 -93
5 São Paulo Corinthians Steamrollers 1 0 5 .167 104 166 -62

Conferência Centro-Oeste[editar | editar código-fonte]

Grupo Centro
Pos Times V E D PCT PF PS SP
1 Distrito Federal (Brasil) Tubarões do Cerrado 6 0 0 1.000 352 24 328
2 Distrito Federal (Brasil) Leões de Judá 4 0 2 .667 153 112 41
3 Mato Grosso do Sul Campo Grande Predadores 2 0 4 .333 191 145 -46
4 Distrito Federal (Brasil) Brasília Templários 0 0 6 .000 0 415 -415
Grupo Oeste
Pos Times V E D PCT PF PS SP
1 Mato Grosso Cuiabá Arsenal 5 0 1 .833 120 92 28
2 Mato Grosso Sorriso Hornets 4 0 2 .667 116 80 36
3 Mato Grosso Rondonópolis Hawks 3 0 3 .500 185 142 43
4 Mato Grosso Sinop Coyotes 0 0 6 .000 82 189 -107

Conferência Nordeste[editar | editar código-fonte]

O símbolo # indicada a classificação dentro da conferência.

Grupo Norte
Pos Times V E D PCT PF PS SP
1 Ceará Ceará Caçadores #3 4 0 2 .667 232 123 109
2 Rio Grande do Norte Bulls Potiguares #4 3 0 3 .500 162 146 16
3 Rio Grande do Norte UFERSA Petroleiros 2 0 4 .333 78 151 -73
4 Rio Grande do Norte Natal Scorpions 0 0 6 .000 22 239 -217
Grupo Sul
Pos Times V E D PCT PF PS SP
1 Pernambuco Recife Mariners #1 6 0 0 1.000 207 93 114
2 Paraíba João Pessoa Espectros #2 5 0 1 .833 276 76 200
3 Bahia Cavalaria 2 de Julho 2 0 4 .333 79 136 -57
4 Pernambuco Santa Cruz Pirates 2 0 4 .333 85 177 -92

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Playoffs da Liga BFA - Elite

Em itálico, os times que possuem o mando de campo e em negrito os times classificados.

Cscr-featured.png Campeões de Conferência.

Semifinal de Conferência Final de Conferência Semifinal Nacional Brasil Bowl
                                     
1  Santa Catarina Timbó Rex 26  
4  Paraná Paraná HP 07  
     Santa Catarina Timbó Rex Cscr-featured.png 48  
     Rio Grande do Sul Santa Maria Soldiers 28  
2  Rio Grande do Sul Santa Maria Soldiers 20
3  Santa Catarina Gaspar Black Hawks 12  
     Santa Catarina Timbó Rex 31  
     Distrito Federal (Brasil) Tubarões do Cerrado 6  
1  Distrito Federal (Brasil) Tubarões do Cerrado 27  
4  Mato Grosso Sorriso Hornets 20  
     Distrito Federal (Brasil) Tubarões do Cerrado Cscr-featured.png 60
     Mato Grosso Cuiabá Arsenal 14  
2  Mato Grosso Cuiabá Arsenal 30
3  Distrito Federal (Brasil) Leões de Judá 00  
     Santa Catarina Timbó Rex 21
     Paraíba João Pessoa Espectros 45
1  Minas Gerais Galo FA 63  
4  Espírito Santo (estado) Tritões FA 00  
     Minas Gerais Galo FA Cscr-featured.png 27
     Rio de Janeiro Vasco Almirantes 00  
2  Rio de Janeiro Vasco Almirantes 28
3  São Paulo Portuguesa FA 14  
     Minas Gerais Galo FA 7
     Paraíba João Pessoa Espectros 20  
1  Pernambuco Recife Mariners 33  
4  Rio Grande do Norte Bulls Potiguares 00  
     Pernambuco Recife Mariners 12
     Paraíba João Pessoa Espectros Cscr-featured.png 26  
2  Paraíba João Pessoa Espectros 10
3  Ceará Ceará Caçadores 07  

Brasil Bowl X[editar | editar código-fonte]

14 de dezembro
15:00 UTC -3
Relatório Timbó Rex Santa Catarina 21–45 Paraíba João Pessoa Espectros    Estádio do SESI, Blumenau-SC ESPN Brasil
Placar por quarto: 7-17, 7-21, 7-0, 0-7

Premiações[editar | editar código-fonte]

Brasil Bowl X
Paraíba
João Pessoa Espectros
Campeão
(2º título)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  • a. ^ O Brasília Templários desistiu de mandar seu último jogo na competição contra o Campo Grande Predadores. Devido à desistência foi aplicada multa administrativa de R$ 5 mil e a não participação das temporadas 2020 e 2021 de quaisquer divisões da Liga BFA.[6]

Referências

  1. «CBFA promove mudanças nos nacionais de 2019». salaooval.com.br. 17 de novembro de 2018. Consultado em 27 de junho de 2019 
  2. «Conheça a nova cara da liga BFA para 2019». ligabfa.com.br. 2 de abril de 2019. Consultado em 27 de junho de 2019 
  3. «Espectros devora T-Rex em Blumenau e conquista o Brasil Bowl X». salaooval.com.br. 14 de dezembro de 2019. Consultado em 18 de dezembro de 2019 
  4. a b c «Regulamento da Liga Brasileira de Futebol Americano 2019 - Temporada 2019» (PDF). ligabfa.com.br. Consultado em 2 de outubro de 2019 , à exceção das semifinais nacionais e do Brasil Bowl, cujos mandos são rotativos entre as conferências.
  5. «Patriotas e Reptiles unem forças em novo time: Vasco Almirantes». salaooval.com.br. 16 de janeiro de 2019. Consultado em 27 de junho de 2019 
  6. «Templários abandona BFA e é a primeira desistência na Elite em 2019». salaooval.com.br. 18 de outubro de 2019. Consultado em 20 de outubro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]