Lira Paulistana (selo fonográfico)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Selo Lira Paulistana
Empresa detentora Teatro Lira Paulistana
Fundação 1979
Fechamento 1986
Gênero(s) Vanguarda e subgêneros
País de origem  Brasil
Localização Pinheiros, São Paulo, SP

O Selo Lira Paulista foi um selo fonográfico pertencente ao Teatro Lira Paulistana.

História[editar | editar código-fonte]

Surgido pouco depois da inauguração do Teatro Lira Paulistana, em 1979, lançou em disco o trabalhos de alguns dos principais nomes do movimento cultural conhecido como Vanguarda Paulista. Alguns desses álbuns foram lançados em conjunto com o selo Continental num total de 19 discos, além de 4 compactos (7"). O Selo Lira Paulistana encerrou suas atidades juntamente com o teatro em 1986, mas deixou sua marca na cultura paulistana.

Artistas que gravaram pelo Selo Lira Paulistana[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Lira Paulistana[editar | editar código-fonte]

Lira Paulistana Instrumental [11][editar | editar código-fonte]

Compactos (7")[editar | editar código-fonte]

Ao Vivo[editar | editar código-fonte]

Alguns artistas chegaram a gravar álbuns no Teatro Lira Paulistana, mas eles não foram necessariamente lançados pelo selo fonográfico. Foram 7 discos ao todo.

Distribuição[12][13][editar | editar código-fonte]

Outros 33 álbuns foram distribuídos pelo Selo Lira Paulistana, mas não foram produzidos pelo mesmo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  1. «Bad title». Wikipedia, the free encyclopedia (em inglês) 
  2. «Cabelos de Sansão». cabelosdesansao.blogspot.pe. Consultado em 24 de setembro de 2016 
  3. «Lira Paulistana e a vanguarda paulista -». Lira Paulistana e a vanguarda paulista. Consultado em 24 de setembro de 2016 
  4. «Grupo Paranga». Grupo Paranga. Consultado em 24 de setembro de 2016 
  5. «Cida Moreira». Wikipédia, a enciclopédia livre. 3 de janeiro de 2016 
  6. «Grupo Rumo». Wikipédia, a enciclopédia livre. 10 de janeiro de 2016 
  7. «Título inválido». Wikipédia, a enciclopédia livre 
  8. «Grupo Engenho - Força Madrinheira (1983)». discotecapublica.blogspot.pe. Consultado em 24 de setembro de 2016 
  9. «O Lira foi palco de múltiplas manifestações - Lira Paulistana e a vanguarda paulista». 9 de setembro de 2013. Consultado em 24 de setembro de 2016 
  10. «O Lira foi palco de múltiplas manifestações - Lira Paulistana e a vanguarda paulista». 9 de setembro de 2013. Consultado em 24 de setembro de 2016 
  11. «O Lira foi palco de múltiplas manifestações - Lira Paulistana e a vanguarda paulista». 9 de setembro de 2013. Consultado em 24 de setembro de 2016 
  12. Oliveira, Laerte Fernandes de (1 de janeiro de 2002). Em um porão de São Paulo: o Lira Paulistana e a produção alternativa. [S.l.]: Annablume. ISBN 9788574193175 
  13. «Selo Lira Paulistana - Lira Paulistana e a vanguarda paulista». 14 de agosto de 2013. Consultado em 24 de setembro de 2016