Lübeck

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Lubeque)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Lübeck (desambiguação).
Lübeck
Lubeck panorama.JPG
Vista de Lübeck
Brasão Mapa
Brasão de Lübeck
Lübeck está localizado em: Alemanha
Lübeck
Mapa da Alemanha, posição de Lübeck acentuada
Administração
País  Alemanha
Estado Eslésvico-Holsácia
Distrito cidade independente
Prefeito Bernd Saxe
Partido no poder SPD
Estatística
Coordenadas geográficas 53° 52' 11" N 10° 52' 11" E
Área 214,14 km²
Altitude 13 m
População 211.213 (31/12/2006)
Densidade populacional 986 hab./km²
Outras Informações
Placa de veículo HL
Código postal 23501 − 23570 (antigo: 2400)
Código telefônico 0451 (Hansestadt Lübeck) e
04502 (Lübeck-Travemünde)
Endereço da prefeitura Breite Straße 62
23539 Lübeck
Website sítio oficial
NUTS DEFO3
Pix.gif Cidade Hanseática de Lübeck *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Germany Luebeck Heiligen-Geist-Hospital.jpg
Hospital de Heiligen-Geist
País Alemanha
Critérios (iv)
Referência 272 en fr es
Coordenadas Eslésvico-Holsácia, Alemanha
Histórico de inscrição
Inscrição 1987  (? sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.

Lübeck, ou na sua forma portuguesa Lubeca ou Lubeque,[1][2] é uma cidade do norte da Alemanha localizada no estado de Eslésvico-Holsácia.

Lübeck é uma cidade independente (Kreisfreie Städte) ou distrito urbano (Stadtkreis), ou seja, possui estatuto de distrito (kreis).

Fundada em 1143 pelo Conde Adolfo II da Holsácia, Lübeck tem sua área ocupada desde o século I a.C.. Sua arquitetura consagrada foi reconhecida pela UNESCO, que a declarou Patrimônio Histórico da Humanidade. A estrutura básica da cidade hanseática, consistindo principalmente em residências patrícias dos séculos XV e XVI, monumentos públicos (como o famoso portão de tijolo Holstentor), igrejas (como a de Santa Catarina) e armazéns de sal, permanece inalterada. Fazia parte da famosa Liga Hanseática, tendo ainda o seu nome oficial em alemão como Hansestadt Lübeck (Cidade Hanseática de Lübeck).

Foi refundada em 1158 por Henrique, o Leão, devido um incêndio[3]

Possui ainda um dos maiores portos da Alemanha, em Travemünde, sendo o maior do Mar Báltico, ao qual se acede pela Baía de Lübeck.

O bombardeamento de Lübeck, na Segunda Guerra Mundial fez com que os sinos da Igreja de Santa Maria caíssem sobre o pavimento rochoso do templo.[4]

Thomas Mann (1875—1955), Prémio Nobel da Literatura de 1929, nasceu em Lübeck.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Gonçalves, Rebelo (1947). Tratado de Ortografia da Língua Portuguesa. Coimbra: Atlântida - Livraria Editora. p. 356 
  2. Gradim, Anabela (2000). «9.7 Topónimos estrangeiros». Manual de Jornalismo. Covilhã: Universidade da Beira Interior. p. 167. ISBN 972-9209-74-X. Consultado em 27 de março de 2020 
  3. «Lubeck | History, Facts, & Points of Interest». Encyclopedia Britannica (em inglês). Consultado em 15 de dezembro de 2020 
  4. «St. Mary's» (em inglês). Travemünde Marketing. Consultado em 15 de agosto de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre geografia da Alemanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Imagem: Cidade Hanseática de Lübeck Lübeck inclui o sítio "Cidade Hanseática de Lübeck", Património Mundial da UNESCO. Welterbe.svg