Manuel Mascarenhas Homem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Manuel Mascarenhas Homem
Manuel Mascarenhas Homem, vice-rei da Índia Portuguesa
Nascimento 1600
Morte local desconhecido

Manuel Mascarenhas Homem foi um administrador colonial português. Foi capitão-mor da Capitania de Pernambuco.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de Vasco Fernandes Homem, fidalgo agraciado com a comenda da Ordem de São Bento de Avis.

Foi nomeado capitão-mor da Capitania de Pernambuco, a qual governou de 1596 a 1603.

Em 1597, chegou ao Rio Grande para construir um forte (Forte dos Reis Magos) e uma cidade (Natal) e assegurar a posse de Portugal, afastando os franceses que comerciavam com os indígenas (os índios potiguaras). Para tanto, fez marchar contra os franceses um grupo de colonos de Pernambuco, por ordem do governador-geral do estado, D. Francisco de Sousa, em 1597.

Voltou a Portugal, onde exerceu diversas funções públicas. Recebeu os títulos de Conselheiro Real e de comendador da Ordem de Cristo.

Referências

  1. Cahoon, Ben. «Governors». Sri Lanka. Worldstatesmen. Consultado em 14 de julho de 2012 
Precedido por
Pedro Homem de Castro
Governador de Pernambuco
15961605
Sucedido por
Alexandre de Moura
Precedido por
Francisco de Meneses
Governador do Ceilão
16141616
Sucedido por
Nuno Álvares Pereira
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.